Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Oportunidade ou fria? Veja análise de 10 ações com grandes quedas, segundo a Nord

Ações 20.05.2022 16:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - Com o aumento de juros pelo mundo para conter a inflação, os mercados globais derretem e se aproximam do campo de 'bear market'. Em momentos de grande volatilidade, ações muito descontadas podem representar uma boa oportunidade de compra. Empresas ruins, porém, são uma 'fria' mesmo a preços baixos.

A casa de análise Nord Research divulgou relatório com 10 ações que caíram mais de 70% em relação às suas máximas. Os analistas, porém, ponderam que, quanto maior a desvalorização, mais difícil é a recuperação de um ativo aos níveis anteriores. “À medida que as quedas se intensificam, a necessidade de ganho passa a ser extremamente improvável. Uma ação que cai -90% precisa de um ganho de +900% só para voltar ao preço inicial”, explica a Nord

Algumas empresas conseguem eventualmente recuperar cotações mais altas conforme trazem resultados positivos. A Nord explica que, se for esse o caso, então compensa manter o ativo na carteira. Mas se as análises apontarem outro caminho, então o melhor é realizar o prejuízo e começar do zero.

Veja a análise das 10 ações com maiores quedas:

Via: Fique de fora

Em meio a um cenário macroeconômico desafiador e ainda distante da estabilização, a Via (SA:VIIA3) reportou resultados fracos para o primeiro trimestre do ano, segundo a Nord.

As ações da Via iniciaram seu movimento de queda no segundo semestre de 2021, com o aumento dos juros e o menor consumo. Mas além disso, de acordo com a Nord, alguns fatores internos, como provisões trabalhistas, ajustes não recorrentes, e dificuldades no processo de turnaround, aceleraram esse processo.

Em 2021, as ações da varejista caíram 67% e, no acumulado do ano de 2022, as ações caem mais 51%.

Apesar de barata, já que as ações negociam a 8,4x Ebitda 2022, 30% abaixo da sua média histórica, a empresa ainda enfrenta riscos com cenário macro bastante desafiador e resultados ainda não tão satisfatórios.

Banco Inter (SA:BIDI4): Compre

O Banco Inter (SA:BIDI11) saiu de uma base de 4 milhões de clientes para 16 milhões em dois e deve adicionar mais 8 milhões neste ano, segundo a Nord.

“Ao que tudo indica, 2022 será um ano de transição, no qual o Inter vai se aproximando do tamanho ideal de sua estrutura, o que desacelera o crescimento dos custos, mas continua entregando um forte crescimento de base e de receitas”, explica a casa de análise.

Isso significa que os lucros do Inter podem começar a crescer de forma acentuada a partir de 2023. Mas desde que a ação começou a cair em julho de 2021, as ações do banco já acumulam uma desvalorização de 84%.

A empresa está valendo apenas R$ 12 bilhões atualmente, o que representa menos de R$ 645 por cliente e suas ações estão negociando a apenas 3,8x receita. Mas, para a Nord, uma vez que o banco aumente o número de clientes e reduza os gastos com marketing, o lucro começará a aparecer.

Méliuz: Fique de fora

“Desde o IPO, Méliuz foi do céu ao inferno. De +300% de valorização para uma amargurada queda de -87% desde o pico”, comenta a Nord. A casa de análise explica que a empresa não conseguiu manter os lucros e vem apresentando novos prejuízos a cada trimestre.

A Méliuz (SA:CASH3) está sofrendo com a alta nos juros e a queda no consumo. A empresa afirma que a sua estratégia consiste em aumentar a base de clientes, desenvolver outros serviços financeiros e trabalhar a compra e venda de criptoativos. Mas, para a Nord, essas promessas de crescimento não são suficientes.

Oi: Compre

A Oi (SA:OIBR3) é a maior e mais complexa reestruturação de todos os tempos da bolsa brasileira, e o desempenho das suas ações evidencia as dificuldades que a empresa vem enfrentando. De 2016, quando fez o pedido de recuperação judicial, até o dia 11 de maio de 2022, as ações acumulam uma queda de -68%. Em 12 meses, as ações da Oi recuaram -59%.

Ainda assim, a Nord observa que a empresa fez avanços significativos na sua recuperação, como a reestruturação da sua dívida, melhorias na sua governança e a venda de ativos. A companhia também decidiu focar o seu core business em fibra óptica.

A Oi terminou 2021 com um market share de 30% no mercado de fibra óptica e 3,4 milhões de conexões, o que refletiu em uma receita de R$ 2,9 bilhões, alta de +222% desde 2018.

“Os riscos existem, estamos falando de uma empresa em reestruturação, mas as perspectivas para a Nova Oi são interessantes, principalmente pelo seu supertrunfo”, diz a Nord.

Natura: Fique de fora

A Natura (SA:NTCO3) teve um primeiro trimestre fraco, causado pela pressão de custos na cadeia de suprimentos, inflação, reduzindo os gastos discricionários e efeitos da guerra entre Rússia x Ucrânia.

Recentemente, a Natura informou ao mercado que suas metas, anteriormente previstas para 2023, foram postergadas para 2024.

A ação da Natura está sendo negociada a 7,8x Ebitda 2022, abaixo da sua média histórica. Porém, para a Nord, o momento ainda traz muitas incertezas e o melhor seria aguardar por alguns trimestres antes de compreender bem o que acontece dentro da companhia.

Magazine Luiza: Fique de fora

Para a Nord, a Magalu (SA:MGLU3) mostrou no seu último balanço que está fazendo um excelente trabalho nos pilares de crescimento exponencial do 3P, nas novas categorias de produtos vendidos, no Super App, na Entrega mais rápida e no MaaS.

Mas, desde que a bolsa virou, em julho de 2021, a queda acumulada das ações do Magalu é de -83%.

“Foram 20 aquisições em 2 anos. Agora, a empresa está focada em integrar tudo isso em sua estrutura e principalmente em seu app, capturando os ganhos com as sinergias e potencializando o crescimento dos negócios incorporados ao seu Ecossistema”, explica a casa de análise.

A Nord afirma que ainda é necessário ver sinalizações concretas nos múltiplos da empresa para determinar o seu crescimento, mas levando em conta que os planos da Magazine Luiza são pensados para um prazo de cinco a dez anos, não é algo fora da realidade manter o pensamento positivo.

BRF: Fique de fora

O aumento nos preços dos grãos e os efeitos inflacionários afetaram o primeiro trimestre da BRF (SA:BRFS3). Além disso, a empresa optou por abaixar seus preços e mudar a composição do mix de produtos, mas diante da inflação resistente desde ano, a Nord não enxerga elementos que justifiquem uma alta nas ações.

Cogna: Fique de fora

A crise pela pandemia impactou fortemente os resultados da Cogna (SA:COGN3), que viu ali uma oportunidade de começar uma reestruturação para se tornar uma “edutech”, focando em cursos a distância (EAD) e semipresencial. Mas os resultados ruins refletiram nas ações, que acumulam uma queda de 39% em 12 meses e uma derrocada de -80% desde janeiro de 2020.

“A grande dificuldade da Cogna na reestruturação é manter uma boa rentabilidade, já que, em geral, o ticket médio no EAD é mais baixo que no ensino presencial”, explica a Nord.

Essa dificuldade na reestruturação também é reflexo da alta dependência da empresa de uma economia aquecida e de programas governamentais de bolsas de ensino. Além disso, taxas elevadas de desemprego e níveis baixos de renda impactam diretamente os resultados da empresa.

IRB Brasil: Fique de fora

A IRB Brasil (SA:IRBR3) era uma das queridinhas da bolsa, até que em 2020 a gestora carioca Squadra anunciou uma posição short nas ações de IRB e soltou um relatório com mais de 150 páginas revelando as fraudes contábeis da resseguradora.

Desde então, as ações despencaram. De janeiro de 2020 a maio de 2022, os papéis da companhia acumulam uma queda de mais de -90%. Só nos últimos 12 meses, as ações caíram -59%.

“Após os escândalos, a empresa iniciou uma reestruturação, fez mudanças na gestão, reapresentou seus balanços e ajustou a forma de contabilização. Com os balanços revisados e ajustados, aquela IRB altamente lucrativa e rentável era irreal”, explica a Nord.

