Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

5 Razões para a Disparada do Euro em Relação ao Dólar Após Reunião do Fed

Por Kathy LienCâmbio29.04.2021 11:58
br.investing.com/analysis/5-razoes-para-a-disparada-do-euro-em-relacao-ao-dolar-apos-reuniao-do-fed-200441637
5 Razões para a Disparada do Euro em Relação ao Dólar Após Reunião do Fed
Por Kathy Lien   |  29.04.2021 11:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

O euro disparou até a máxima de sete meses ontem pelas seguintes razões:

  1. O Fed não conseguiu satisfazer as expectativas. O banco central americano diz que agora não é o momento de falar em aperto;
  2. Rendimentos dos títulos de 10 anos da Alemanha atingiram as máximas de dois meses;
  3. Expectativa de melhora no mercado de trabalho da Alemanha na quinta-feira e números de confiança do consumidor na zona do euro;
  4. Faltando sete semanas para a próxima reunião do Fed, as restrições serão flexibilizadas na zona do euro antes de o Fed falar em aperto;
  5. Tecnicamente, o EUR/USD confirmou um rompimento de alta.

 O Federal Reserve não conseguiu satisfazer as expectativas e isso provocou uma ampla desvalorização da moeda americana. O dólar caiu em relação a todas as principais divisas, e essa fraqueza fez com que o EUR/USD atingisse seu nível mais alto em quase dois meses.

 De acordo com o anúncio do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), a atividade econômica e o emprego se fortaleceram graças ao avanço nas vacinas e ao forte suporte dado pela política monetária. Com a atividade comercial ganhando tração, esse otimismo já era amplamente esperado. Os investidores também esperavam que as recentes melhoras incentivassem o presidente do Fed, Jerome Powell, a dar um sinal de aperto, mas ele não mordeu a isca. Ao contrário, Powell enfatizou que o aumento da inflação é transitório, pois ainda há grande ociosidade no mercado de trabalho. “Uma alta transitória da inflação acima de 2% neste ano não atenderia os requisitos de excesso moderado”.

 Em vez de ficar quieto em relação às mudanças de balanço, Powell afirmou que agora não é o momento para começar a falar em aperto, o que era tudo o que os investidores precisavam ouvir para fazer o dólar despencar. A moeda americana se desvalorizou de forma generalizada e, faltando sete semanas até a próxima reunião de política monetária, a relutância do Fed em reduzir a acomodação pode evitar um rali no dólar no curto prazo.

 O Fomc não foi a única razão que fez o EUR/USD disparar na quarta-feira, embora tenha sido a mais importante. Os Rendimentos dos títulos de 10 anos da Alemanha atingiram a máxima de dois meses. E hoje as atenções estarão voltadas aos números de mercado laboral na Alemanha e de confiança dos consumidores na zona do euro. Os dados de inflação também devem mostrar aquecimento, com os preços das commodities em alta. O tempo está ao lado da Europa. Cada vez mais europeus estão sendo vacinados todos os dias, e as restrições podem ser abrandadas em maio. Quando isso acontecer, a expectativa é que a forte demanda gere novos ganhos em euros. Do ponto de vista técnico, a média móvel simples de 20/50 dias mostra sinal de força.

 O presidente dos EUA, Joe Biden, falou ao Congresso ontem à noite, na véspera de completar seus 100 primeiros dias de mandato. A expectativa era que revelasse um pacote de US$ 1,8 trilhão com foco em apoiar as famílias e a educação. Esse novo pacote faz parte de um plano presidencial de gastos de US$ 4 trilhões e será financiado por uma reforma tributária. Haverá uma alta na tributação sobre os americanos mais ricos, além de mais taxas sobre ganhos de capital superiores a US$ 1 milhão. O rali nas ações foi moderado por causa da previsão de mais impostos, e o discurso de Biden pode até mesmo renovar as preocupações do mercado.

 Além de Biden, o relatório do PIB do primeiro trimestre desta quinta-feira também estará em foco. A economia dos EUA deve ter uma forte recuperação nos três primeiros meses do ano. Os economistas preveem um crescimento de 6,1%. Se os números do PIB superarem essa estimativa, podemos ver um salto no dólar. No entanto, se ficar aquém desse patamar, o declínio da moeda americana contra o iene japonês e outras divisas pode ser mais acentuado, pois reforçará as preocupações tributárias, a decepção com o Fed e o atual sentimento do mercado.

 Todas as moedas ligadas a commodities subiram na esteira do dólar mais fraco. O dólar da Nova Zelândia liderou os ganhos antes do relatório de balança comercial de ontem à noite. Em razão da alta do PMI industrial, os dados de comércio podem ser mais fortes. O rali no dólar canadense foi respaldado pelas melhores vendas no varejo, mas o dólar australiano ficou para trás, após o crescimento do IPC ficar abaixo das expectativas.

5 Razões para a Disparada do Euro em Relação ao Dólar Após Reunião do Fed
 

Artigos Relacionados

Anderson Braga
Semana da Libra Esterlina Por Anderson Braga - 27.06.2021

Nesta semana tivemos uma fase de correção da libra esterlina em relação ao dólar (GPB/USD). No entanto, embora tenhamos um movimento ascendente nos primeiros três dias, quinta e...

5 Razões para a Disparada do Euro em Relação ao Dólar Após Reunião do Fed

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Pedro Pontes
Pedro Pontes 29.04.2021 14:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O dolar tem que desvslorizar muito mais os USA nao param de imprimir moeda
carlos brito
BRITO 29.04.2021 14:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A ALEMANHA ESTA COM LOCKDOWN POR TEMPO INDETERMINADO, COMO PODE HAVER MELHORA DO MERCADO DE TRABALHO??? PODE RESPONDER??? CONTA OUTRA, ESSA NÃO COLOU... Expectativa de melhora no mercado de trabalho da Alemanha na quinta-feira e números de confiança do consumidor na zona do euro;
Jose Frajtag
Jose Frajtag 29.04.2021 14:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Biden inchou os meios monetários em 15 a 20%% com o 1,8 trilhão de dólares! O dólar tem que desvalorizar proporcionalmente!
Milton Heyde de Macedo
Milton Heyde de Macedo 29.04.2021 14:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mas é aqui com 1 trilhão emitido?
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail