⌛ Perdeu a alta de 13% da ProPicks em maio? Assine agora e receba mais cedo as ações de Junho.Desbloquear ações

Futuros dos EUA recuam após ratificação de comentários de Powell

Publicado 05.02.2024, 08:31
NDX
-
UK100
-
XAU/USD
-
US500
-
FCHI
-
AXJO
-
DE40
-
JP225
-
HK50
-
MSFT
-
F
-
FMG
-
RIO
-
ANTO
-
AGLJ
-
GC
-
CL
-
ZS
-
META
-
KS11
-
SSEC
-
STOXX
-
005930
-
CSI300
-
BTC/USD
-
ETH/USD
-

Bem-vindo à sua leitura matinal de cinco minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta segunda-feira, enquanto a maioria dos mercados asiáticos iniciaram uma semana encurtada pelo feriado do Ano Novo Lunar.

O índice Hang Seng de Hong Kong terminou em baixa de 0,15%, em 15.510,01 pontos.

Na China continental, o índice Shanghai Composite caiu 1,02%, em 2.702,19 pontos, enquanto o Shenzhen Component caiu 1,13% em 7.964,71 pontos. O índice de referência CSI 300, que inclui as maiores blue chips em Xangai e Shenzhen, chegou a cair 2,1% antes de reduzir as perdas e cair para 0,8% no meio da tarde. Está se mantendo em níveis não vistos desde o final de janeiro de 2019. A pesquisa Caixin sobre a atividade do setor de serviços na China mostrou uma expansão mais suave em janeiro, em comparação com dezembro. A decisão do Banco Popular da China, anunciada há duas semanas, de reduzir os requisitos da taxa de reserva para os bancos em 50 pontos base entrou em vigor hoje e provavelmente aliviará a crise de caixa na última semana de negociações antes do feriado de uma semana do Ano Novo Lunar.

O Kospi da Coreia do Sul caiu 0,73%, arrastada pelas perdas da peso-pesada Samsung (KS:005930) Electronics.

Na Austrália, o S&P/ASX 200 caiu 0,95% para fechar em 7.625,90 pontos, recuando de sua máxima histórica estabelecida na sexta-feira. Os mercados também aguardavam uma decisão sobre a taxa de juros do Reserve Bank of Australia na terça-feira. As gigantes da mineração arrastaram o mercado local para baixo. BHP fechou em queda de 2,4%, a Rio Tinto (LON:RIO) caiu 2,2% e a Fortescue Metals (ASX:FMG) perdeu 2,8%. As petrolíferas Santos e Woodside Energy fecharam em baixa de 0,6% e 0,9%, respectivamente.

Em contraste, o Nikkei do Japão subiu 0,54% para terminar em 36.354,16 pontos.

Os mercados da China, Taiwan, Coreia do Sul, Singapura e Hong Kong terão uma semana de negociação mais curtas à medida que o Ano Novo Lunar se aproxima.

EUROPA: Os mercados europeus sobem ligeiramente na segunda-feira.

O índice pan-europeu Stoxx 600 sobe 0,2% no final da manhã.

O alemão DAX 30 sobe 0,2% e o francês CAC 40 opera estável.

Em Londres, o FTSE 100 sobe 0,4%. Entre as mineradoras, Anglo American (JO:AGLJ) cai 0,9%, Antofagasta (LON:ANTO) sobe 0,2%, enquanto as gigantes BHP e Rio Tinto recuam 1,6% e 0,4%, respectivamente. A petrolífera BP cai 1,1%.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA caem na manhã de segunda-feira, depois que o presidente do Federal Reserve dos EUA, Jerome Powell, frustrou as esperanças dos investidores de cortes nas taxas de juros no curto prazo.

Os movimentos ocorrem depois que os três principais índices subiram pela 13ª semana nas últimas 14, impulsionadas por um relatório de empregos de janeiro mais forte do que o esperado e relatórios de lucros sólidos da Microsoft (NASDAQ:MSFT) e Meta Platforms (NASDAQ:META). Os ganhos ocorreram apesar do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, ter dito na quarta-feira que o banco central provavelmente não reduziria as taxas em março, como alguns "traders" esperavam.

Os rendimentos do Tesouro dos EUA sobem na segunda-feira, com os investidores avaliando o caminho das taxas de juros, após comentários do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell que disse à CBS no domingo que o banco central seria cuidadoso quando se tratar de cortes nas taxas de juros e que os legisladores ainda estavam procurando evidências adicionais de que a inflação retornasse à meta de 2% do Fed.

Powell também indicou que o ritmo dos cortes nas taxas provavelmente será mais lento do que os mercados esperam e reiterou os comentários que fez após a reunião do Fed na semana passada, dizendo que é improvável que os cortes nas taxas comecem em março.

Na sua reunião da semana passada, a Fed manteve as taxas de juro inalteradas pela quarta vez consecutiva, mas indicou que os cortes nas taxas provavelmente começariam este ano.

Muitos investidores esperam que a Fed reduza as taxas mais cedo ou mais tarde, uma vez que continuam as preocupações sobre o impacto das taxas elevadas na economia.

Isto ocorre apesar dos sinais de resiliência, inclusive no mercado de trabalho, com o relatório de emprego de janeiro a apresentar-se mais forte do que o esperado na sexta-feira. As vagas de empregos não-agrícolas aumentaram em 353 mil no mês, acima dos 185 mil estimados por economistas.

A temporada de balanços continua nesta semana, incluindo a McDonald’s na segunda-feira e a Ford (NYSE:F) na terça-feira.

Os investidores também estarão atentos ao Médio Oriente, onde os EUA iniciaram ataques aéreos no Iraque e na Síria na sexta-feira . O conselheiro de segurança nacional, Jake Sullivan, disse ao programa “Meet the Press” da NBC News no domingo que os EUA planejam fazer “ataques adicionais” contra grupos apoiados pelo Irã.

Na agenda econômica, o PMI de serviços finais será divulgado às 11h45, enquanto o PMI de serviços do ISM sairá às 12h00.

Várias autoridades do Federal Reserve devem falar nesta semama. Raphael Bostic, membro do FOMC discursará às 16h00 de hoje.

CRIPTOMOEDAS:
Bitcoin: +0,39% em US $ 43.109,10
Ethereum: +1,06% em US $ 2.325,12

ÍNDICES FUTUROS - 7h50:
Dow: -0,20%
S&P 500: -0,17%
NASDAQ: -0,74%

COMMODITIES:
MinFe: -0,63%
Bent: -0,50%
WTI: -0,62%
Soja: -0,11%
Ouro: -0,60%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.