A empresa está lutando para recuperar a credibilidade junto ao mercado financeiro, mas a complexidade do negócio e o passado duvidoso da IRB Brasil tornam a empresa arriscada.

Nubank: Fique de Fora

A Nord recomendou aos seus clientes que ficassem de fora do IPO do Nubank (SA:NUBR33) no final do ano passado e o seu posicionamento não mudou desde então.

“Após enormes promessas no prospecto de IPO de um crescimento que não virá, o Nubank passa por dificuldades de oferecer empréstimos e créditos com juros de volta aos dois dígitos no Brasil e passa por mais complicações com a alta de juros lá fora”, comenta a Nord.

Mais recentemente, a companhia anunciou a parceria com uma corretora para investimentos em criptomoedas a partir de R$ 1 e o pronunciamento do CEO de investir 1% do caixa em Bitcoin. No mesmo dia, a companhia chegou a cair -15%.

Oportunidade ou fria? Veja análise de 10 ações com grandes quedas, segundo a Nord
 

Artigos Relacionados

Sanções levam Rússia a calote histórico
Sanções levam Rússia a calote histórico Por Reuters - 27.06.2022 31

Por Karin Strohecker e Andrea Shalal e Emily Chan LONDRES (Reuters) - A Rússia deu calote em seus títulos soberanos estrangeiros pela primeira vez em mais de um século, disse a...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (46)
Claudio Monteiro
Claudio Monteiro 02.06.2022 7:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só errou na OIBR3 que era pra ficar de fora. Restante é lixo mesmo. Boa análise. Vamos acompanhar os gráficos do Banco Inter
Adriano Aparecido Dagostin
Adriano Aparecido Dagostin 25.05.2022 15:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
boa tarde vou colocar aqui meu relato também, Odeio esses negativista que se acham entendido, negativista para min vem da onde vcs sabem né., Dos meus 19 anos de mercado eu nunca vi esses negativista acertarem alguma coisa só vivem na miséria porque a coisa ruim nunca vai prevalecer. Aliás e muito bom ter eles para nós sempre saber para onde vc o papel vai sempre contra as suas análises.
Julio Almeida
Julio Almeida 23.05.2022 20:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A analise da Nord para Cogna parece ser de 2020 totalmente desatualizada, citou dependência do FIES ; pqp devem estar vendidos na Cogna.
cleber garzaro
cleber garzaro 23.05.2022 15:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nord, comprada em OI, efeito elon musk. OI é e sempre será tchau.
JLuiz Luiz
JLuiz Luiz 23.05.2022 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
óia todas estão sobre vendidas...a magalu vai bombar há curto prazo... não gosto da empresa...mas o que manda é lucro no bolso...comprem... curto prazo é de 1 dia a 90 dias...
Joaquim Santos
Joaquim Santos 23.05.2022 8:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nao acredito e nenhuma destas. Vamos de CMIN3. Baita empresa que paga excelentes dividendos e esta de graca. Empresa solida, com caixa e com minerio de excelente qualidade. Ta ai a dica
Nara Kairalla
Nara Kairalla 23.05.2022 8:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Essa eu tenho Cmin3 vai dobrar produção, e produzir minério de ferro nobre. Dividendos são gordinhos. Mas confio, na Nova Oi pois é uma empresa para o futuro, seu planejamento é muito bom. 42,1% da V.Tal pertence a Oi, e fibra é o futuro digital do Brasil.
mykael ruaro
mykael ruaro 23.05.2022 8:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkkk. compre oi e fique rico
Junior Saopaulo
Junior Saopaulo 23.05.2022 8:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acredito que BRF vai se recuperar, mas tenho dúvidas quanto à Melliuz
Bruno Lamberti
Bruno Lamberti 23.05.2022 8:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É so comprar as “fique de fora” e shortear as “compre”. O dia que analise gratuita for boa o ibov estará em 20.000 pontos de novo...
Walber Gonçalves
Walber Gonçalves 23.05.2022 8:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não entendi a Magalu. "FIQUE FORA", mas os comentários positivos. Acho que é melhor escutarmos nossas análises.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail