Junte-se a +750 mil investidores que copiaram as ações das carteiras dos bilionáriosAssine grátis

Estagflação nos EUA?

Publicado 25.04.2024, 13:03
BAC
-
US10YT=X
-

Fala, turma! Chegamos no dia mais importante da semana, dados do PIB americano, inflação PCE (a mais acompanhada pelo Banco Central americano) e Jobless Claim (pedidos de seguro-desemprego).

Acontece que possivelmente os Estados Unidos entrou em um dos piores cenários, dado que o PIB surpreendeu para baixo e a inflação PCE voltou a acelerar.

Isso se resumiria ao estado de estagflação, quando a economia não cresce mais no mesmo ímpeto que crescia, porém, a inflação do país continua a aumentar.

Sem mais delongas, vamos entender.

Começando pelo PIB americano, que surpreendeu para baixo. O PIB cresceu 1,6% no primeiro trimestre de 2024, uma desaceleração de ~50% vs 4T23.

Não bastava vir abaixo das estimativas e ter desacelerado bastante frente ao último trimestre, a inflação também tinha que vir acima do esperado. A inflação Core do PCE (a mais acompanhada pelo Banco Central americano) cresceu 3,7% e veio acima das estimativas dos analistas.

A inflação Core exclui da conta os itens de alimentos e de combustíveis (que tendem a ser mais voláteis) da inflação de consumo pessoal dos americanos.

Apesar desse cenário pior para os EUA, a demanda final ainda parece sólida, dado que as importações cresceram também.

Lembrando que ~70% do PIB americano é consumo. Este item cresceu 2,5% no dado divulgado.

Uma outra parte é composta por gastos do governo, que nos últimos 3 trimestres de 2023 deram uma acelerada maior no crescimento do que em relação ao consumo (tabela abaixo do gráfico). Colocando em reflexão o fiscal americano.

De qualquer forma, o consumo está desacelerando também, segundo o relatório do BofA (NYSE:BAC).

O momento de mercado de trabalho mais “soft” (mais brando), com uma inflação maior e um crescimendo economico mais devagar é um dos piores cenários para a maior economia do mundo.

Eu já havia comentando no dia 10 abril/24 sobre uma possível estagflação. Parece que ela chegou. Não sabemos quanto tempo pode durar, mas o cenário é ruim, pois o FED (banco central americano) fica amarrado.

Se cortar o juro, inflação pode andar muito mais. Se aumentar o juro, pode dar um “crash” na economia. Não parece muito bem um cenário de “soft landing” (pouso leve da economia).

Com os yields (rendimentos) das Treasuries andando mais, o mercado agora precifica apenas um corte para 2024, sendo que ele foi postergado para setembro.

Eu acho bastante difícil ter algum corte esse ano. Lembrando que começamos 2024 com a expectativa de 5 cortes na taxa de juro americana.

Por fim, Initial Jobless Claim (pedidos iniciais de seguro desemprego) vieram abaixo do esperado, mas dentro da banda dos 200-220k de pedidos. O dado de abril foi de 207 mil pedidos, abaixo das estimativas.

Pedidos Contínuos ficaram em 1,78 milhões, também abaixo das estimativas, mas dentro do esperado pelo mercado. O principal driver agora é entender, quanto tempo de estagflação e quanto tempo com juro alto por mais tempo.

Encontre dados avançados sobre ações do mundo inteiro com o InvestingPro. Para um desconto especial, use o cupom INVESTIR para as assinaturas anuais e de 2 anos do Pro e Pro+

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.