Garanta 40% de desconto
🚨 Mercados voláteis? Descubra joias escondidas para lucros extraordináriosDescubra ações agora mesmo

Petrobras: Troca de CEO traz dúvidas sobre governança e política de preços

Publicado 24.05.2022, 11:37
Atualizado 24.05.2022, 11:38
© Reuters.

Por Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - A notícia da demissão do presidente da Petrobras (SA:PETR4), José Mauro Ferreira Coelho, caiu de forma negativa no mercado, apesar de que parte dos agentes financeiros já especulavam sobre essa possibilidade. Essa foi a terceira troca de comando da estatal petrolífera no governo Bolsonaro.

Às 11h35, as ações da Petrobras caíam 4,12%, a R$ 31,20.

Após 40 dias no cargo, Coelho deve ser substituído por Caio Mário Paes de Andrade, atual secretário de Desburocratização do Ministério da Economia e nome que já havia sido cotado para a posição após Adriano Pires desistir de substituir o general Joaquim Luna e Silva no comando da Petrobras.

Quando Adolfo Sachsida substituiu Bento Albuquerque no Ministério de Minas e Energia no começo de maio, o mercado já se perguntava sobre a permanência de Coelho na presidência da Petrobras e como ele administraria as críticas públicas à política de preço da empresa.

Para a Ativa Investimentos, a troca na administração da Petrobras mostra mais uma vez a insatisfação do acionista majoritário, no caso a União, com a forma que a empresa leva a sua política de preços. 

"A chegada de Andrade poderá significar a aplicação de política de preços de derivados ainda mais espaçada, abrindo espaço para a vigoração mais perene de preços defasados frente aos praticados no mercado internacional”, afirma a Ativa. 

A cautela também está presente no relatório emitido pelo BTG Pactual (SA:BPAC11), que enxerga problemas mais profundos na troca da presidência. “Está claro o quão desafiador se tornou encontrar um ponto de equilíbrio entre a participação do acionista controlador da Petrobras e o próprio estatuto social da empresa”, diz o banco.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

O BTG aponta que até então, a governança corporativa da estatal conseguiu evitar interferências diretas na companhia, mas que o maior desafio ainda está pela frente. O banco se pergunta como o novo CEO conseguirá “preservar seu próprio emprego seguindo as políticas da empresa e sem comprometer a disponibilidade de combustível do Brasil”.

A XP (SA:XPBR31), por outro lado, acredita que por mais que a notícia seja negativa, a troca entre Coelho e Andrade não deve significar uma mudança na definição de preços da companhia. "Ainda vemos a Lei das Estatais e o estatuto da Petrobras blindando a empresa de subsidiar combustíveis como no passado, independentemente de quem é o CEO. Em segundo lugar, o Andrade é fortemente ligado a Paulo Guedes, que não é a favor de mudanças na política de preços de combustíveis da Petrobras”, explica a corretora. 

A visão também é compartilhada pela Necton Investimentos. "Não nos parece razoável supor que irá mudar a política de preço da Petrobras", analista André Perfeito, economista-chefe da Necton, ressaltando que o "Ministério da Economia está mais no controle do que nunca da petroleira" e que o mercado deve gostar da indicação, já que Paes de Andrade "é ligado a valores liberais". Além disso, o recém-empossado ministro do MME, Adolfo Sachsida, já iniciou estudos para a privatização da empresa, relembra Perfeito."

Apesar do governo não interferir diretamente na Petrobras, ele é responsabilizado, quase exclusivamente, pelas decisões que afetam o preço dos combustíveis, segundo o BTG. Então, o banco diz que em um cenário mais otimista, isso poderia incentivar a privatização da estatal, já que assim a União se distanciaria dessa discussão. Porém, por ser um ano eleitoral, essa se torna uma possibilidade pouco provável. 

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

O BTG mantém a sua recomendação neutra sobre as ações da Petrobras, já que os últimos acontecimentos reforçam a volatilidade do ativo e levantam dúvidas sobre a continuidade do fluxo de dividendos. O seu preço-alvo para o papel é de R$ 49.

Já a XP destaca que a Petrobras está sendo negociada a um múltiplo muito baixo de 2,4x EV/Ebitda 2022, contra 3,4x das grandes petrolíferas ocidentais, e mantém um dividend yield elevado, de 24% para 2022. Assim, a corretora permanece com a sua indicação de compra, com preço-alvo de R$ 47,80 para as ações e de US$ 18,40 para as ADRs.

 

Últimos comentários

Tem que trocar é o presidente da República!!! Tira o BOZO e coloca o Tiririca que já melhora 100%
não mortadel.a, a troca faz parte da pressão cabeça de bagre. Se fosse o pt era canetada com 10% de ágil no bolso dos 9dedos, fora a quebra da empresa animal.
Esquece o país e a motivação da existência da Petrobrás e foca no pré sal que dá "serto". Enquanto todo setor busca verticalizar e diversificar, a Petrobrás altamente verticalizada e diversificada vira curto prazista, se desfaz de ativos valiosos a preço de banana, para de investir na segurança energética do país e foca em remunerar acionistas. É muita irresponsabilidade com ladroagem envolvida! Chega de despreparados comandando o País, #AgoraéCiro12
Cag@ndo para quem manda ou desmanda. Estou é fazendo dinheiro em quantos uns choram por aí, dizendo de candidato A ou B. Acordam rapaziada, não se preocupa com essas questões, utilizem desse momento para melhorar a sua situação financeira e parem de chorar e falarem M.
Brasil nas mãos da Petrobrás... a inflação provocada pela Petrobrás... os lucros astronômicos às custas do Brasil...
dividir renda tirar dus investidor rico e da pro povo da pirifiria que precisa de acolimentu
Em qual idioma vc escreve?
temos que ser qui nem as Venezuela e Argentina modelos pra seguirmos o socialismo tem qui voutar
Você é o melhor exemplo de esquerdista!!! Kkkkk
Tem salário dobrado, família toda empregada e paga com dinheiro do povo, cartão pra gastar à vontade e uns trouxas a favor.Fica aí iludindo o povo fingindo que está preocupado. A preocupação dele é seu próprio umbigo.
Qual a solução? Existe slgum politico que não recebe salário do povo? Falar o óbvio é fácil!
solução: privatizar petr4 e abrir o mercado para outras exploradoras de petróleo.
Acredito que se alguns idiotas não ficassem defenendo politicos ladrões como Lula e Bozo, o pais seria bem melhor
Quem quer gasolina subsidiada por empresa de capital aberto, vai para Venezuela!!! Se o governo é ladrão e incompetente, se fez a nossa moeda ser uma das piores do mundo, se o pais tem o maior juro real do MUNDO com uma das maiores taxas de inflação do MUNDO, a culpa não é da PBR. A culpa é dos ladrões de Brasilia.
Aproveita que na Venezuela ainda tem o STF omisso, Congresso conivente, Milicada roubando no governo, Voto impresso, auxilio eleitoreiro para tudo, Imprensa cesurada e muita cloroquina para o povo.
Essa política da Petrobrás causa inflação no país. A Petrobrás lucra muito e pobre e a classe média vai pro buraco.
Apenas ruído, a política da empresa não muda a anos.
lula vai sauvar a Petrobras e noiz vamos ser filiz dinovu
Salvar fazendo o petrolão 2.0
POR QUE O BOLSONARO SEMPRE TROCA O PRESIDENTE DA PETROBRAS? RS...SÓ NÃO VÊ QUEM É BURRO.
A curpa desta vez é do Sarsicha!!!
É certo que Jair Messias Bolsonaro será preso
Está se borrando de medo 🤣🤣
🙏🙏 que a justiça seja feita
Qual seria a acusação?
Bosolixo está destruindo tudo! Está fora em outubro, porém ainda vai fazer estragos! Desespero!
Mercado continua dando chilique por pouca coisa igual fez no segundo semestre do ano passado, parece criança mimada quando não tem seus desejos atendidos.
Você faz parte do mercado, tonto
Machão perde moto, arminha, mas ganha na rachadinha
Bozopilatos vc está demitido em outubro. Gosta de passar a culpa para os outros, sempre lavando as mãos. Sua enganação vai ter resposta nas urnas.Só lamento! Não quero chororô hein!
gasolina tem q chegar a 12 conto mito neles kkkk
Eu acho que está muito barato, tem que chegar a 20 e tirar logo essa peste do Governo.
Jegues falou, jegues avisou. Dolar alto era bom para o Brasil!!! Foi otimo para a offshore da politicalha corrupta e para o recorde de arrecadação do governo, mais dinheiro para roubalheira... Agora, o povo paga a conta com uma das piores taxas de inflação do mundo e o maior juro real do mundo... Para militancia, a culpa sepre será dos outros, agora, a CURPA É DO SARSIXA.
As grandes baleias fechando o cerco, as sardinhas aumentando sua posição pensando nos juros com pm de 33$ se lascando geral! kkkk, tem nada haver com o presidente e sim com o preço do petróleo fixado por lei no PPI e os grandes investidores tocando o terror nos pequenos com essas trocas de presidentes sem sentido algum.
PPI não é lei. É apenas um item do estatuto da empresa que foi incluído sem lei e pode ser removido pelo acionista majoritário do mesmo modo. Do contrário ele não mandaria na empresa. SÓ QUE NÃO BASTA DIZER QUE NÃO O QUER E SIM NÃO QUERER DE VERDADE.
Quando eles terminarem, vai sobrar só sucata da Petrobrás
Quem quer gasolina subsidiada por empresa de capital aberto, vai para Venezuela!!! Se o governo é ladrão e incompetente, se fez a nossa moeda ser uma das piores do mundo, se o pais tem o maior juro real do MUNDO com uma das maiores taxas de inflação do MUNDO, a culpa não é da PBR. A culpa é dos ladrões de Brasilia.
Aproveita que na Venezuela ainda tem o STF omisso, Congresso conivente, Milicada roubando no governo, Voto impresso, auxilio eleitoreiro para tudo, Imprensa cesurada e muita cloroquina para o povo.
kkkkkkkkkkkkl
é preciso ser muito cretino para torcer contra o Brasil....
o povo que comida e preço bom de combustiveu e gaz pra te dignidadi pq vcs não investi nos povo umilde?
parei de ler no combustiveu
o Brasil nas mãos da petrobrás.... inflação nas mãos da petrobrás....  custos de energia nas mãos da petrobrás...  Petrobrás aumentando seus lucros astronomicamente às custas do Brasil....
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.