Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar Não Sustenta Baixa

Por Vanessa Blum CollocaCâmbio01.09.2021 07:24
br.investing.com/analysis/dolar-nao-sustenta-baixa-200444401
Dólar Não Sustenta Baixa
Por Vanessa Blum Colloca   |  01.09.2021 07:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Ontem, o dólar caiu bastante de manhã atingindo mínima de R$ 5,1164 refletindo em uma Ptax de R$ 5,1427 e no período da tarde recuperou força atingindo máxima de R$ 5,1975 e fechando o mês de agosto em R$ 5,172. Depois de disparar 4,76% em julho, o dólar fechou agosto em queda de 0,73% frente ao real. No ano o dólar acumula queda de 0,32%.

Mercado precificando a alta mais forte da taxa Selic e acalmando um pouco os investidores com relação a uma saída para a questão dos precatórios, além de dados locais sobre trabalho que vieram acima do esperado pelo mercado. A taxa de desemprego no Brasil caiu para 14,1% no trimestre ante 14,6% nos três meses até maio. Acontece que em um cenário macro tem muitos fatores que puxam o câmbio para cima e não deixam o real se valorizar tanto. Principalmente na frente política e considerando inflação e pandemia. Algumas vezes parece que o mercado esquece de olhar alguns fatores para mirar somente no que interessa, e ontem não foi diferente com o movimento de Ptax.

Vamos aos assuntos que impactam no mercado de câmbio, muitos realmente são políticos, e outros dados e notícias daqui, dos EUA e Europa.

Na política a questão da reforma do Imposto de Renda (IR) segue na tentativa de fechar um acordo e com a possibilidade de diminuir a alíquota de impostos sobre dividendos. Como troca de favores, a Câmara se propõe a votar o projeto de Refis. Se cair a alíquota, o relator precisará mexer em outros pontos do projeto para recuperar a arrecadação menor.

Já a bandeira vermelha da conta de luz será debatida em reunião dia 08/09 com efeito retroativo a partir de 01/09. Certamente trará impacto na inflação. Brasil pode ter severa crise energética prejudicando PIB e reeleição.

LEIA MAIS - Eurasia: Brasil pode ter severa crise energética, prejudicando PIB e reeleição

Os precatórios não devem mais ser parcelados e sim pagos por ordem cronológica, o que deve arrastar até 2036 um valor de R$ 672,4 bilhões quando acabar a lei do teto. Essa projeção considera que as despesas com precatórios cresçam 3,5% em 2023 e 3,25% nos anos seguintes. Na melhor das hipóteses seriam necessários quatro anos para pagar os precatórios postergados de 2022. R$ 37,8 bilhões seriam pagos em 2022 do total de R$ 89 bilhões. Através disso teríamos uma folga a ser usada para um acerto com os governadores e tiraríamos as dívidas com estados que somam R$ 16,5 bilhões do cálculo dos precatórios e não do teto de gastos.

O Ministério da Economia melhorou expressivamente a meta de resultado primário para o próximo ano a um déficit de 49,6 bilhões de reais, equivalente a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB), ante rombo de 170,5 bilhões de reais fixado na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022. O governo Jair Bolsonaro enviou ao Congresso Nacional nesta terça-feira o Orçamento de 2022, ano de eleições presidenciais. O Orçamento foi enviado sem aumento do Bolsa Família por falta de espaço no teto de gastos. O Orçamento prevê gastos de R$ 89,1 bilhões para precatórios (despesas decorrentes de decisões judiciais), classificados como um "meteoro" pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O valor foi incluído, apesar de o governo negociar uma forma de reduzir esse montante para 2022. O Orçamento será atualizado quando uma solução para os precatórios for encontrada.

Tensões também referentes aos atos pró-governo de 07 de setembro.

Dados de ontem por aqui: a taxa de desemprego no Brasil ficou em 14,1 por cento nos três meses até junho, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira.

O real tem se beneficiado por conta da perspectiva de aumento de Selic mais forte para acomodar as pressões inflacionárias da conta de luz e dos combustíveis.

Vamos de exterior: a desaceleração da economia chinesa sob pressão da última onda de Covid-19 ficou clara nos índices do país para agosto. O PMI da indústria desacelerou para 50,1, pouco acima da linha que separa o crescimento da contração. O índice de serviços, no entanto, mergulhou em território contracionista em 47,5, sua leitura mais baixa desde fevereiro de 2020.

A inflação na zona do euro saltou para uma máxima em dez anos neste mês e deve avançar mais ainda à frente, desafiando a visão benigna do Banco Central Europeu sobre a alta dos preços e sua postura de olhar além do que considera um aumento transitório. A inflação ao consumidor nos 19 países que compartilham o euro acelerou para 3% este mês, de 2,2% em julho, acima das expectativas de alta de 2,7% e ficando bem longe da meta de 2% do BCE. O BCE argumenta que uma série de fatores pontuais, incluindo gargalos de produção relacionados à reabertura da economia após a pandemia de Covid-19, são responsáveis pela maior parte do aumento da inflação, e que o crescimento dos preços irá rapidamente se moderar no início do próximo ano.

O membro do Banco Central Europeu (BCE) Robert Holzmann pediu nesta terça-feira a redução das compras de títulos de emergência do BCE já no próximo trimestre, acrescentando que espera uma discussão sobre o assunto na próxima semana. Ele acrescentou que as autoridades irão "definitivamente" discutir na reunião de 8 a 9 de setembro a redução do Programa de Compras de Emergência da Pandemia (PEPP) do BCE a partir do último trimestre do ano, e que o PEPP não deve ser usado para aumentar a inflação na zona do euro.

Nos EUA a confiança do consumidor norte-americano recuou para uma mínima em seis meses em agosto, com preocupações em relação a um aumento nos novos casos de Covid e a uma inflação mais alta prejudicando as perspectivas para a economia. O índice de confiança do consumidor caiu para 113,8 neste mês, menor patamar desde fevereiro, ante 125,1 em julho.

Para hoje PIB, balança comercial, fluxo cambial e PMI industrial aqui no Brasil, Nos EUA, PMI industrial e discurso de Raphael Bostic, membro do FOMC.

Dólar Não Sustenta Baixa
 

Artigos Relacionados

Dólar Não Sustenta Baixa

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (7)
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 01.09.2021 10:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Volta Lula, esse Bolso, com ajuda do Guedes, tá falindo o Brasil, impressionante!
Athanase Patseas
Athanase Patseas 01.09.2021 10:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tomara que nao chegue nos 6,000 ....
Joao Coelho
jcoelho 01.09.2021 9:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
com esta nova bandeira, vamos pagar 68,00+14,20=82,20 reais ou aprox $16 por 100 kwh. o dobro de alguns de nossos pares: china, india, russia, mexico e argentina, por exemplo. infelizmente, eh mais um indicio de que o cambio nao se sustenta a 5 reais/dolar.
Athanase Patseas
Athanase Patseas 01.09.2021 9:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ate a semana que vêm , deve ir acima de 5,500....
Denver Teixeira
Denver Teixeira 01.09.2021 8:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vou chutar: Dolar a 5,02
Habib Marcos
Habib Marcos 01.09.2021 7:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Show Van !!!
Antonio Salviano
Antonio Salviano 01.09.2021 7:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom dia Vanessa. Bom dia mercado..
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail