Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Foco na Reunião do Copom

br.investing.com/analysis/foco-na-reuniao-do-copom-200443735
Foco na Reunião do Copom
Por Julio Hegedus Netto   |  03.08.2021 08:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Os americanos se assustaram nesta segunda-feira, depois que o Tesouro retornou com o “teto de gastos” e operações emergenciais e um presidente do Fed colocou na conta a hipótese do início do tapering entre setembro e outubro, ou mesmo elevar o juro em 2022, se os próximos indicadores de mercado de trabalho vierem muito bons. No Brasil, a bolsa de valores perdeu o fôlego e o dólar voltou a subir ao longo do dia, com os futuros de juro virando, depois de recuar por toda manhã, diante dos embates políticos entre Bolsonaro e o judiciário. Continuam tensas estas relações.

Pandemia...

No mapeamento da pandemia, a variante Delta continua assustando. No Brasil, ontem, dia 02/08, foram 15.143 novos casos, na média, 35.120, e 449 óbitos em 24 horas, segundo dia abaixo dos mil mortos diários. Já são 557 mil óbitos desde o início. Em relação às vacinas, atingimos 48,1% da população com algum grau de imunização. Nos EUA, um festival de música em Chicago (EUA) no fim de semana provocou preocupações com a variante Delta no radar. Na China, autoridades estão alarmadas com o maior surto de Coronavírus no país desde o observado na província de Wuhan. Retrocessos com a obrigatoriedade no uso de máscaras em ambientes fechadas, estão na pauta.

No Brasil...

Na política, o retorno do recesso dos poderes já voltou a gerar crises, pelas inúmeras e inapropriadas declarações do presidente Jair Bolsonaro. E as respostas do STF e do TSE foram duras nesta segunda-feira, com este último enviando ao STF duas “representações” contra o presidente. Na Câmara, como destaque, a partir desta terça-feira, teremos os projetos do imposto de renda e da Contribuição sobre Bens e Serviços e a proposta da Reforma Administrativa. No Senado, a pauta reúne projetos como o refinanciamento de dívidas tributárias, o marco cambial, o novo marco de ferrovias e o teto do funcionalismo público.

Na reunião do Copom, nesta terça-feira, mantemos uma leitura mais agressiva de que a opção deve recair por elevar a taxa Selic em 1 ponto básico, a 5,25% ao ano. Nossa interpretação é de que a inflação, neste ano, já está dada, sendo preocupação “ancorar as expectativas” para trazer a do ano que vem para o centro da meta, entre 3,50% a 3,75%.

Como dito, neste ano, dada a abertura da economia, e o desalinhamento das cadeias produtivas, a alta das commodities, e variados choques de oferta, de tarifa na energia elétrica e nos combustíveis, sem esquecer a “onda de frio”, provocando geadas, e elevando os hortigranjeiros, não será surpresa se o IPCA fechar acima de 7,0%. Por enquanto, a pesquisa Focus trabalha com 6,7%, mas aguardemos. Para a reunião do Copom de setembro devemos indicar mais um ajuste 1,0 p.p., a 6,25%, uma decisão que serviria para acalmar as expectativas dos mercados. Depois, mais uma de 0,75 ponto percentual. A Focus trabalha com a Selic a 7% para este ano e o próximo.

Nos EUA...

A adoção de medidas emergenciais no front fiscal, com o retorno do “teto dos gastos” pautam o comportamento dos mercados nesta semana. Soma-se a isso, Christopher Waller, um dos diretores do Fed, levantou ontem a possibilidade do início do tapering neste ano, elevando o juro em 2022, se os dados de emprego surpreenderem positivamente.

Voltando a vigorar neste fim de semana, o “teto dos gastos” tem um agravante ao limitar que o Tesouro norte-americano possa tomar recursos no mercado e impõem ao órgão a necessidade de ajustes nas contas públicas, algo que os democratas não parecem muito preocupados em adotar. Segundo a Oxford Economics, o Tesouro ainda pode captar empréstimos no mercado no total de US$ 350 bilhões, quantia a ser usada até o fim de setembro. A partir daí, terá que reduzir o volume de leilões de Treasuries, algo considerado “disruptivo aos mercados”. Diante disso, os treasuries recuaram nesta segunda-feira: os de 2 anos foram a 0,1772%, os de 10 anos, a 1,173% e os de 30 anos, a 1,850%.

