Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar cai mais de 1% ante real com fraqueza internacional da moeda

Moedas 19.05.2022 18:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
2/2 © Reuters. Funcionária de banco conta notas de 100 dólares em Hanói, Vietnã 16/05/2016 REUTERS/Kham/File Photo 2/2

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar caiu acentuadamente contra o real nesta quinta-feira, acompanhando movimento internacional de arrefecimento da divisa norte-americana, embora alguns participantes do mercado continuassem alertando para o ambiente, no geral, menos favorável a ativos arriscados.

Depois de chegar a perder 2,03% na mínima do dia, a 4,8800 reais, a moeda norte-americana à vista fechou em queda de 1,24%, a 4,9194 reais, seu menor patamar para um encerramento desde o dia 4 deste mês (4,9006). Com esse desempenho, o dólar spot ficava a caminho de registrar queda semanal de cerca de 2,7%.

A divisa fechou bem perto de sua média móvel linear de 50 dias, de 4,8947 reais --nível técnico importante que, quando cruzado, pode desencadear ordens automáticas de venda do dólar, derrubando ainda mais seu preço.

O recuo desta sessão esteve alinhado ao comportamento do dólar no exterior, onde seu índice contra uma cesta de rivais fortes chegou a perder mais de 1%, indo a seu menor patamar em duas semanas.

Isso deu gás às divisas emergentes ou ligadas às commodities, com rand sul-africano, dólar australiano e peso chileno, moedas cujo movimento o real tende a acompanhar, subindo entre 1,2% e 2,0% nesta tarde.

Luciano Rostagno, estrategista-chefe do Banco Mizuho (NYSE:MFG), disse à Reuters que houve uma disparidade entre os mercados de câmbio e de ações nesta sessão: o apetite por risco reinou entre as moedas, tendência que as principais bolsas não acompanharam. (NPT) [.EUPT]

Segundo ele, isso aconteceu porque, enquanto os mercados de câmbio focaram expectativas de que a China estimulará a economia e relaxará seus duros lockdowns de combate à Covid-19, as ações refletiram resultados corporativos decepcionantes de grandes empresas de varejo dos Estados Unidos.

Rostagno afirmou que dados fracos sobre a economia norte-americana --mostrando aumento nos pedidos semanais de auxílio-desemprego e desaceleração num índice de atividade manufatureira do Fed de Filadélfia-- ajudaram a alimentar as perdas do dólar nesta sessão, uma vez que "uma atividade mais fraca do que o esperado pode eventualmente ajudar o banco central americano na tarefa de controlar a inflação".

Embora caia 11,7% no acumulado de 2022, o dólar ainda está 6,8% acima da mínima de encerramento de 2022, de 4,6075 reais, atingida no final de abril, e alguns participantes do mercado enxergam pouco espaço para a moeda revisitar esses patamares em meio ao cenário global cada vez mais arisco.

Estrategistas do Citi notaram em relatório desta quinta-feira que "o câmbio latino-americano enfraqueceu ao longo do último mês, à medida que a aversão ao risco aumenta e o 'carry' se torna menos favorável nesses ambientes de aversão a risco".

O termo "carry" faz referência a estratégias que lucram com diferenciais de juros entre duas economias. Elas impulsionaram o real no primeiro trimestre deste ano --período em que o dólar caiu 14,5%--, quando um longo ciclo de aperto levou a taxa Selic a dois dígitos, num momento em que o banco central dos Estados Unidos estava apenas discutindo começar a endurecer sua política monetária.

Desde então, o Federal Reserve já começou a subir os juros, a ritmo mais agressivo que o inicialmente previsto pelos mercados, o que tem despertado temores de desaceleração do crescimento global, uma vez que condições mais apertadas tendem a frear o consumo.

Nesse contexto, o Citi piorou sua expectativa para a performance do real no curto prazo, vendo a divisa em 5,15 por dólar nos próximos três meses, de 4,70 previstos para o mesmo período antes. A projeção de médio prazo --para os próximos 6 a 12 meses-- também piorou, a 5,30 por dólar, contra previsão anterior de 5,20.

"Embora os preços das commodities permaneçam elevados em níveis favoráveis para o real, o recente fortalecimento do dólar levou a uma desvalorização considerável" da moeda brasileira, completou o Citi. "Olhando para frente, a escalada de riscos internos depois das eleições (de outubro) em meio a condições monetárias globais mais restritivas devem levar a mais depreciação do real."

Na B3 (SA:B3SA3), às 17:08 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento caía 0,98%, a 4,9375 reais.

Dólar cai mais de 1% ante real com fraqueza internacional da moeda
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 19.05.2022 18:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
subiu forte no after market
Jr ODue
Jr ODue 19.05.2022 18:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ate onde pode cair sera q vai valotizar q nem o rublo?
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail