Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta terça-feira

Publicado 20.02.2024, 08:10
Atualizado 20.02.2024, 08:10
© Reuters

Por Scott Kanowsky e Jessica Bahia Melo

Investing.com – Os futuros das ações dos EUA apresentavam baixa nesta terça-feira, 20, antes da abertura das bolsas em Nova York, apontando para uma abertura negativa dos mercados na volta do feriado prolongado. Os resultados corporativos em Wall Street estarão no centro das atenções, com destaque para as varejistas Walmart e Home Depot . Além disso, a Capital One e a Discover Financial concordaram com uma fusão no valor de mais de US$ 35 bilhões, o que criaria uma gigante dos cartões de crédito nos EUA.

No Brasil, o destaque fica para o balanço do Carrefour (BVMF:CRFB3), enquanto a Americanas (BVMF:AMER3) adia a divulgação de dados financeiros.

Melhore seus investimentos com nossas inovadoras escolhas de ações InvestingPro+ baseadas em IA.

1. Tensão nos mercados antes de balanços de Walmart e Home Depot

Os investidores mostraram cautela na terça-feira, levando os futuros das ações dos EUA a operarem em queda, à espera dos resultados trimestrais de empresas de peso como Walmart e Home Depot.

Por volta das 7h55 (horário de Brasília), o Dow futuros recuava 0,19%, o S&P 500 futuros cedia 0,39%, e o Nasdaq 100 futuros perdia 0,63%.

Os mercados de Nova York não abriram na segunda-feira, devido ao feriado do Dia do Presidente. Na sexta-feira, os índices acionários encerraram em baixa, afetados pela alta dos juros dos títulos do Tesouro americano, após a divulgação de um índice de inflação ao produtor acima do esperado, que reduziu as chances de um corte de juros pelo Federal Reserve.

Os dirigentes do Fed também adotaram um tom prudente na sexta-feira, com destaque para Mary Daly, de São Francisco, que afirmou que ainda há "mais trabalho a fazer" para que a inflação alcance a meta de 2% do banco central dos EUA.

O gigante do varejo Walmart (NYSE:WMT) deve apresentar seus números do quarto trimestre antes da abertura do pregão na terça-feira. A empresa, conhecida por seus preços baixos, costuma ser vista como um termômetro dos gastos dos consumidores dos EUA, que estão diretamente relacionados às expectativas de inflação.

Apesar da queda dos gastos dos consumidores nos últimos meses, em meio à pressão inflacionária e aos juros elevados, o Walmart tem mantido um crescimento consistente dos lucros nos últimos trimestres.

Outra empresa que deve divulgar seus resultados do quarto trimestre é a Home Depot (NYSE:HD), que faz parte do mesmo segmento do Walmart. No trimestre anterior, a rede de materiais de construção cortou sua projeção de vendas para o ano todo, refletindo uma postura conservadora diante de indícios de que os clientes, afetados pela inflação, estavam gastando menos com itens de alto valor. Mas a empresa ressaltou que suas orientações pós-pandemia estavam se normalizando.

No fim da semana, a atenção se voltará para a fabricante de semicondutores Nvidia (NASDAQ:NVDA), que pode dar pistas sobre o futuro de um recente aumento na demanda por inteligência artificial.

ACOMPANHE: Cotação das ações dos EUA na pré-abertura em Wall Street

2. Capital One e Discover Financial anunciam fusão de US$ 35,3 bilhões

As empresas de crédito ao consumidor Capital One e Discover Financial anunciaram na terça-feira que chegaram a um acordo de fusão, em uma operação com todas as ações avaliada em US$ 35,3 bilhões.

A combinação criaria o sexto maior banco dos EUA em termos de ativos e o maior grupo de cartões de crédito do país, capaz de competir com gigantes como Citigroup e JPMorgan Chase (NYSE:JPM). O ponto-chave do negócio seria a integração da ampla rede de pagamentos da Discover e do renomado segmento de cartões de crédito da Capital One.

