Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira

Economia02.12.2020 09:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters

Por Geoffrey Smith

Investing.com - Joe Biden sinaliza que não irá retirar as tarifas de Trump da China. Salesforce (NYSE:CRM) (SA:SSFO34) compra o Slack (NYSE:WORK) por US$ 27,7 bilhões. Ações devem ter uma pausa no rali de alta, enquanto o Reino Unido se torna o primeiro país ocidental a aprovar uma vacina contra a Covid-19. Os EUA divulgam o relatório de folha de pagamento privada ADP para novembro. E o petróleo oscila enquanto a Opep briga, após outro aumento nos estoques dos EUA.

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros na quarta-feira, 2 de dezembro.

1. Biden manterá as tarifas de Trump na China por enquanto

O presidente eleito Joe Biden disse que não removerá imediatamente as tarifas sobre as importações chinesas quando assumir o poder em janeiro, sinalizando que as relações comerciais entre as duas maiores economias do mundo provavelmente permanecerão hostis mesmo depois que Donald Trump deixar a Casa Branca.

“Não vou fazer nenhuma mudança imediata, e o mesmo se aplica às tarifas. Não vou prejudicar minhas opções ”, disse Biden ao New York Times em uma entrevista.

Biden disse que seguiria políticas voltadas para as "práticas abusivas" da China, como "roubo de propriedade intelectual, dumping de produtos, subsídios ilegais a corporações" e a "transferências de tecnologia" de empresas americanas para concorrentes chinesas.

Em outra parte da entrevista, Biden repetiu sua disposição de voltar ao Plano de Ação Conjunto Global com o Irã, apoiado pela ONU, caso consiga comprovar que o acordo está sendo cumprido.

2. Salesforce compra Slack

A Salesforce concordou em comprar o Slack por US$ 27,7 bilhões no segundo negócio de M&A de 11 dígitos da semana, na sequência da movimentação de US$ 44 bilhões da S&P Global pela IHSMarkit.

O negócio fortalecerá a presença da Salesforce no mercado de software corporativo e visa fornecer uma concorrência mais acirrada para a Microsoft (NASDAQ:MSFT) (SA:MSFT34), cujo aplicativo Teams afetou o crescimento das vendas do Slack.

O negócio - o maior de todos os tempos da Salesforce - também dá aos acionistas da Slack um dinheiro em um nível que parecia improvável na maior parte dos últimos 18 meses.

3. Alta global das ações esfria, mas metais seguem

A recuperação das ações globais desacelerou durante a noite, depois de um início turbulento em dezembro devido a notícias mais encorajadoras no campo das vacinas. Pela manhã, na Europa, no entanto, mesmo a notícia de que o Reino Unido havia aprovado o uso de emergência da vacina da Pfizer (NYSE:PFE) (SA:PFIZ34) e BioNTech (NASDAQ:BNTX) contra a Covid-19 não foi suficiente para sustentar a mudança, e o índice Stoxx 600 caía 0,3%.

As ações dos EUA também devem abrir em baixa, depois que o S&P 500 e o Nasdaq Composite fecharam em novos recordes na segunda-feira. Por volta das 9h04, o contrato Dow 30 futuros caía 0,37%, enquanto S&P 500 futuros e NASDAQ Futuros recuavam 0,18% e 0,16%, respectivamente.

ABERTURA: Exterior pausa rali à espera de vacinas; Ibovespa Futuros abre em baixa

A história é diferente nos mercados de moedas e metais, no entanto, onde a fraqueza do dólar continua a sustentar metais preciosos e industriais. O Cobre atingiu máxima de sete anos esta semana, enquanto os futuros de alumínio atingiram o maior pico em mais de dois anos durante a noite. O índice do dólar, enquanto isso, caiu para uma nova mínima de 30 meses.

VEJA TAMBÉM: Espírito das reformas continua, mas crise exigiu pausa na agenda, diz economista

4. Reinício das conversas de estímulo; ADP no radar

A fraqueza do dólar foi impulsionada em parte pelas expectativas de um maior afrouxamento da política monetária e uma política fiscal expansiva, assim que a expansionista Janet Yellen colocar as mãos nas alavancas do poder. Yellen alertou sobre a "devastação" da economia se nada mais for feito agora, em um momento em que o sistema hospitalar dos EUA está cada vez lotdo com o aumento de casos de Covid-19.

Nesse cenário, as negociações sobre um pacote de estímulo fiscal foram retomadas pela primeira vez desde a eleição, mas logo encontraram oposição do líder do Senado, Mitch McConnell.

O secretário do Tesouro, Mnuchin, e o presidente do Federal Reserve Jerome Powell continuam seu testemunho no Congresso mais tarde, mas é improvável que acrescentem muito aos comentários de terça-feira. De mais interesse será o relatório da folha de pagamento privada da ADP de novembro, previsto para às 10h15, no qual é esperado um aumento de 410.000 nas vagas de empregos a partir de outubro.

5. Petróleo oscila com brigas da OPEP, estoques dos EUA sobem

Os preços do petróleo bruto recuaram em meio a dúvidas sobre a política de produção da OPEP e sob a pressão de um terceiro aumento semanal consecutivo nos estoques brutos.

Os dados do American Petroleum Institute mostraram que os estoques de petróleo bruto aumentaram em mais de 4 milhões de barris na semana passada, muito mais do que o esperado. Embora o padrão de consumo semanal seja difícil de ler por causa das distorções do feriado de Ação de Graças, os números parecem apoiar a noção de que a demanda dos EUA está enfraquecendo à medida que as restrições aos negócios e reuniões sociais se tornam mais rígidas nos EUA.

SAIBA MAIS: Petrobras (SA:PETR4) detalha plano estratégico no Investor Day; veja o que dizem os analistas

Os dados de estoques do governo devem ser entregues às 12h30, horário de Brasília, enquanto a OPEP segue no terceiro dia de negociações sobre se deve ou não aumentar a produção em janeiro.

O Petróleo Brent Futuros caía 0,17%, a US$ 47,34, enquanto o Petróleo WTI Futuros cedia 0,47%, a US$ 44,34.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (9)
Ricardo P Silveira
Ricardo P Silveira 02.12.2020 11:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Segundo a "mídia", a DOR dos negacionistas do Bolsolóide será maior no dia 14/12 ; )
Leonardo Ferreira
Leonardo Ferreira 02.12.2020 11:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Josias, repita comigo todo dia de manhã..
Henri Carpenter
Henri Carpenter 02.12.2020 11:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sim. Biden não irá retirar as tarifas porque #BidenNãoFoiEleito
Flavio Bsc
Flavio Bsc 02.12.2020 11:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkk chora bebe kkkk
Flavio Bsc
Flavio Bsc 02.12.2020 11:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ano que vem o nao eleito ira taxar uns produtinhos brasileiros por causa da amazonia
Claudio Mauro Rocha Rezende
Claudio Mauro Rocha Rezende 02.12.2020 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Estoque agora Petr3 e Petr4, pra não perder preço barato!.
Rodrigo urzedo Andrade
Rodrigo urzedo Andrade 02.12.2020 10:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Free Fire
Mn nov
Mn nov 02.12.2020 10:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
mimimi dos suditos do rei da rachadinha.
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 02.12.2020 10:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
como pode desinformar tanto, o bide foi eleito pela mídia
Carlos Alberto da Silva
Carlos Alberto da Silva 02.12.2020 10:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sai da bolha, cowboy! O mundo está evoluindo; sobe no bonde!
Tiago Gonçalves
Tiago Gonçalves 02.12.2020 10:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
birden tá mais para assumir a prefeitura de canhotinho em Pernambuco
Rafael Rodrigues
Rafael Rodrigues 02.12.2020 10:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"presidente eleito pela mídia"
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail