Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Algodão: Cotação da Pluma Recuou com Menor Intensidade em Julho

Por CepeaCommodities15.08.2022 12:58
br.investing.com/analysis/algodao-cotacao-da-pluma-recuou-com-menor-intensidade-em-julho-200451399
Algodão: Cotação da Pluma Recuou com Menor Intensidade em Julho
Por Cepea   |  15.08.2022 12:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
USD/BRL
+0,00%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Depois da baixa expressiva de 22% em junho/22, a cotação do algodão em pluma recuou com menor intensidade em julho. Quanto às negociações, se mantiveram em ritmo lento. Com o avanço da colheita, do beneficiamento e da classificação dos lotes, produtores seguiram priorizando o cumprimento dos contratos a termo em detrimento dos negócios no spot, influenciados por incertezas quanto à produtividade da safra 2021/22 em algumas regiões. Vale destacar que, na última semana de julho, a movimentação até chegou a melhorar no mercado da pluma, devido ao aumento da disponibilidade de lotes; porém, as negociações seguiram limitadas diante da dificuldade de acordar preço e qualidade. Do lado comprador, parte das indústrias esteve fora de mercado, preferindo fazer uso de estoque e/ou da matéria-prima contratada, uma vez que algumas fábricas ainda estavam trabalhando com capacidade reduzida e/ou com dificuldade de vendas de alguns produtos manufaturados. Além disso, há empresas que estavam adquirindo apenas o necessário para manter as atividades e esperando a entrada de um volume de pluma maior no mercado.

Já comerciantes preferiram fazer negócios “casados” e/ou adquiriram a pluma para atender às programações. Tradings, por sua vez, estiveram mais focadas no cumprimento dos contratos para os mercados interno e externo. No acumulado de julho (de 30 de junho a 29 de julho), o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, recuou 5,55%. O preço no Brasil ficou, em média, 2,2% inferior à paridade de exportação em julho. A média de julho, de R$ 6,0465/lp está 18,32% inferior à do mês anterior, mas ainda ficou 10,75% superior à média de um ano atrás (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de junho/22). Em dólar, o Indicador à vista registrou média de US$ 1,1236/lp em julho, 14,5% menor que o Índice Cotlook A (US$ 1,3140/lp), mas ficou 13,2% acima do primeiro vencimento negociado na Bolsa de Nova York (ICE Futures), de US$ 0,9927/lp – este, por sua vez, é o menor valor desde setembro/21, quando a média havia sido de US$ 0,9575/lp.

MERCADO INTERNACIONAL – Entre 30 de junho e 29 de julho, o dólar se desvalorizou 0,99%, a R$ 5,178 no dia 29. Já o Índice Cotlook A (referente à pluma posta no Extremo Oriente) caiu 3,76% em julho, a US$ 1,3040/lp no dia 29 de julho. Assim, a paridade de exportação na condição FAS (Free Alongside Ship) recuou 4,78% em julho/22, a R$ 5,9093/lp (US$ 1,1412/lp) no porto de Santos (SP) e a R$ 5,9198/lp (US$ 1,1433/lp) no de Paranaguá (PR) no dia 29. Na Bolsa de Nova York (ICE Futures, entre 30 de junho e 29 de julho, o vencimento Out/22, se desvalorizou 2,38%, fechando a US$ 1,0313/lp no dia 29. Já o contrato Dez/22 caiu 2,12% no acumulado de julho, indo para US$ 0,9674/lp, o Mar/23 recuou 1,34%, a US$ 0,9351/lp, e o Mai/23 caiu apenas 0,48%, a US$ 0,9203/lp

USDA – Em relatório divulgado no dia 12 de julho, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) reduziu a estimativa de produção mundial em 0,6% frente ao relatório do mês anterior, para 25,3 milhões de toneladas na safra 2021/22, mas ainda 4,3% superior à temporada 2020/21. Para o Brasil, especificamente, o Departamento diminuiu em 3,1% o volume produzido frente ao relatório anterior, para 2,678 milhões de toneladas; porém, esta quantidade ainda é superior à da safra 2020/21 (+13,7%). Já o consumo mundial de algodão também caiu (-1,6%) se comparado aos dados de junho/22, indo para 26,082 milhões de toneladas, ficando 1,6% abaixo do da temporada anterior. As importações mundiais, por sua vez, estão estimadas em 9,432 milhões de toneladas, quedas de 11,7% frente à safra 2020/21 e de 3% no comparativo com o relatório passado. Já as exportações globais podem somar 9,564 milhões de toneladas, baixas de 9,4% e de 2,7% nas mesmas comparações. Nesse cenário, o estoque final está previsto em 18,297 milhões de toneladas, com aumento de 1,3% frente ao estimado no mês anterior, mas baixa de 4,6% em relação à temporada 2020/21. Quanto à safra 2022/23, a produção mundial está projetada em 26,141 milhões de toneladas, 3,3% superior à anterior, mas recuo de 1% frente aos dados de junho/22, pressionada pelos reajustes negativos nos Estados Unidos e no Brasil. Já o consumo mundial de algodão deve aumentar apenas 0,1%, para 26,111 milhões de toneladas, depois da queda de 1,3% frente aos dados de junho/22. As importações globais devem subir 7% frente às da safra 2021/22, mas tiveram queda de 2,4% no comparativo com o mês anterior, indo para 10,34 milhões de toneladas. As exportações, por sua vez, podem crescer 5,6% frente às da safra 2021/22, somando 10,98 milhões de toneladas, recuo de 2,3% no comparativo mensal. Para os Estados Unidos, especificamente, as quedas são de 3,5% frente aos dados de junho/22 e de 5,1% em relação à safra anterior, a 3,048 milhões de toneladas. Já para o Brasil, o USDA estima recuo de 5,1% frente aos dados de junho, mas aumento de 17,7% em relação à safra anterior. Assim, os estoques mundiais finais de 2022/23 podem ser de 18,346 milhões de toneladas, 0,3% acima dos da temporada 2021/22 e 1,8% superiores aos do mês passado.

CAROÇO DE ALGODÃO – Os preços caíram com maior intensidade em julho. Com o avanço da colheita e do beneficiamento, parte dos vendedores esteve mais flexível em suas pedidas. No entanto, a liquidez foi limitada, pois há compradores que ofertam valores ainda menores e/ou estão focados no cumprimento dos contratos a termo tanto da matériaprima como de seus derivados. Segundo informações captadas pelo Cepea, o preço médio do caroço no mercado spot em julho/22 em Lucas do Rio Verde (MT) foi de R$ 1.335,14/t, baixas de 14,4% em relação ao mês anterior e de 31,2% sobre o de julho/21 (R$ 1.941,15/t), em termos reais – as médias mensais foram deflacionadas pelo IGP-DI de junho/22. Em Campo Novo do Parecis (MT), a média caiu 11,6% na comparação mensal e 24,8% na anual, indo para R$ 1.389,46/t em julho/22. Em Primavera do Leste (MT), a média de julho foi de R$ 1.457,01/t, quedas de 11,1% frente à de junho/22 e de 28,2% em relação a julho/21. Em Barreiras (BA), a média caiu 9,4% no mês e 23,7% no ano, a R$ 1.494,55/t em julho/22. Já em São Paulo (SP), a média de julho foi de R$ 1.917,37/t, recuos de 1,4% frente ao mês anterior e de 17,6% se comparado ao mesmo período de 2021.

Algodão: Cotação da Pluma Recuou com Menor Intensidade em Julho
 

Artigos Relacionados

Scot Consultoria
Clima e a safra de milho Por Scot Consultoria - 30.09.2022

Por Jéssica OlivierNo acumulado do mês (até dia 21), as chuvas atingiram até 150 milímetros na região Sul e nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Amazonas e Roraima.Partes...

Algodão: Cotação da Pluma Recuou com Menor Intensidade em Julho

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail