Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar: Será Que Após a Tempestade Vem a Calmaria?

Por Vanessa Blum CollocaCâmbio14.07.2021 05:50
br.investing.com/analysis/dolar-sera-que-apos-a-tempestade-vem-a-calmaria-200443290
Dólar: Será Que Após a Tempestade Vem a Calmaria?
Por Vanessa Blum Colloca   |  14.07.2021 05:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Parece que sim. Até quando, dependerá da calmaria política e da vacinação. Apesar de ontem mercado ter operado na volatilidade.

Na alta reagindo aos dados de inflação nos EUA, que veio acima do esperado, puxando o dólar para a máxima de R$ 5,2218 no período da manhã. A inflação americana medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve alta de 0,9% em junho, acima do consenso de 0,5% e da leitura anterior de 0,6%. Na base anual, o indicador acumulou alta de 5,4%, acima das expectativas de 4,9% e da leitura de maio de 5%.

O dado servirá de parâmetro para as discussões sobre o rumo da política monetária do Federal Reserve (Banco Central dos EUA). A partir dos dados americanos, analistas e investidores poderão ajustar suas estimativas sobre quando o BC dos EUA passará a retirar os estímulos monetários.

Na baixa, reagindo ao adiamento da reforma tributária que dá fôlego e esperança para investidores em derrubar os 20% de taxação de lucros e dividendos. Ontem, o relator do projeto de reforma do Imposto de Renda na Câmara, Celso Sabino (PSDB-PA), apresentou seu parecer em reunião com líderes onde ele estuda reduzir em R$ 50 bilhões a carga tributária sobre a renda do capital produtivo e dos trabalhadores. Segundo ele, o parecer da proposta de reforma do Imposto de Renda vai manter desoneração dos fundos imobiliários, que vão seguir com dividendos isentos, mas apesar dos esforços de governistas, a primeira etapa da reforma tributária do ministro Paulo Guedes (Economia) foi adiada para agosto, depois do recesso do Congresso. Com isso, o dólar chegou à mínima de R$ 5,1486.

Dados de ontem tivemos o volume de serviços brasileiro, que permaneceu em trajetória de crescimento na metade do segundo trimestre e dá sinais de aquecimento com alta recorde para o mês de maio, ficando 0,2% acima do patamar pré-pandemia.

Fora as tensões políticas, o país conseguiu equilíbrio fiscal e tem reservas cambiais suficientes para ser credor líquido em moeda estrangeira. Além disso, a taxa Selic com perspectivas de altas também aprecia o real. Também teremos inúmeros IPOs e com isso existe boa expectativa de que haverá redirecionamento de capitais especulativos estrangeiros, através da montagem de operações de “carry trade”, para o país.

Para acalmar o câmbio ontem também, a presidente do Federal Reserve de San Francisco, Mary Daly, disse nesta terça-feira que um salto da inflação norte-americana é esperado, observando que as maiores alterações seriam nos preços de bens e serviços, impulsionados pelo aumento na demanda pós-pandemia e gargalos na oferta, mas provavelmente diminuirão nos próximos meses. "Vários meses disso não significa que não seja algo transitório", disse Daly à CNBC em uma entrevista, acrescentando que tem apostas de alta em relação ao crescimento durante o outono (no Hemisfério Norte) e que esse é o momento certo para começar a falar sobre a redução das compras de títulos do Fed. Para o real isso é ótimo, afinal ela disse que é prematuro começar a falar sobre alta de juros nos EUA.

Os ministros das Finanças da União Europeia (UE) aprovaram formalmente, em Bruxelas, o plano de recuperação econômica pós pandemia. No total, a assistência financeira da UE proveniente do Mecanismo de Recuperação e Resiliência têm um orçamento de 672,5 bilhões de euros.

Eles destacaram que a atividade melhorou nos últimos meses, em meio ao relaxamento das restrições à mobilidade impostas por conta do covid-19, embora "as incertezas permaneçam elevadas.

Calendário de hoje na zona do euro produção industrial maio e anual, por aqui IBC-BR (índice de atividade econômica do banco central), confiança do consumidor de julho e fluxo cambial estrangeiro. Nos EUA, o livro Bege com as projeções para a próxima reunião do Federal Reserve. O livro é apresentado duas semanas antes de cada reunião do FOMC. Este relatório é utilizado pelo FOMC em sua decisão sobre as taxas de juro de curto prazo.

E vamos acompanhando as recuperações das economias, as tensões políticas, a CPI e os movimentos do Fed.

Dólar: Será Que Após a Tempestade Vem a Calmaria?
 

Artigos Relacionados

Dólar: Será Que Após a Tempestade Vem a Calmaria?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Ottorino Cetti
Ottorino Cetti 14.07.2021 9:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dolar va fechar 2021 entre R$ 5,25/5,30. Vou apostar! Brasil è unico pais no mundo que fortalece a propria moeda!!!
Tiago Santos Silva
Tiago Santos Silva 14.07.2021 7:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Há possibilidade enorme do FED ter que ser realista.. EUA: preço da gasolina 🚀, preço dos imóveis 🚀, aluguéis de imóveis 🚀, CPI/IPCA (EUA, china, Japão, Alemanha, Reino Unido e índia ) 🚀...endividamento das famílias 🚀...
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail