Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Prévia do balanço da Apple: expectativas baixas podem indicar surpresas positivas

Publicado 01.02.2024, 10:00
Atualizado 30.10.2023, 02:54

A gigante da tecnologia Apple (NASDAQ:AAPL) vai revelar hoje seus resultados do primeiro trimestre do ano fiscal de 2024 após o fechamento do mercado.

Esta semana se destaca em meio a uma avalanche de balanços de 25% das empresas do S&P 500, incluindo cinco membros das 7 Magníficas, que conta com a Apple.

PROMOÇÃO DO INVESTINGPRO: Tenha 10% de desconto adicional na promoção de Ano-Novo, que já possui preços até 50% OFF. Use o cupom "INVESTIR" para o plano Pro+ anual ou “investirmelhor1” para o plano Pro+ 2 anos.

Diferentemente de alguns de seus pares que atingiram recordes históricos antes de seus relatórios de ganhos, a Apple entra em sua divulgação com uma postura mais moderada. A ação acumulou sua quinta sessão seguida de perdas na terça-feira, sendo negociada quase 6% abaixo de seu recorde de 14 de dezembro de US$199,62.

Essa baixa na ação está claramente relacionada a receios com possíveis frustrações na divulgação de hoje, levando os investidores a abordá-la com cautela.

No entanto, isso também posiciona a ação favoravelmente para reagir positivamente a quaisquer surpresas positivas, ao contrário de outras que podem apenas evitar uma correção dos ganhos recentes com bons resultados.

Este artigo analisa as expectativas para os resultados do 4º tri da Apple, destacando os fatores que podem contribuir para o atraso das ações.

Ao mesmo tempo, ele adota uma perspectiva de longo prazo sobre a ação, aproveitando os dados e modelos do InvestingPro, incluindo ProTips.

ProTips sintetiza dados financeiros extensos em uma lista de pontos fortes e fracos para cada ação no InvestingPro, oferecendo uma visão qualitativa rápida para complementar as ferramentas quantitativas da plataforma, como preço-justo e saúde financeira.

Análise da Apple: pontos fortes, fracos e expectativas para o balanço

Confira a seguir a análise completa do InvestingPro sobre as ações da Apple, com base nas ProTips, nas previsões de lucros, nas tendências do mercado e nos modelos de valuation.ProTips - Pontos fortes da Apple

Fonte: InvestingPro

As ProTips destacam alguns aspectos positivos da Apple, como o fluxo de caixa suficiente para cobrir os juros, a rentabilidade superior à dos concorrentes e a lucratividade esperada para este ano.ProTips da Apple - Comparação setorial

Fonte: InvestingPro

Por outro lado, as ProTips também indicam que a ação está cara em relação a indicadores como Ebitda, receita e P/L.ProTips Apple - Comparação setorial

Como será o balanço da Apple?

A Apple divulgará seus resultados na quinta-feira, e os analistas estimam um lucro por ação (LPA) de 2,10 dólares, 48,3% maior que o trimestre anterior e 11,7% maior que o mesmo período do ano passado.Apple - Balanço financeiro

Fonte: InvestingPro

A receita deve ficar em 118,3 bilhões de dólares, 32% maior que o trimestre anterior, mas com um crescimento de menos de 1% na comparação anual.

Vale lembrar que a Apple superou as projeções de lucros nos últimos oito trimestres seguidos. Portanto, não se pode descartar uma nova surpresa positiva na quinta-feira.

O que mais chama a atenção além dos números principais?

Um dos principais riscos para a Apple é a desaceleração das vendas do iPhone, especialmente na China, um mercado estratégico para a empresa.

O iPhone é o produto mais rentável da Apple, com vendas maiores que as de iPads, Apple Watches e Macs.

Após o lançamento da nova série iPhone 15, em setembro, os investidores estarão atentos ao efeito dessa linha nas vendas.

As vendas do iPhone devem atingir 68,4 bilhões de dólares, o segundo maior nível trimestral da história da empresa, com um aumento de cerca de 4% na comparação anual.

No entanto, alguns analistas alertam que as vendas do iPhone podem perder força em 2024, enquanto pesquisas mostram uma tendência de manter os aparelhos por mais tempo sem trocar pelos modelos mais novos.

Também esperamos por possíveis atualizações sobre as consequências dos problemas jurídicos da empresa, incluindo a proibição de vender nos EUA alguns Apple Watches que usam sensores de oximetria, enquanto a empresa recorre de um processo por violação de patente.

O Departamento de Justiça dos EUA também pode estar prestes a abrir um amplo processo contra a Apple por supostas práticas anticompetitivas relacionadas ao iPhone.

O desempenho do segmento de serviços da Apple, que tem sido uma grande fonte de crescimento nos últimos anos e é o negócio mais lucrativo do grupo, também precisará ser acompanhado de perto.

Previsões de analistas e conclusões do modelo de avaliação para as ações da Apple

Por fim, nem as previsões dos analistas nem os modelos de avaliação dão motivos para otimismo em relação às perspectivas de preço das ações da Apple.

De fato, os 43 analistas consultados pelo InvestingPro que acompanham as ações da Apple têm um preço-alvo médio de 199,62 dólares, pouco mais de 5% acima do preço de fechamento de terça-feira.Apple - Preço-justo

Fonte: InvestingPro

Além disso, o preço-justo calculado pelo InvestingPro, que é uma média de 14 modelos de avaliação financeira reconhecidos, está em 162,24 dólares, quase 14% abaixo do preço atual.

Conclusão

A Apple é, sem dúvida, a ação das 7 Magníficas para a qual o mercado parece menos otimista, com uma recente queda no preço das ações e previsões modestas dos analistas.

A desaceleração da China e outras preocupações estão pesando no sentimento. E embora isso não seja animador, também significa que a ação pode apresentar um potencial de alta sólido imediato se os resultados superarem as expectativas.

***

Invista com inteligência no mercado de ações com a plataforma InvestingPro, que oferece análise fundamentalista de qualidade por um preço imperdível. Aproveite a promoção de Ano-Novo e garanta um desconto de até 50% por tempo limitado!

Com o InvestingPro, você tem acesso a ferramentas exclusivas que vão turbinar seus investimentos:

  • ProPicks: Conheça carteiras de ações selecionadas por algoritmos de inteligência artificial, com resultados comprovados.
  • ProTips: Receba informações claras e objetivas que simplificam dados financeiros complexos.
  • Filtro avançado de ações: Encontre ações que atendem aos seus critérios, usando diversas métricas financeiras.

Dados financeiros históricos de milhares de ações: Explore detalhes abrangentes que auxiliam na análise fundamentalista.

Aviso: este artigo tem fins meramente informativos e não constitui qualquer oferta ou recomendação de investimento.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.