🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

PagBank: lucro líquido recorrente sobe 7% em um ano, para R$ 440 mi 3º trimestre

Publicado 16.11.2023, 15:37
© Reuters.  PagBank: lucro líquido recorrente sobe 7% em um ano, para R$ 440 mi 3º trimestre
PAGS
-
PAGS34
-

O PagBank (ex-PagSeguro) registrou lucro líquido recorrente de R$ 440 milhões no terceiro trimestre deste ano, alta de 7% em um ano e de 6% em um trimestre, de acordo com números divulgados nesta quinta-feira. Pelo critério contábil, o resultado da companhia foi de R$ 411 milhões, um crescimento de 8% em um ano.

Sob ambos os critérios, o lucro do PagBank foi o maior da história. A companhia afirma que o resultado foi fruto de uma melhor dinâmica na operação de adquirência, com crescimento do volume capturado pelas maquininhas. Também houve contribuições da queda dos juros, que reduziu a despesa financeira, e da queda das provisões contra a inadimplência da carteira de crédito da operação bancária.

O diretor de Relações com Investidores, ESG, Inteligência de Mercado e Pesquisa Macroeconômica do PagBank, Eric Oliveira, afirma que a redução da despesa financeira, da ordem de R$ 100 milhões em um ano, foi a primeira em base anual desde 2021.

"Os juros mais baixos afetam a dinâmica de diversos setores. O aumento dos depósitos também contribui para essa desaceleração, esse decréscimo da despesa financeira", diz ele. Como tem licença bancária, o PagBank consegue utilizar os depósitos dos clientes para conceder crédito. Os depósitos chegaram a R$ 21,6 bilhões no trimestre, alta de 11% em um ano.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização da companhia (Ebitda) encerrou o trimestre em R$ 894 milhões, um crescimento de 16% em um ano, e de 5% em um trimestre.

A receita líquida atingiu R$ 4 bilhões, volume estável no comparativo anual. A estabilidade reflete o impacto do teto da tarifa de intercâmbio dos cartões pré-pagos, que entrou em vigor em abril, sobre as receitas de serviços bancários. Este fator foi compensado pela maior receita com maquininhas.

As despesas operacionais do PagBank somaram R$ 583 milhões no terceiro trimestre deste ano. O número é 5% menor que o do mesmo trimestre do ano passado, e 1% mais baixo que o do segundo trimestre deste ano.

O volume total de transações (TPV, na sigla em inglês) processadas pela companhia atingiu R$ 244 bilhões no trimestre, crescimento de 25% em um ano, e de 10% em um trimestre. Destes, R$ 99,8 bilhões foram processados no negócio de adquirência, crescimento de 11% em um ano, de 8% em um trimestre.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.