No entanto, a fusão deve enfrentar uma rigorosa análise dos órgãos reguladores dos EUA, que vão querer garantir que ela traga benefícios para os clientes. Em nota, as empresas disseram que a fusão geraria "escala e investimento", além de "valor significativo" para os consumidores.

Segundo os termos do acordo, a Capital One, que conta com o apoio da Berkshire Hathaway (NYSE:BRKa), avaliaria a Discover em cerca de US$ 140 por ação, um ágio de 27% em relação ao seu preço de fechamento na sexta-feira. Os acionistas da Discover receberiam 1,0192 ação da Capital One para cada ação da Discover.

Confira: Calendário Econômico do Investing.com

3. China corta juros de hipotecas para estimular mercado imobiliário

O Banco Popular da China (PBOC), o banco central do país, reduziu nesta terça-feira a taxa de juros de referência para empréstimos hipotecários de longo prazo, em uma medida surpreendente para aliviar as condições monetárias e apoiar o setor imobiliário, que enfrenta dificuldades diante da desaceleração econômica.

A taxa de empréstimos hipotecários (LPR) de cinco anos, que serve de base para as taxas de hipoteca, caiu de 4,20% para 3,95%, uma redução maior do que a esperada pelos analistas, que previam um corte de 10 pontos-base, para 4,10%. A LPR de um ano ficou inalterada em 3,45%.

A decisão do PBOC contrariou as expectativas do mercado, que não esperava uma mudança na política monetária depois que o banco central manteve estáveis as taxas de empréstimo de médio prazo no fim de semana. No entanto, a deterioração contínua dos indicadores econômicos na China, bem como a queda persistente no mercado imobiliário, aumentaram a pressão por mais estímulos monetários no país.

ENTREVISTA: Lívio Ribeiro: China estaria enxugando gelo com políticas mal desenhadas

4. Petróleo recua com demanda fraca e tensões geopolíticas

Os preços do petróleo operam em baixa nesta terça-feira, após uma abertura moderada na Europa, refletindo as incertezas sobre a demanda global e os riscos de interrupção no fornecimento devido às crises geopolíticas na Rússia e no Oriente Médio.

A falta de dados econômicos relevantes também contribui para a baixa volatilidade dos preços. Às 7h55, o Brent para abril caía 0,63%, a US$ 83,03 o barril, enquanto o WTI para março recuava 0,82%, a US$ 77,82 o barril. Ambos os contratos estão próximos dos maiores níveis em três semanas.

A forte recuperação dos preços do petróleo nas últimas duas semanas parece ter perdido força nas últimas sessões, diante do crescente pessimismo sobre as perspectivas da demanda.

Os dados de inflação dos EUA acima do esperado aumentaram as expectativas de um aperto monetário antecipado pelo Fed, enquanto a Agência Internacional de Energia (AIE) reduziu sua projeção para o consumo mundial de petróleo em 2024. As contrações econômicas no quarto trimestre no Reino Unido e no Japão também pesaram sobre as expectativas de demanda.

LEIA MAIS: Petróleo: Principal driver de preço deste ano é demanda, segundo este especialista

5. Carrefour Brasil reporta prejuízo trimestral

O Carrefour reportou nesta segunda-feira um prejuízo líquido de R$565 milhões no quarto trimestre do ano passado, com dados afetados por custos de fechamentos de lojas físicas. Entre dezembro e o início deste ano, foram fechadas mais de cem lojas com baixa performance. No mesmo período do ano anterior, a empresa havia conquistado um lucro líquido de R$426 milhões.

As vendas líquidas somaram R$28,1 bilhões, queda de 0,3% na comparação com igual intervalo em 2022. Enquanto isso, o Ebitda ajustado totalizou R$1,88 bilhão, diminuição de 5% na mesma comparação.

Já a varejista Americanas, que também divulgaria balanço na segunda, anunciou o adiamento da publicação de seus dados financeiros para 26 de fevereiro.

Às 7h55 (de Brasília), o ETF (NYSE:EWZ) subia 0,72% no pré-mercado.

Últimos comentários

Quem tem um tiquinho de amor próprio fica bem longe de bolsas de valores!!
Volta imbroxavel!
Trocar um traste por outro, de novo?? Pense em progresso, não regressão
Rafael você está doido para mamar na broxa do ex presidente!!
vamos aos fatos= genocídio de índios brasileiros; genocídio de negros pelos mundo; genocídio perpetrado pela política do outro psicopata ( retratado como herói pelas elites que comandam os meios de comunicação de massa) Churchill contra os indianos ( esse matou 20x MAIS!) e tantos outros pelo mundo, mas eram povos SEM voz , e só Israel se acha no direito de se atribuir essa condição? A História das guerras é contada pelos vencedores, lembre-se disso, e não pelas vítimas. A conveniência da ocasião que dita o tom e a imprensa faz seu papel, que é apenas reverberar uma mensagem pronta.
Agora conta porque Vc e Lula estão passando pano pra Putin e Maduro.
Agora conta porque Vc e Lula estão passando pano pra Putin e Maduro.
Não é verdade!! A história é contada por todos os quem tem o que contar!!
comentário meu caiu na moderação. Hj foi um recorde. Parabéns ao censor daqui.😏
Genocídio= índios brasileiros. Genocídio= negros em toda parte do mundo; genocídio= indianos pela política brutal do outro psicopata, esse da Inglaterra ( Churchill), pois sitar uma série de Holocaustos mundo afora. Achar que só os judeus sofreram é passar uma borracha naqueles povos que não tiveram voz porque não eram eles que dominam o sistema de poder ( a elite judaica sim). Sem maiores divagações.
Celso, vc se mostra tão ignorante quanto o gado do miliciano. Netanyahu comente um genocidio em Gaza, isso é fato. Assim como é fato e você omite que o Hamas praticou um ato de terrorismo contra Israel. O que não é fato e você tenta deturpar, é comparar o genocidio de Gaza com o que aconteceu em 1939, algo deliberado contra um povo e que não seria interrompido se um lider (do Hamas) se entregasse e entregasse os reféns.
Vai estudar, Gaza já sofre perdas e Apartheid social e econômico há muito tempo. Vc é o conhecido isentão de araque. Há décadas ocorre apropriação de terras palestinas através de muita violência e condescendência da comunidade internacional. Só quando esse tal de Hamas resolve retaliar ( vai comprar uma milícia armada com um exército todo equipado?), vc vem arrotar essas bobagens aqui? Poupe minha inteligência.
comparar
Tudo verdade Celso. Exatamente por isso os 2 lados estão errados. Inclusive o Hamas atacou sabendo que ia perder pra fazer os árabes se virarem contra os judeus, sabendo também que Israel ia atacar a Palestina e provocar a morte de muitos civis.
O país mais sanguinário, que se alimenta do lobby de sua indústria armamentista e sempre fizeram parte de sua política externa ( invadir, roubar riquezas, depor ou matar políticos legitimamente eleitos) foi o ÚNICO a vetar um cessar-fogo em Gaza. Os EUA são uma vergonha para esse planeta, para a humanidade. Só interesses escusos à favor do seu lobby armamentista.
Terceira vez que vetam um cessar-fogo em prol da vida.
Israel está bombardeando Gaza agora. Vlad de Israel está todo ouriçado hj...😏 Aposto que ele tem um caderno onde ele anota quantas pessoas ele VAI MATAR por dia. Ele não pode ser responsabilizado pelo Judiciário do próprio país, afinal o poder está nas suas mãos após ele retirar parte da competência da Suprema Corte de lá 🤔😵‍💫😵‍💫🤣🤣🤣🤣🤣 Aja psicopatia nesse mundo.
Auschwitz contemporânea= faixa de Gaza, onde milhares de inocentes palestinos estão a décadas sofrimento um Apartheid. Mas o importante é os meios de comunicação apoiar o estado genocida e opressor, pois o dinheiro que financia os meios de comunicação vem das elites judaicas. Continuo no aguardo da aplicação do princípio da reciprocidade pelo governo brasileiro contra o psicopata Netanyahu, mais conhecido como o Vlad Empalador do século 21, a diferença é só a execução da matança, hj se dá via bombas em casas e hospitais. Um monstro cínico.
sofrendo
há décadas
Persona non grata
E pra fechar, vamos ao óbvio: A ONU é uma instituição falida e fracassada, cujos poderes ainda são determinados pelos EUA, que, por sua vez, são dirigidos pela elite judaica, que comanda Wall Street e TB os principais meios de comunicação. Aqui não tem como eu aprofundar tais verdades por limitação de espaço e moderação sempre ativa (😏).
Eu TB quero ser declarado ser declarado uma pessoa não bem-vinda em um país GENOCIDA. Seria um grande alívio não pisar na terra do Vlad contemporâneo, mais conhecido como aquele que tem fetiche por explodir bombas em crianças, mulheres e idosos indefesos por ter uma sanha de poder e visibilidade, tanto que esse Vlad retirou poderes do Judiciário do seu país e passou para suas mãos SANGRENTAS. Tudo isso com a omissão eloquente dos meios de comunicação ( como dito: grande parte é financiado pelas elites judaicas, isto é, controlam o poder de trazer a narrativa distorcida da realidade das coisas, da forma que quiserem. Jornalista só reproduz a mensagem, afinal precisa do seu emprego).
Características de Israel: 20% do PIB brasileiro; 5% da população brasileira; matou milhares de civis palestinos em todas essas décadas, além de ter se apropriado de terras palestinas divididas por Resolução aprovada pela ONU em décadas atrás ( isto é, descumpriu intencionalmente normas internacionais), e agora resolveu que só ele passou por genocídio, e que autoriza por essa razão a tb cometê-lo. São os donos dos meios de comunicação (em sua grande maioria). Quando eu lembrar mais, eu posto. 🤔
Pior de tudo na fala de Lula, é ver ele passando pano nas ditaduras brancas de Putin e Maduro.
Apartheid social e econômico + invasão de terras da Palestina + abuso de poder e arbitrariedades de militares israelenses que há DÉCADAS assassinam ( sim, este é o verbo correto para aquele que puxaram o gatilho de um fuzil e mataram durante esse período pessoas inocentes que reivindicam seu direito de viver, matando crianças, mulheres e idosos nas ruas) e agora o pretexto de guerra contra uma milícia armada ( Hamas) para levar a efeito o que já faziam em escalas menores ( matança militar de pessoas em Gaza)= genocídio. Essa é a diferença entre o crime de genocídio e o homicídio propriamente dito ( não há a subjetividade : matar por questões de etnias, raça etc). GENOCÍDIO é crime contra a Humanidade, previsto Convenções Internacionais. É abjeto, vil. E tudo sob o silêncio eloquente dos meios de comunicação em massa, pois os judeus financiam muitos deles. Essa é a História, não o que a televisão tenta mascarar para as massas de ignorantes telespectadores. Israel é párea internacional
No aguardo do Brasil aplicar o Direito Internacional Público e aplicar ao Vlad de Israel ( Netanyahu) a mesma sanção política: persona non grata, aqui no Brasil. A que Lula tomou lá não passa de um elogio a ele e a qualquer pessoa que tenha o mínimo de princípios morais e não endosse essa matança desenfreada de Israel. Favor publicar este comentário.
Israel é um país nanico, com 20% do PIB brasileiro e menos de 5% de nossa população. Sim, vc está certo. Às relações comerciais entre os 2 países não representa 1%. 💩💩💩💩 Além disso, há uma coisa chamada reciprocidade ( princípio de Direito Internacional Público que todos os países adotam: o que for lá aplicado, deve o Brasil aqui aplicar tb). Agora que te instruí um pouco, que tal vc ir à luta e estudar por si mesmo? rs
Sim, e tem muitas nações amigas, e retaliar além de provocar problemas políticos internos, como já está provocando. Fora TUDO isso, vc que é MUITO estudado deve saber que é contra a diplomacia brasileira, de não se envolver em brigas alheias
e nem vou falar que estamos atolados de problemas pra resolver aqui dentro, vou olhar guerra Hamas/Israel pra que??? Só se for pra desviar a atenção do GADO.
Pelo princípio da reciprocidade, deve o governo brasileiro aplicar a mesma medida que o governo GENOCIDA de Israel aplicou a Lula por falar a VERDADE: pessoa não grata para Netanyahu. No aguardo dessa medida necessária. O resto é manipulação dos meios de comunicação. Até porque, na História da humanidade, o povo judeu não foi o único e tampouco será o povo que sofreu ato de genocídio ( a política genocida de Churchill matou muito mais indianos que os judeus na 2 Guerra Mundial). Lula falou a verdade incômoda, o resto é hipocrisia.
Cansei de lutar contra a moderação, não publicaram muitos textos meus trazendo luz aos ignorantes sobre o papel que a mídia faz em trazer informações distorcidas dos fatos. Mundo sombrio, rs. 💩
A diferença entre Vlad histórico e Vlad atual ( o de Israel) é que este não precisa de estacas para dizimar um povo de etnia diferente: basta lançar bombas CEGAS em área populosa, falar que lá tinha supostos terroristas ( mas sei que é mentira, apenas retórica cínica), e ter o apoio da imprensa ( que se faz de surda, muda e cega) 💩
Temos um presidente indecente e imoral que só separa a população ao invés de unir. Se ele tiver um pingo de humildade ele deve se retratar e pedir desculpa ao povo judeu.
Mais 3 comentários meus caíram sem motivo algum na moderação. Não pude falar a verdade, lançando luz para os ignorantes que se informam em veículos de massa, as atrocidades do Estado GENOCIDA de Israel? É isso? Entendi..rs
não pode*
A única diferença entre Netanyahu para Vlad de épocas remotas é que este não tinha bombas para jogar na cabeça de crianças e idosos indefesos em hospitais, então ele tinha que empalar um por um dos seus opositores, mas o requinte de crueldade e cinismo são os mesmos. Só que o Vlad da modernidade ( Netanyahu) tem o recurso moderno mais nefasto de todos: meios de comunicação em massa ( mainstreain) para relativizar seus crimes ( judeus são detentores da maioria dos meios de comunicação em massa. Além de comandar os EUA e, por consequência, Wall Street). A programação televisiva está num contorcionismo narrativo pró-Israel constrangedor.
Me impressiona ver ignorantes, que se dizem religiosos, ignorarem o massacre e o descalabro que acontece nesta guerra. São religiosos que seguem cegamente um lider que pensa muito mais na sua fortuna do que nos ensinamentos de Jesus. Precisa ameaçar e espalhar o ódio para manter seu gado ao redor.
Agora você virou teólogo?
De forma alguma. È so para provocar idiotas.
Pq Netanyahu genocida e Hamas terrorista? Pq AMBOS ignoram todas as leis abaixo.
Vai enfrentar terroristas mostrando sua listinha de regras de conto de fadas. Vamos vence-los com uma varinha de condão.
Ok, faça igual a eles e seja terrorista ou Genocída também. Só não fique chorando e defendendo um lado ou outro
Até acho os 2 lados errados, mas Lula tinha obrigação de NÃO FALAR 💩💩💩
Algumas fontes de normas relevantes para o DIH  1) As quatro Convenções de Genebra (e os seus Protocolos Adicionais)  2 )As Convenções de Haia de 1907  3) A Convenção sobre os Direitos da Criança  4) Convenções internacionais que regulamentam ou proíbem o uso de certas armas (como minas antipessoal, armas químicas ou munições cluster)  5) Normas consuetudinárias e outros princípios gerais do Direito
A questão não é o que o governo de esrael está fazendo em Gaza. Mas sim, a comparação indecente com o holocausto. Ele devia estar babado e tentou improvisar. Cagou e sentou em cima
Concordo. O genocidia de Gaza não se compara ao que ocorreu no passado.
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.