📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Ações da Nokia e Ericsson caem com vendas trimestrais mais fracas

Publicado 14.07.2023, 12:25
© Reuters. Logo da Ericsson em Kanata, Canadá
17/04/2023
REUTERS/Lars Hagberg
ERICb
-
NOKIA
-
VOD
-
E1RI34
-

Por Martin Coulter

LONDRES (Reuters) - A finlandesa Nokia (HE:NOKIA) cortou nesta sexta-feira sua previsão anual de vendas e a rival sueca Ericsson (ST:ERICb) relatou lucros trimestrais em queda, à medida que a desaceleração nos gastos do consumidor atinge as vendas de equipamentos de telecomunicações.

As ações da Nokia caíram 9,6% nas negociações matinais, para o nível mais baixo desde abril de 2021, enquanto as ações da Ericsson caíram 8,7%.

O medo de uma recessão iminente forçou as empresas de telecomunicações a cortar orçamentos e adiar atualizações de dispositivos e planos de digitalização, retardando os planos de empresas como Nokia e Ericsson de expandir redes 5G e conexões de banda larga.

A contenção de gastos dos consumidores também forçou várias grandes empresas de telecomunicações a cortar custos e demitir funcionários. Em maio, a Vodafone (LON:VOD) anunciou planos para cortar 11.000 empregos em todo o mundo, enquanto a BT disse que reduziria o número de funcionários em 55.000 até 2030.

"As empresas pensaram que a demanda aumentaria na segunda metade do ano, principalmente na América do Norte, mas agora parece cada vez mais claro que será adiada para 2024", disse Kimmo Stenvall, analista da OP Markets, à Reuters.

Em fevereiro, a Ericsson anunciou planos de cortar 8.500 funcionários globalmente para reduzir custos. Na sexta-feira, a empresa disse que o impacto dessa atividade de corte de custos será "cada vez mais visível" nos próximos trimestres.

A Nokia reportou vendas no segundo trimestre de 5,7 bilhões de euros, abaixo dos 6 bilhões esperados pelos analistas consultados pela Refinitiv.

A Nokia disse que agora espera vendas de 23,2 bilhões a 24,6 bilhões de euros em 2023, reduzindo uma previsão anterior de 24,6 bilhões a 26,2 bilhões de euros.

A fraqueza na infraestrutura de rede da Nokia e nos negócios de redes móveis também levou a empresa a reduzir sua perspectiva de margem operacional comparável de 11,5%-14% para 11,5%-13%.

A Ericsson reportou uma queda de 62% no lucro operacional ajustado do segundo trimestre, ligeiramente acima das expectativas do mercado.

O declínio foi impulsionado por uma desaceleração nos gastos entre os clientes das operadoras, principalmente na América do Norte, embora a empresa tenha dito que isso foi parcialmente compensado pelo crescimento na Índia.

Os lucros operacionais da fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações, excluindo custos de reestruturação, caíram para 2,8 bilhões de coroas suecas (271 milhões de dólares), ante 7,4 bilhões no ano anterior.

Citando a crescente demanda por 5G, o presidente-executivo da Ericsson, Börje Ekholm, previu que o mercado passará por uma "recuperação gradual" no final de 2023 e melhoraria em 2024.

As vendas líquidas aumentaram 3%, para 64,4 bilhões de coroas suecas, e superaram os 63,9 bilhões esperados pelos analistas, mostraram dados da Refinitiv.

© Reuters. Logo da Ericsson em Kanata, Canadá
17/04/2023
REUTERS/Lars Hagberg

A margem bruta reportada pela Ericsson no segundo trimestre caiu para 37,4%, ante 38,6% no trimestre anterior.

Richard Webb, analista da CSS Insight, disse que os ganhos trimestrais da empresa foram "ok, mas não excelentes".

(Reportagem de Martin Coulter, Anna Ringstrom e Essi Lehto)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.