Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

3 Questões-Chave Devem Movimentar o Petróleo nas Próximas Semanas

Por Ellen R. Wald, Ph.D.Commodities02.12.2021 10:24
br.investing.com/analysis/3-questoeschave-devem-movimentar-o-petroleo-nas-proximas-semanas-200446283
3 Questões-Chave Devem Movimentar o Petróleo nas Próximas Semanas
Por Ellen R. Wald, Ph.D.   |  02.12.2021 10:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Publicado originalmente em inglês em 02/12/21

Os mercados petrolíferos afundaram na última sexta-feira, pressionados por notícias da pandemia provenientes da África do Sul.

WTI Weekly TTM
WTI Weekly TTM

Pesquisadores locais em Botsuana anunciaram, no fim da semana passada, que haviam detectado uma nova cepa do coronavírus, denominada ômicron. As ações e o petróleo sofreram um duro golpe, com os investidores vendendo ativos de risco e correndo para portos seguros.

Nos Estados Unidos, foi comemorado, na sexta-feira, o feriado de Ação de Graças, por isso muitos investidores deixaram de acompanhar os mercados para aproveitar o dia junto às suas famílias, embora as bolsas estivessem abertas. O baixo volume de participantes pode ter contribuído para a volatilidade.

O barril de WTI encerrou o pregão de sexta com uma queda de mais de 13%, cotado a US$68,15, enquanto o Brent se desvalorizou 11,6%, a US$72,72 por barril.

Esse declínio foi motivado pelo medo e incertezas. Muito pouco se sabia sobre a variante ômicron, como seu potencial de dano e a extensão da sua disseminação. Muitos “especialistas” e autoridades governamentais esperavam o pior.

Rapidamente, diversos países, como Reino Unido, Holanda, Japão e Israel, decidiram fechar ou restringir o acesso em suas fronteiras.

Em alguns casos, apenas viajantes provenientes da região sul da África foram bloqueados. Japão e Israel fecharam temporariamente suas fronteiras para estrangeiros. Essas ações geraram receios de mais restrições a viagens e uma queda geral dos voos em todo o mundo.

Desde 26 de novembro, 56 países ao todo já haviam estabelecido algum tipo de restrição a viagens para “se proteger” da ômicron.

Em razão dessas reações à nova variante da Covid-19, juntamente com a incerteza que está provocando tanta volatilidade no mercado petrolífero, os investidores devem ficar atentos a três fatores capazes de impactar a perspectiva de demanda e os preços:

1. A queda foi apenas uma correção dentro de uma tendência de preços mais altos?

Os preços começaram a se recuperar na segunda-feira, com o barril de Brent atingindo US$77, antes de recuar para US$73,44. O Petróleo WTI alcançou US$72 por barril, antes de cair para US$69,95 no fim da sessão. Começaram a surgir indicações de que a variante ômicron poderia ser menos grave do que outras cepas do coronavírus, fazendo com que alguns países flexibilizassem as restrições a viagens e reduzissem sua duração.

Austrália, Israel e diversos países da Europa anunciaram que a variante ômicron já estava circulando entre sua população, dando esperança de que as proibições de viagem não seriam necessárias. Na quarta-feira,os EUA também anunciaram a existência da ômicron dentro das suas fronteiras.

No entanto, na terça e quarta-feira, os preços do petróleo voltaram a cair, após o governo Biden anunciar que poderia adotar procedimentos mais rigorosos de teste e quarentena de viajantes, dificultando as viagens com origem e destino no país.

Apesar da notícia de que a ômicron já havia se espalhado pelo mundo, o pânico parece ter recrudescido o medo de uma queda na demanda de petróleo. Até quarta-feira, esses temores ainda não haviam se dissipado.

2. O que isso significa para as previsões de preços do petróleo?

Como os barris de Brent e WTI estavam abaixo de US$70 na quarta-feira, 1 de dezembro, tudo levava a crer que as previsões da Opep e da Agência Internacional de Energia (AIE) eram mais precisas do que as fornecidas pelos bancos. Apesar de o cartel e a AIE terem fornecido projeções mais acertadas, não conseguiram determinar quando nem por que os mercados enfrentariam preços mais baixos.

Faltando apenas um mês para o fim de 2021, é pouco provável que os preços atinjam US$90 por barril nas próximas semanas, como alguns bancos haviam previsto ao longo do ano. Algumas instituições financeiras ainda estão convencidas de que os preços do petróleo podem subir. O Goldman Sachs (NYSE:GS) (SA:GSGI34), por exemplo, chegou a emitir uma nota explicando por que seus analistas acreditavam que a liquidação do petróleo era exagerada e seus preços deveriam estar mais altos nas circunstâncias atuais.

3. Como esse movimento impacta a tomada de decisão da Opep+ para os próximos meses?

Após a queda dos preços a Opep e a aliança Opep+ adiaram em um dia suas reuniões para que tivessem mais tempo para avaliar o mercado à luz das novas notícias. O cartel se reuniu ontem, mas não discutiu questões envolvendo sua política de produção de petróleo, preferindo se concentrar em assuntos burocráticos, como orçamento e indicação de um novo secretário-geral.

Há sinais de que a Opep+ possa decidir interromper o aumento mensal programado de 400.000 barris por dia em sua reunião de quinta-feira, mas não está claro qual seria a duração dessa pausa. A Rússia e a Arábia Saudita não forneceram qualquer indicação quanto à sua intenção de suspender ou seguir adiante com os aumentos planejados de oferta. A única coisa que disseram foi que pretendem avaliar os indicadores mais recentes do mercado, em vista dos novos eventos.

Muitos analistas acreditam que o grupo irá suspender seus aumentos de produção devido à liberação de reservas petrolíferas estratégicas dos EUA e outros países, bem como à queda dos preços gerados pela ômicron. Na quarta-feira pela manhã, foi vazado um relatório interno da Opep para a Reuters, mostrando que o cartel previa um excesso de oferta de 2 milhões de barris por dia (mbpd) em janeiro, 3,4 mbpd em fevereiro e 3,8 mbpd em março de 2022.

Diversos analistas consideram que, em razão disso, a Opep+ não irá adiante com seus aumentos programados de oferta, mas não podemos dar isso por certo.

3 Questões-Chave Devem Movimentar o Petróleo nas Próximas Semanas
 

Artigos Relacionados

3 Questões-Chave Devem Movimentar o Petróleo nas Próximas Semanas

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (6)
Altair Jr
AltairJr 03.12.2021 8:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cadê o Bombeiro e seus comentários colocando toda culpa no Bolsonaro???? atrasou??? Kkkkkkk quero rir bombeiro, comenta aí
Rodrigo Domenices
Rodrigo Domenices 03.12.2021 7:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Opep resolveu baixar a produçao, estoques nos eua em baixa…. Os preços irao subir ! Subir quer dizer recuperação na economia mundial, isso é bom!!!!!
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 03.12.2021 7:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quer dizer que petróleo aumentando de preço é indícios de melhora na economia? Que tese estranha!
Cícero RP
Cícero RP 02.12.2021 18:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Que furão! Se a nova peste já estava em vários países como sabem q surgiu na África do Sul??🤷🏼‍♂️ O FATO é que os vacinados se tornaram hospedeiros e transmissores mundiais, pois só eles podem viajar!!😲🙉🤣
Marcos Antônio Eduardo
Marcos Antônio Eduardo 02.12.2021 18:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
você não viaja porque é liso.
Evanildo Sobral
Evanildo Sobral 02.12.2021 17:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se a Opep+ ver que o Ômicron estará obrigando os Paises a fazerem Lockdow eles diminuiram as suas Ofertas e com isso o Brent poderá até voltar aos $ 40,00 o Barril e se não vão continuar lançando aos poucos suas ofertas e o Preço poderá voltar aos $ 80,00. o Barril do qual para a Opep+ será um bom preço.
ISMAEL ABREU
ISMAEL ABREU 02.12.2021 17:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Opep diminui a oferta e o preço cai? Que mágica é esta?
caio tacla
caio tacla 02.12.2021 14:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
EUA querem.que caia então vai cair. Quem manda no petróleo são EUA e Arábia Saudita, nesta ordem.
Alexandre Cunha
Alexandre Cunha 02.12.2021 14:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
biden semana passada estava chorando, implorando pra opep aumentar a produção de petróleo pq o combustível lá estava muito caro e o povo estava reclamando. a opep fez oq? cagou. essa ideia que o EUA manda no petróleo tá defasada algumas décadas. certamente deve ter aprendido isso vendo globonews e escutando palestra do lula
Altair Jr
AltairJr 02.12.2021 12:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Kkkkkkk cadê o Bombeiro militonto pra gente rir do que escreve???? a culpa é de quem?? quem???? quem???????? kkkkkkk
Fernando Borelli
Fernando Borelli 02.12.2021 12:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Caro Altair, agora ele mudou seu nome de fantasia. Só fala bobagens e é repetitivo. Virou chacota por aqui. kkkkk
Altair Jr
AltairJr 02.12.2021 12:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pode mudar o nome, a chacota continuará, seja com ele ou outros militontos novatos kkkkk estou na Bolsa desde 1996 e tudo está normal, eles acham que vai mudar presidente e a bolsa vai mudar???? o que fará a B3 chegar a 300.000pts serão as Reformas, Bolsonaro é o único presidente que tem um pouco de interesse nisso assim como privatizações, se a esquerda voltar, é 50.000pts, vou ganhar de um jeito ou de outro pois só precisamos de deslocamento de preços, seja pra cima ou pra baixo Kkkkkkk esses novatos
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail