Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Small caps: Depois vai ser tarde demais

Publicado 08.11.2023, 10:00
Atualizado 28.11.2023, 14:48

Uma mola comprimida! Hoje, tal como a última sexta-feira, foi mais um daqueles pregões que mostram o quanto a bolsa brasileira, em especial as small caps, estão como uma mola comprimida.

BLACK FRIDAY Antecipada: Tenha mais desconto no plano bianual com cupom “investirmelhor”

Nestes casos, quando investir em ações está muito “fora de moda” e por isso vemos ações negociando a múltiplos baixíssimos em comparação ao histórico, pequenas notícias boas são suficientes para provocar altas expressivas.

As small caps e empresas do varejo são as que mais refletem este quadro clássico de bolsa excessivamente descontada.

Magazine Luiza (BVMF:MGLU3), por exemplo, subiu 24% hoje, sem que nenhuma notícia especificamente dela tenha saído.

Fonte: Google
Fonte: Google (NASDAQ:GOOGL)

Sequoia (BVMF:SEQL3) subiu 17% hoje.

Estas empresas carregam um risco muito alto na minha opinião, seja de concorrência, seja pelas margens baixas ou pela alavancagem.

Por estes motivos, suas ações caem 96% no caso da SEQL3 e 86% no caso de MGLU3 em 2 anos.

Mas... você não precisa se expor em ações alavancadas ou com risco excessivamente alto para se beneficiar dos momentos de alta no mercado.

Ações com alavancagem baixa, margens altas e – no meu entendimento – um risco menor por isso, também tem altas expressivas.

Hoje vimos, por exemplo, Banco Inter (BVMF:BIDI4) (BVMF:INBR32), que acabou de divulgar um 3T23 com resultados recordes, subir 6,19%, após subir 114% no ano!

Ou Lojas Renner (BVMF:LREN3), que sempre foi a varejista de moda com os melhores resultados historicamente no Brasil , nos últimos 10 anos, e que tem um balanço super saudável, subir 4,5%.

A LREN3 apesar da qualidade dos resultados históricos, cai 55% em 2 anos.

Meu ponto é:

As ações mais arriscadas subindo em níveis tão expressivos carregam uma forte mensagem, a meu ver.

A bolsa pode ter chegado em um ponto de inversão

Leia com atenção estes três pontos:

1) O que me parece este momento atual, é que até empresas mais arriscadas parecem baratas demais para alguns investidores ignorarem.

2) Daí, quando estes investidores voltam às compras, vemos estas altas exuberantes.

3) Se você esperar os riscos do mundo e do Brasil acabarem para se posicionar, uma coisa eu posso garantir: Você estará PAGANDO MUITO MAIS CARO. E COM ISSO SEU POTENCIAL DE ALTA SERÁ LIMITADO E MUITO MENOR DO QUE SE COMPRAR QUANDO AINDA ESTA BARATO.

Meu convite hoje é que você reflita sobre “os sinais de mercado dos últimos dias” e olhe com carinho para estes ativos com potencial de alta mais relevante.

Ainda dá tempo de se posicionar.

Fechamento e resultados de Cambuci, Itaú e Tegma

As bolsas de NY subiram. S&P 500 +0,28% e Nasdaq +0,90%

O dólar caiu 0,26%, a R$ 4,8750

O Ibovespa subiu 0,7%, mesmo com as quedas de Vale (BVMF:VALE3) a -1,98% e Petrobras (BVMF:PETR4) a -2,2%.

A Ata do Copom sinalizou mais 2 cortes nos juros de 0,50 ponto percentual na Selic, ajudando nossas ações de varejo e Small Caps, como mencionei acima.

Com isso, as Small caps subiram 2,3% e já acumulam alta de 6,7% no mês (Índice Small Cap)

O Itaú (BVMF:ITUB4), um dos maiores bancos do Brasil, divulgou um bom resultado com ROE (Retorno sobre o Patrimonio Liquido) de excelentes 21% e lucro crescendo 12%.

O mais importante é que o banco vê sinais melhores na inadimplência do país.

O ITUB4 subiu 2,8% com o mercado gostando do que viu.

De um lado um gigante, de outro uma pequenina:

Cambuci (BVMF:CAMB3) quase caixa líquido!

Veio um bom resultado, mas tal como Inter ontem, que caiu após divulgar um lucro recorde, a ação de CAMB3 aproveitou o resultado para realizar lucros e caiu 3,8% hoje.

Tudo bem, ondem o pessoal se assustou com o Inter caindo mais de 6% mesmo diante de um excelente resultado, mas hoje INBR32 já se destacou dentre as maiores altas da bolsa subindo 6%.

No mercado, nunca podemos nos deixar levar pela emoção e oscilações abruptas, mas sempre se guiar pelos resultado das empresas!

Voltando para Cambuci, a receita dela caiu um pouco é verdade, mas a base de comparação era muito alta (em 2022, tinha sido o melhor terceiro trimestre da história dela ...)

As margens brutas seguem subindo e o lucro também, com a empresa desalavancando o balanço e pagando dividas.

O índice de dívida líquida/EBITDA da Cambuci no 3T23 é de 0,22x, ou seja , a empresa está praticamente apenas mantendo as dívidas que tem taxa de juros subsidiada e que por isso nem vale a pena pagar ...

CAMB3 tem P/L anualizado de 4,7 vezes com o lucro do 3T23.

Fonte: Cambuci CAMB3
Fonte: Cambuci CAMB3

Tegma (BVMF:TGMA3) – Forte geração e posição de caixa

A Tegma mostrou um resultado estável, com pequena alta de receita (3% frente ao 3T22) com volume de veículos transportados 2% maior.

A Tegma teve uma pequena queda em margem Ebitda (-2.6 p.p frente ao 3T22) para 18.6% no último trimestre, algo que vou ficar de olho.

O lucro líquido, no entanto, cresceu 5% no 3T23 frente ao 3T22, para R$56 milhões destacando a posição de caixa líquido da empresa, que em setembro de 2023 foi de R$ 163 milhões.

A Tegma negocia com um P/L anualizado de 7,7 vezes e gerou fluxo de caixa livre de R$ 50 milhões no 3T23.

Fonte: Tegma TGMA3
Fonte: Tegma TGMA3

33% de pagamento aos acionistas em Méliuz (BVMF:CASH3)

Outra notícia a destacar hoje está abaixo.

O valor de R$210 milhões a restituir para os acionistas, conforme grifado abaixo, representa 33% do valor de mercado da empresa , cuja ação subiu 4,35 hoje.

Fonte: Méliuz CASH3
Fonte: Méliuz CASH3

Por fim, volto a repetir , leia com atenção:

Meu convite hoje é que você reflita sobre “os sinais de mercado dos últimos dias” e olhe com carinho para estes ativos com potencial de alta mais relevante.

AINDA DÁ TEMPO DE SE POSICIONAR.

Últimos comentários

Quanta besteira … compra acoes ai… kkkkk
Quem avisa amigo é. Ta avisado. vamos as compras.
Otimo texto, excelente pesquisa!
Este texto demonstra extrema falta de conhecimento sobre a realidade e sobre economia. Tem algum economista de verdade por ai?
Bom texto!
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.