Nos mercados asiáticos, esta madrugada foi de queda, diante das ameaças das autoridades chinesas de irem em cima dos games eletrônicos, considerados “ópios espirituais”. Mais intervenções, com a mão pesada do Estado, sobre o mercado chinês (o mundo não gosta disso). Nas bolsas, Nikkei recuou 1,0%, a 27.499 pontos, Shangai -0,66%, a 3.441 pontos, e Hang Seng -1,19%, a 25.838 pontos. Na Europa, todos os mercados operavam próximos da estabilidade ou em pequenas quedas.

Na agenda de indicadores, no Brasil atenção para a Pesquisa Industrial Mensal de junho (PIM), a ser divulgada pelo IBGE, importante por manter em alta as expectativas econômicas em 2021 como para o discurso do ministério da Economia, incomodado com o alto desemprego registrado pela PNAD Contínua. No exterior, destaque para as Encomendas à Indústria de junho, nos EUA, e para o PMI (Caixin) de serviços de junho, na China.

Boa semana a todos! Saudações aos nossos atletas, verdadeiros heróis nacionais sem apoio. São treze medalhas, três de ouro, três de prata e sete de bronze.

Foco na Reunião do Copom
 

Artigos Relacionados

Eduardo Cavalheiro
O Mercado “Jogou a Toalha” Por Eduardo Cavalheiro - 16.09.2021 10

Em agosto o mercado jogou a toalha e abandonou as expectativas de que o governo possa se reorganizar politicamente a ponto de aprovar reformas econômicas e fazer avanços que...

Foco na Reunião do Copom

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Celio Kagiya
Celio Kagiya 04.08.2021 6:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Governo chega para o ano de eleição acabando com o maior trunfo que havia obtido, a redução da taxa de juros para controle da dívida. Tiro no pé e falta de estratégia. Poderia diminuir impostos sobre o diesel reduzindo o custo Brasil mas faz o oposto, uma piada essa equipe econômica...
Mant Newmann
MaNve 03.08.2021 10:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O desgoverno está perdido. Levou a taxa de juros a irresponsáveis 2%. Potencializou a inflação global por aqui e, agora, quando o mundo começa a sair da crise, o Brasil precisa correr aumentando a Selic... Para piorar, o Rei da Rachadinha resolve copiar o Biden e distribuir bolsa eleição aumentando ainda mais a pressão sobre a inflação.... Como dizia Jegues, dólar alto é bom para o Brasil.....
jose eduardo muniz coimbra
jose eduardo muniz coimbra 03.08.2021 10:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
infelizmente os perdedores não aceitam o resultado das urnas.a democracia para eles só tem legitimidade qdo ganham.
José Artur Medina
José Artur Medina 03.08.2021 10:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
São fascistas e nem se deram conta.
Daniel Martins
Daniel Martins 03.08.2021 9:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quando tudo tá ruim....hora de ir aa compras...
José Artur Medina
José Artur Medina 03.08.2021 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
As falas do Bozo não são inapropriadas, ele é o chefe do executivo, cargo político e eletivo, representa a opinião da daqueles que o elegeram. Inapropriado é juiz abrir a boca fora dos autos. Inapropriado são os juízes do STF "sentarem" sobre processos, inapropriado é não sabermos quanto eles ganham, inapropriado é eles investigarem, julgarem e legislarem. Inapropriado é eles censurarem a imprensa e mandar prender sem investigação. inapropriado é eles não serem juízes de carreira 90% deles são advogados de corruptos milhonários. No fundo o Bozo é um bunda mole, ele demorou para acionar as forças armadas pelo artigo 142.
Milho Nário
Milho Nário 03.08.2021 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Você só pode estar de ironia, não é possível que alguém em sã consciência diga isso
José Artur Medina
José Artur Medina 03.08.2021 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Milho Nário  , algum argumento contrário? Sinta-se livre para expressá-lo.
Milho Nário
Milho Nário 03.08.2021 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
José Artur Medina  você é a prova viva de que o problema do Brasil não são apenas os políticos
Fabio Vieira
Fabio Vieira 03.08.2021 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Falou muito, muita asneira!!!!!!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail