Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira

Publicado 23.02.2024, 05:22
Atualizado 23.02.2024, 08:04
© Reuters

Por Scott Kanowsky e Jessica Bahia Melo

Investing.com – As ações da Nvidia disparam após os bons resultados apresentados na quarta-feira, 21, ajudando a aumentar a euforia do mercado com as aplicações da inteligência artificial (IA). A alta levou o S&P 500 e o Dow a bater novos recordes de fechamento, embora os futuros, nesta sexta-feira, antes da abertura das bolsas em Nova York, apontem negociações mais moderadas.

Ainda em Wall Street, o Reddit torna público seu registro para uma oferta inicial de ações (IPO). Já no Brasil, o destaque fica para o balanço da mineradora Vale.

CONFIRA: Calendário Econômico do Investing.com

1. Nvidia ganha US$ 277 bilhões em valor de mercado

A Nvidia (NASDAQ:NVDA), líder no desenvolvimento de chips de IA, registrou um aumento histórico de US$ 277 bilhões em sua capitalização de mercado na última quinta-feira.

As ações da empresa californiana dispararam 16,4%, fechando a sessão em um novo recorde de US$ 785,38 e elevando seu valor de mercado para quase US$ 2 trilhões. O ganho de um dia nas ações da Nvidia superou a capitalização de mercado total da rival Advanced Micro Devices (NASDAQ:AMD) e ultrapassou o aumento de US$ 196 bilhões registrado pela Meta Platforms (NASDAQ:META), controladora do Facebook, no início do mês.

Cerca de US$ 65 bilhões em ações da Nvidia foram negociados, representando aproximadamente um quinto de todas as negociações de ações do S&P 500, segundo a Reuters. A euforia foi alimentada por um aumento de 265% nas receitas do quarto trimestre da Nvidia e pelos comentários do CEO Jensen Huang, que destacou que a demanda por IA está "crescendo globalmente em empresas, setores e nações".

Os futuros das ações dos EUA estavam perto da estabilidade na sexta-feira, indicando uma pausa na recuperação desencadeada pelos excelentes resultados da Nvidia. Às 8h de Brasília, os contratos Dow futuros e S&P 500 futuros estavam praticamente inalterados, enquanto Nasdaq 100 futuros caía 0,19%.

Os principais índices de Wall Street, bem como os da Ásia e da Europa, avançaram na quinta-feira após a Nvidia divulgar um grande aumento na receita e uma perspectiva otimista para a demanda de chips de IA. Em Nova York, o blue-chip Dow Jones Industrial Average subiu 1,2% e o índice de referência S&P 500 subiu 2,1%, ambos terminando em máximas recordes de fechamento. Enquanto isso, o setor de tecnologia pesada Nasdaq Composto subiu 3,0% - seu maior salto em uma única sessão em um ano e ligeiramente abaixo do nível de fechamento mais alto de todos os tempos.

SAIBA MAIS: Nvidia (NVDA): balanço e projeções acima do esperado afastam temor de bolha em IA

2. Reddit se prepara para IPO

O Reddit, ao apresentar seus documentos de IPO à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), na última quinta-feira, revelou uma redução contínua de seu prejuízo, antecipando sua estreia na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse) ainda este ano.

Fundada em 2005 com a visão de se tornar "a página inicial da Internet", a empresa planeja ser listada na Nyse sob o símbolo "RDDT". Segundo relatórios recentes da mídia, o Reddit pretende lançar sua IPO em março.

No processo, o Reddit indicou que uma "quantidade significativa" de ações seria vendida a investidores de varejo e usuários da plataforma, embora tenha alertado que isso poderia resultar em "maior volatilidade" de seu preço de mercado. Normalmente, as IPOs são adquiridas principalmente por investidores institucionais.

Para o ano encerrado em 31 de dezembro de 2023, a empresa de mídia social relatou um prejuízo de US$ 1,54 por ação, uma melhora em relação ao prejuízo de US$ 2,77 por ação um ano antes. A receita, que é impulsionada principalmente pelas vendas de publicidade, aumentou para US$ 804 milhões, em comparação com US$ 666 milhões um ano antes.

ENTREVISTA: Com boom da IA, veja os planos da Nvidia no Brasil e na América Latina

3. Standard Chartered (LON:STAN) vê aumento de 22% na receita anual, mas rebaixa perspectiva para 2024

O Standard Chartered (HK:2888) (LON:STAN_p), um dos principais bancos com foco na Ásia, registrou um forte lucro em 2023, impulsionado por taxas de juros mais altas e anunciou uma recompra de ações de US$ 1 bilhão. No entanto, o banco rebaixou sua perspectiva de receita para 2024 e previu um crescimento moderado em sua receita líquida de juros, citando riscos econômicos de inflação contínua e potencial instabilidade geopolítica.

O lucro subjacente do Standard Chartered antes dos impostos para o ano até 31 de dezembro aumentou 22%, para US$ 5,68 bilhões, de acordo com um comunicado à Bolsa de Valores de Hong Kong. Sua receita líquida de juros básica viu um aumento de 20%, atingindo US$ 9,56 bilhões no ano.

4. Preços do petróleo operam em baixa

Os preços do petróleo caíam antes da abertura das bolsas no Brasil e em Nova York nesta sexta, com expectativas de fechar a semana em baixa, à medida que as preocupações com a demanda lenta ofuscaram as apostas em ofertas mais restritas, devido a interrupções no Oriente Médio.

Uma série de indicadores econômicos fracos em todo o mundo intensificou as preocupações com a desaceleração da demanda, especialmente após dados divulgados na semana passada mostrarem que o Reino Unido e o Japão entraram em recessão no quarto trimestre.

As expectativas de taxas de juros mais altas por um período mais longo nos EUA também pesaram sobre as perspectivas de demanda no maior consumidor de petróleo do mundo, à medida que vários sinais do Federal Reserve indicaram que o banco central não tem pressa em começar a reduzir as taxas de juros.

Os contratos futuros do petróleo bruto Brent com vencimento em abril caíram 1,21%, para US$ 82,66 por barril, enquanto os contratos futuros do petróleo bruto West Texas Intermediate caíram 1,36%, para US$ 77,54 por barril.

5. Lucro da mineradora Vale recua no quarto trimestre

A Vale (BVMF:VALE3) reportou, na noite de ontem, um lucro líquido de US$ 2,418 bilhões no quatro trimestre de 2023. O número representa uma diminuição de 35% em relação ao mesmo período de 2022 e de 14,7% em relação aos três meses imediatamente anteriores. Considerando todo o ano de 2023, a companhia totalizou um lucro de US$ 7,983 bilhões, retração de 52,2%.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou US$6,334 bilhões entre outubro e dezembro, 37% superior na base anual e 51,6% na trimestral. No acumulado do ano, o indicador totalizou US$ 17,961 bilhões, queda de 9,1%.

A receita líquida de vendas atingiu um patamar de US$ 13,054 bilhões, acréscimo de 9,3% na comparação com outubro a dezembro do ano anterior e alta trimestral de 22,8%. As receitas foram de US$ 41,784 bilhões em 2023, uma diminuição de 4,6% em relação a 2022.

O Conselho de Administração da Vale aprovou a distribuição de dividendos no valor total bruto de R$ 2,738617408 por ação, referentes ao balanço trimestral, com data de corte em 11 de março e pagamento em 19 de março.

“Em nossos compromissos, 2023 foi um ano de progresso substancial nas reparações de Brumadinho e Mariana. Por fim, continuamos focados em uma alocação de capital disciplinada, retornando valor aos nossos acionistas de forma consistente, conforme evidenciado pelo nosso recente anúncio de dividendos”, destacou a Vale.

Às 8h (de Brasília), o ETF (NYSE:EWZ) subiam 0,03%.

Os ADRs da Vale (NYSE:VALE) ganhavam 0,52%.

Dados da Nvidia, Vale, e outras empresas em destaque podem ser conferidos no InvestingPRO para comparação com seus pares. Assim, o investidor avalia se vale ou não investir nos papéis. Para um desconto especial, use o cupom INVESTIR para as assinaturas anuais e de 2 anos do Pro e Pro+

Últimos comentários

È interessante observar a queda no valor do petróleo. Com os  conflitos no Oriente Médio, o valor deveria aumentar. Será que a demanda está tão baixa que resultou em um decrèscimo?  E se for assim, acredito que o valor deveria estar a baixo de 60,00. Consequencia da China e do início da mudança da matriz energética? O ponto é,quão oportuno é um conflito na região para manuteção desta comodity! Nada é por acaso!
Quem não deve, faz questão de falar e contar a verdade. Quem é ladrão, prefere se calar para não afundar ainda mais na lama de roubalheira e golpismo.
Aplicações indexadas ao Índice S&P 500 terão uma rentabilidade positiva bastante expressiva...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.