Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Juros e Inflação: Querer Não é Poder no Mercado

Por Marilia FontesResumo do Mercado27.05.2022 14:10
br.investing.com/analysis/juros-e-inflacao-querer-nao-e-poder-no-mercado-200449772
Juros e Inflação: Querer Não é Poder no Mercado
Por Marilia Fontes   |  27.05.2022 14:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Na quarta-feira, dia 25, foi oficialmente o fim das minhas férias. Peguei uma semana e meia e fui viajar com o meu marido para comemorar nossos 7 anos de casados.

Fizemos um passeio muito romântico nas ilhas gregas, regado a muito vinho, azeite, yogurt e mel.

A viagem foi maravilhosa. Ruim foi ter que voltar.

Eu queria mesmo era decretar que, a partir daquele momento, só trabalharia online, com reuniões com vista para o Mediterrâneo.

Mas você bem sabe, querer não é poder. Tanto me faltam os recursos quanto a disponibilidade de tempo.

Adoramos pensar no mundo ideal e como gostaríamos que as coisas fossem ou como elas deveriam ser. Mas a realidade vem um abismo depois e não deixa que nós nos enganemos.

Aposto que você, investidor, gostaria que suas ações só subissem. Ou que sua renda fixa não tivesse marcação a mercado. Ou que seus fundos imobiliários sempre refletissem o valor justo dos imóveis. Ou que os gestores dos seus fundos nunca errassem.

Mas tanto no mercado quanto na vida, querer não é poder.

Tem um tal de Banco Central, por exemplo, que está louco para parar o ciclo de alta da Selic. O sonho é antigo e os argumentos são todos válidos.

“Já subimos muito; os efeitos são defasados; os choques são temporários”... e por aí vai.

Eis que chega um dado de inflação e mostra para o BC que ele não deveria ter vontades, mas apenas seguir o regime de metas.

O último IPCA-15 mostrou uma alta de +0,59 por cento, enquanto o mercado esperava uma alta de +0,45. A surpresa negativa ficou longe de ser a pior notícia.

O número por dentro foi realmente ruim. Ou seja, mesmo quando retiramos os índices mais voláteis e menos impactados pela política monetária, a coisa está feia.

Gráfico apresenta IPCA-15 vs. núcleos (acumulado em 12 meses).
Gráfico apresenta IPCA-15 vs. núcleos (acumulado em 12 meses).

Fonte: Dan Kawa

Os núcleos seguiram subindo e se encontram em níveis mais elevados que em 2015.

Gráfico apresenta IPCA encadeado: índice de difusão Dessaz (abr/12 a abr/22).
Gráfico apresenta IPCA encadeado: índice de difusão Dessaz (abr/12 a abr/22).

Fonte: Asa Investments

A difusão, que mostra o percentual de itens do IPCA que estão subindo, está também nas máximas, com quase 80 por cento dos itens em aceleração.

Ou seja, nada indica que temos uma situação de choque isolado em um determinado item. A alta é claramente disseminada em todas as categorias.

Nesse contexto, o Banco Central pode querer o que ele quiser, mas a realidade não irá permitir que ele pare o ciclo de alta em +12,75 por cento ao ano.

Ele terá que prosseguir até que esses núcleos deem sinal de arrefecimento.

Além disso, a persistência da inflação demandará também uma persistência da política monetária contracionista. Não será razoável pensar em cumprimento da meta de inflação de 2022, tampouco de 2023.

Nunca, na história, tivemos uma desinflação tão agressiva como esta que está sendo projetada pelo modelo do BC e até mesmo pelo Focus.

Poderemos começar a pensar no centro da meta lá para 2024.

Até lá, esqueça qualquer ideia de queda relevante nas taxas de juros. A persistência da inflação demanda persistência da autoridade monetária, ainda mais em um cenário de desancoragem das expectativas.

É por isso que quando eu olho alguém dizer que está com pressa de aplicar em prefixados e ganhar com marcação a mercado, lembro de mim mesma não querendo voltar de férias.

Até quero, mas... não vai rolar...

Isso fica de aprendizado para todos nós: não olhe para o que a autoridade fala. Para quando ela diz que vai terminar o ciclo. Olhe para os dados. Eles são os juízes.

Da mesma forma, não olhe para o Banco Central americano ou para o mercado de juros americano dizendo que vai levar a taxa de juros para o neutro (em torno de +3 por cento) e isso vai controlar uma inflação de +8,3 por cento.

É desejo, é torcida, mas não é economia.

Eu sigo olhando para os dados. Eles que vão me dizer a hora de parar. Eles que vão coordenar as mudanças na minha carteira de investimentos.  

Abraços

Juros e Inflação: Querer Não é Poder no Mercado
 

Artigos Relacionados

Larissa Quaresma
3 Motivos Para Vender Suas Ações Por Larissa Quaresma - 28.06.2022 11

Grande parte da literatura financeira é dedicada a saber quando comprar uma ação. Entretanto, saber quando vender é tão importante quanto a primeira questão. Fique comprado em uma...

Juros e Inflação: Querer Não é Poder no Mercado

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (13)
E. Andrade
E. Andrade 29.05.2022 12:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tá difícil desse quadro mudar, ainda mais com o petróleo subindo 1% ao dia, o Biden querendo mais sanções e as pesquisas fake dizendo que Lula vai ganhar.
Julio Julius
Julio Julius 29.05.2022 10:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito guru p pouco angu.
José Artur Medina
José Artur Medina 28.05.2022 14:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"não olhe para o que a autoridade fala. Para quando ela diz que vai terminar o ciclo" olhar para o que então? só para os dados numéricos e ignorar o que diz aquele que decide a taxa de juros? Independente das marés existem ondas...
José Artur Medina
José Artur Medina 28.05.2022 14:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns p..texto
Tiago Santos Silva
Tiago Santos Silva 28.05.2022 3:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito interessante suas férias gostei .. IPCA, Dólar e Selic estão aonde o governo tem interesse. Nunca existiu impressão de dinheiro sem inflação .. Então, o limite do BANCO CENTRAL será mais um aumento de 0,75 ou 0,50, privatizar a Petro e vender dólar no mercado, chega de favorecer apenas um setor ou vai perder as eleições .. Goste mais das férias kkkk
Maria Rosângela Albuquerque
Maria Rosângela Albuquerque 28.05.2022 0:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
@Marilia Fontes, o que é "ter a renda fixa com marcação a mercado". Obrigada!
Tiago Santos Silva
Tiago Santos Silva 28.05.2022 0:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Imagine que vc vá há uma montadora (Banco) e compre carro zero modelo xpto2022 ( CDB pré fixado)..Em apenas 2 meses a montadora (Banco central) anuncia uma nova versão do seu modelo xpto2023 (Aumento de taxa de juros) .. O que acontece com seu modelo 2022 (CDB PRÉ) ? Desvaloriza por haver uma nova versão no mercado .. Foi marcado a mercado .. Novos carros com valores (taxas) melhores ..
Eurico Didier
Eurico Didier 27.05.2022 21:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
👏👏👏
Gilmar Moraes
Gilmar Moraes 27.05.2022 20:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ótimo artigo, simples e objetivo ! Parabéns!!
Luiz Rafael Cavalheiro
Luiz Rafael Cavalheiro 27.05.2022 20:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Na minha opinião a Marília é uma das melhores analistas que temos hoje em evidência no mercado! Parabéns Marília
Tiago Santos Silva
Tiago Santos Silva 27.05.2022 20:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Preciso ler mais alguns artigos dela .. Mercado hoje está cheio de Analista meia boca, minha filha de 12 anos consegue "chutar" melhor que muito por aí kkkkk
Renilson Santana
Renilson Santana 27.05.2022 17:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns pelo artigo muito claro e didatico. Na minha visão ,muito mais cuta wua a sua,o banco central aposta na não indexação dos salários já que os nossos recentes mandtarios
Victor Gomes
Victor Gomes 27.05.2022 17:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Artigo de explicação simples e precisa, sem recomendações implícitas (compre ação A ou B). Parabéns pelo artigo
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail