Garanta 40% de desconto
🚨 Mercados voláteis? Descubra joias escondidas para lucros extraordináriosDescubra ações agora mesmo

Apostas de cortes de juros podem ameaçar alta do dólar? Euro em ponto decisivo

Publicado 01.04.2024, 11:51
Atualizado 02.09.2020, 03:05
  • Na sexta-feira, dados de inflação ficaram em linha com as expectativas do mercado, enquanto declarações de Powell tiveram impacto limitado no sentimento dos investidores;
  • Aumentou o debate sobre um possível corte de juros nos EUA a partir de junho.
  • O desempenho do dólar frente às principais divisas, especialmente o euro, depende das políticas monetárias do Fed e do BCE.
  • Invista com o poder da inteligência artificial (IA) e os melhores dados financeiros com o InvestingPro. Use o cupom INVESTIR e aproveite um desconto adicional nos planos de 1 e 2 anos do Pro e Pro+! Saiba mais >>>

No último dia útil da semana, a conformidade dos dados do PCE com as projeções, somada às declarações cautelosas de Powell quanto à redução das taxas de juros, não provocou grandes alterações nos mercados. Assim, o índice do dólar americano (DXY) manteve-se estável com o advento da nova semana.

Após a divulgação de dados na semana anterior, a expectativa de um corte iminente nas taxas pelo Federal Reserve (Fed, banco central americano) em junho cresceu, indicando uma probabilidade de 60% para um ajuste de 25 pontos-base.

Investidores permanecem na expectativa de três cortes de taxa ao longo do ano, com alguns analistas não descartando a possibilidade de até cinco reduções, a depender dos próximos indicadores de emprego.

A postura do Fed, pautada em decisões orientadas por dados, coloca os próximos indicadores de emprego (payroll) em destaque. Uma queda significativa nos números de emprego pode acelerar os cortes nas taxas de juros.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Apesar da abordagem prudente do Fed enfatizada por Powell, os indicadores econômicos seguem apontando para uma economia americana sólida, minimizando os temores de uma recessão. Contudo, essa dinâmica impôs certa pressão sobre o dólar em relação às principais moedas.DXY - gráfico de preços

O índice DXY apresentou uma desaceleração em sua recuperação na semana passada, estabilizando-se na faixa dos 104 pontos. Atualmente, busca consolidar o patamar de 104,3 como suporte.

Caso se mantenha acima dessa marca, o índice tem potencial para alcançar os 105 pontos. No entanto, os dados atuais sugerem uma limitação no seu avanço nos próximos meses.

Se romper o suporte dos 104 pontos, é provável uma retração até 103,70. Embora se trate de um suporte crucial, uma queda mais acentuada para o intervalo entre 101,5 e 102,2 não está descartada.

Os dados sobre o emprego não agrícola, previstos para o fim da semana, serão essenciais, podendo influenciar significativamente a trajetória do índice do dólar.

No cenário do par EUR/USD, a expectativa de cortes nas taxas de juros este ano mantém o otimismo quanto à economia americana e aos dados de crescimento, apesar da cautela do Fed em aguardar mais evidências de desaceleração inflacionária.

Isso eleva as projeções de que o BCE possa reduzir suas taxas antes do Fed, sobretudo após considerar o contexto econômico europeu, que, marcado por estagnação, sugere a necessidade de antecipação dos cortes de juros na região.

Assim, crescem as expectativas de um ajuste nas taxas pelo Fed em junho, enquanto o BCE poderia fazê-lo já em maio, refletindo-se em uma compressão de preços no par EUR/USD.EUR/USD - gráfico de preços

Desde a semana passada, o EUR/USD busca estabilizar-se no suporte de 1.077. Caso consiga sustentar este nível, poderia desencadear uma movimentação altista até 1.092.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Uma quebra da linha de tendência estabelecida desde outubro de 2023 poderia levar a uma depreciação acelerada do euro frente ao dólar.

Uma ruptura para baixo no triângulo simétrico, observado na análise semanal, aumentaria as chances de o EUR/USD cair abaixo de 1,05.

A evolução dos preços a médio prazo será crucial, especialmente em torno do nível de 1.092.

Mantendo-se acima de 1.07 nos próximos dias, espera-se que a volatilidade do EUR/USD intensifique-se nos meses de verão.

***

Tenha mais sucesso nas suas estratégias com ações de empresas com receita em dólar usando o ProPicks!

Institucionais e bilionários já estão usando a inteligência artificial (IA) para se destacar no mercado, e você?

Agora, você também pode fazer o mesmo com ProPicks, nova ferramenta de seleção de ações baseada em IA do InvestingPro.

Com as nossas seis estratégias, incluindo a campeã "Titãs da Tecnologia", que rendeu incríveis 1.427,8% a mais que o mercado nos últimos dez anos, você terá acesso às melhores ações do mercado todo mês.

Garanta um desconto adicional em sua assinatura aqui, não se esqueça de inserir o cupom INVESTIR e comece agora a investir como os profissionais!

Aviso: este artigo tem fins meramente informativos e não constitui qualquer oferta ou recomendação de investimento.

Últimos comentários

isso é bom demais
Isso é muito bom.
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.