Garanta 40% de desconto
🚨 Mercados voláteis? Descubra joias escondidas para lucros extraordináriosDescubra ações agora mesmo

Análise Técnica: Volatilidade do Preço das Commodities Após a Invasão à Ucrânia

Publicado 01.04.2022, 19:03
Atualizado 09.07.2023, 07:32

Commodities (que em português significa “mercadorias”) são matérias-primas em estado bruto utilizadas na compra e venda de bens fungíveis (bens que se consomem após seu uso podendo ser substituídos por outro semelhante). Seu preço é determinado pela relação entre oferta e demanda no mercado internacional sendo negociadas em grande escala.

Após o inicio da invasão à Ucrânia, iniciada no dia 24 de Fevereiro de 2022, o mercado internacional de commodities passou a apresentar volatilidade refletindo fortemente na economia de muitos países ao redor do mundo. A volatilidade é uma variável que permite analisar a frequência das oscilações nos preços de uma determinada commodity servindo, como medida de risco a fim de mensurar seu grau de sensibilidade em relação às consequências advindas da guerra. Em outras palavras, quanto mais o preço de uma commodity (ou qualquer outro ativo) oscilar no curto prazo, maior será sua volatilidade no período.

O objetivo é analisar o efeito gerado pela guerra através dos níveis de volatilidade das commodities, com base nas oscilações de seus preços desde o começo da invasão até esse momento. Desta forma, foi elaborada uma amostra contendo onze commodities negociadas em larga escala, algumas delas com forte influência em nossa

balança comercial além de estarem presentes em diversos setores, fazendo com que sua participação seja vital para economia brasileira.

Estas commodities estão divididas em três categorias:

∙ Metais:

1. Níquel – NICKELc1;

2. Ferro (minério de ferro) – TIOc1;

3. Ouro - ZG;

4. Alumínio – MALTRc1;

∙ Biocombustíveis:

5. Petróleo - LCO;

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

6. Etanol– ETHc1;

7. Gás natural – NGLNMc1;

∙ Agrícolas:

8. Soja– SJCc1;

9. Trigo– LWBc1;

10. Boi– BBIc1;

11. Milho– CCMc1;

∙ Os códigos de negociações exibidos nas tabelas podem sofrer alterações dependendo da região onde a commodity for negociada e o tipo de operação que será realizada.

Para mensurar o impacto causado por consequência da guerra no leste europeu nos preços das commodities, foram utilizados indicadores de volatilidade como ferramentas de análise técnica através dos preços que atingiram nos fundos e topos em suas respectivas datas. Dessa forma é obtida a variação percentual entre os picos de mínima e máxima proporcional ao período apresentado em cada commodity . Para podermos comparar os níveis de volatilidade entre as commodities, basta dividir a variação percentual pela quantidade de dias no período. O valor obtido indica o nível de volatilidade gerado por cada commodity, quanto maior for esse valor maior será sua volatilidade.

As informações exibidas nas tabelas a seguir são referentes ao período do início da invasão, no dia 24/02/2022, até a data de hoje 31/03/2022 totalizando 35 dias. As commodities estão ordenadas de acordo com a variação percentual estando na cor verde quando houver valorização e em vermelho quando houver desvalorização no período.

Tabela 1 – Quatro commodities de metais.

Os períodos entre os picos são praticamente iguais para o níquel, minério de ferro e ouro, mas a valorização do níquel foi bem acima dos outros. Apenas o alumínio sofreu desvalorização com seu período mais curto entre os picos destoando dos outros metais.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Metais ordenados de acordo com o grau de volatilidade observada:

1° níquel 23,45 > 2° alumínio 2,24 > 3° minério de ferro 1,23 > 4° ouro 0,88.

Tabela 2 – Três commodities de biocombustíveis.

Tanto o petróleo quanto o etanol valorizaram, porém seus níveis de volatilidade foram bem distantes, pois a valorização que o petróleo obteve chegou a ultrapassar o dobro da valorização do etanol levando menos de 1/3 do seu período (10

Biocombustíveis ordenados de acordo com o grau de volatilidade observada:

1° gás natural 5,15 > 2° petróleo brent 4,49 > 3° etanol 0,59.

Tabela 3 – Quatro commodities do tipo agrícola.

Soja e trigo valorizaram e apresentaram níveis de volatilidade relativamente próximos um do outro. Boi e milho desvalorizaram, mas com diferença entre seus períodos.

Commodities agrícolas ordenadas de acordo com o grau de volatilidade observada: 1° soja 1,76 > 2° trigo 1,37 > 3° milho 1,18 > 4° boi 0,19.

Tabela 4 – Classificação geral das onze commodities com base no grau de volatilidade.

Últimos comentários

Muito boa a análise!
A Rússia é o maior produtor mundial de níquel do mundo, China é a maior importadora. Tem muita coisa acontecendo que a gente não tem conhecimento e incide sobre a volatilidade. Deveria ter comprado boi gordo e ligado do FOD***?
Muito boa análise!
Parabéns pela análise sólida e objetiva do mercado de commodities.
Parabéns pela a análise concisa e clara sobre o mercado de Commodities
Valew
Obrigado! ! !Muito bom... maravilha! ! !
Obrigado! ! !Muito bom... maravilha! ! !
Parabéns pela análise Daniel, é ótimo termos analistas com uma visão mais técnica ao invés de simplesmente achismos como temos muito no mundo dos investimentos
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.