Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Samsung incorporará tecnologia de IA generativa do Google em smartphones S24

Publicado 17.01.2024, 15:18
Atualizado 17.01.2024, 15:21
© Reuters. Sede da Samsung em Suwon, na Coreia do Sul
13/06/2023 REUTERS/Kim Hong-Ji

(Reuters) - A Samsung (KS:005930) implantará a tecnologia de inteligência artificial generativa do Google (NASDAQ:GOOGL) em seus smartphones da série Galaxy S24, que foram apresentados nesta quarta-feira, informaram as empresas.

De acordo com o acordo plurianual, o carro-chefe da empresa sul-coreana, a série S24, usará o Gemini Nano embutido, o modelo de idioma grande mais eficiente do Google, e terá acesso à tecnologia de conversão de texto em imagem Gemini Pro e Imagen 2 por meio da nuvem.

O Google está em uma disputa com a Microsoft (NASDAQ:MSFT) para incorporar a inteligência artificial generativa em aplicativos e dispositivos do dia a dia, incluindo smartphones, computadores pessoais e software de produtividade, enquanto as empresas buscam novos caminhos para rentabilizar as ferramentas.

A participação de mercado dos smartphones com inteligência artificial generativa provavelmente dobrará em 2024, ante os 4% de 2023, informou a empresa de pesquisa de mercado Counterpoint Research no mês passado.

O acordo com o Google fará com que a Samsung seja uma das primeiras empresas a testar o Gemini Ultra, o maior e mais capaz modelo para grandes idiomas do gigante dos mecanismos de busca.

Os clientes podem começar a usar os recursos de resumo e classificação baseados em inteligência artificial nos aplicativos nativos da Samsung, como o Notes, o Gravador de Voz e o teclado.

© Reuters. Sede da Samsung em Suwon, na Coreia do Sul
13/06/2023 REUTERS/Kim Hong-Ji

O modelo Imagen também ajudará os usuários a realizar tarefas complexas de edição de fotos no aplicativo Galeria dos smartphones S24, que estarão à venda no final de janeiro.

No quarto trimestre de 2023, a Samsung perdeu participação de mercado para a Apple (NASDAQ:AAPL) e para as fabricantes chinesas de smartphones Xiaomi (HK:1810) e Transsion, com as remessas globais caindo para 53 milhões de unidades, de quase 60 milhões no ano anterior, de acordo com a empresa de análise International Data Corporation.

(Reportagem de Akash Sriram, em Bengaluru)

Últimos comentários

Uma coisa é certa, irei boicotar toda empresa que despedir humanos e usar máquinas e robôs no lugar.
## só falta sair no mercado com um preço alto mas bem alto ,vemos aí nas lojas aparelho da Samsung a mais de 2 mil Reais quem pode comprar um aparelho num valor desse ,CLT nunca consegue um aparelho no valor desse a não ser financiando kkkk
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.