Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar sai de máximas contra real; mercado monitora protestos de servidores

Moedas18.01.2022 11:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Pedestre passa em frente a casa de câmbio em São Paulo 05/02/2020 REUTERS/Rahel Patrasso

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) -O dólar passou a cair nesta terça-feira, saindo de máximas acima de 5,55 reais alcançadas mais cedo, em meio a receios domésticos sobre protestos de servidores públicos e à força da moeda norte-americana no exterior.

Às 11:18 (de Brasília), o dólar à vista recuava 0,17%, a 5,5176 reais na venda, depois de avançar 0,45% na máxima do dia, a 5,5521 reais na venda. Na mínima, a divisa caiu 0,40%, a 5,5052 reais.

Na B3 (SA:B3SA3), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,03%, a 5,5335 reais.

Alexandre Netto, chefe de câmbio da Acqua-Vero Investimentos, disse à Reuters não ver notícias específicas como responsáveis por essa movimentação, caracterizando a baixa do dólar à vista como um "fluxo de entrada" pontual, apesar da cautela em relação a protestos do funcionalismo.

Com o prazo para sanção do Orçamento de 2022 pelo presidente Jair Bolsonaro perto do fim, várias categorias de servidores públicos federais promovem nesta terça-feira manifestações nas ruas de Brasília e paralisação de atividades, em movimento para pressionar o governo a liberar reajustes salariais.

Os atos somam-se ao movimento de carreiras que estão entregando cargos de chefia e limitando a prestação de serviços.

"Temos argumentado aqui que esse é o risco fiscal mais importante no curto prazo", disseram especialistas da XP (SA:XPBR31) em nota matinal. "Cada 1 ponto percentual de aumento salarial representa 3 bilhões de reais em despesas obrigatórias adicionais no próximo ano."

O receio dos mercados é de que eventuais aumentos salariais abalem ainda mais a credibilidade fiscal do país, chacoalhada no ano passado pela promulgação da PEC dos Precatórios, que alterou a regra do teto de gastos para permitir o financiamento de mais despesas do governo.

Enquanto isso, no exterior, o índice do dólar frente a uma cesta de seis rivais fortes subia 0,3% nesta terça-feira, refletindo a alta nos rendimentos dos Treasuries, os títulos soberanos norte-americanos.

A taxa de dez anos --referência global para decisões de investimento-- chegou a tocar uma máxima em dois anos mais cedo, e era negociada confortavelmente acima do patamar de 1,8%.

Já o rendimento do Treasury de dois anos, que reflete expectativas de curto prazo para os juros básicos nos EUA, superou 1% pela primeira vez desde fevereiro de 2020 nesta terça-feira.

Essa movimentação refletia, segundo participantes do mercado, aumento nas apostas de que o banco central norte-americano será mais duro no combate à inflação ao longo de 2022. Contratos futuros de juros precificam quatro elevações nos custos dos empréstimos neste ano na maior economia do mundo, com início desse ciclo já em março.

Juros mais altos nos EUA tendem a tornar a renda fixa de mercados emergentes --com maior rendimento, porém mais arriscada-- menos atraente para investidores estrangeiros.

O dólar spot fechou a última sessão em alta de 0,26%, a 5,5271 reais.

(Edição de José de Castro)

Dólar sai de máximas contra real; mercado monitora protestos de servidores
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (19)
rogerio vanadia
rogerio vanadia 18.01.2022 13:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
como se fosse possível o estado sem funcionários. o povo burro
Fabio Piloto
Fabio Piloto 18.01.2022 13:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Funcionários sim! Parasitas não!
Bernardo Castro
Bernardo Castro 18.01.2022 13:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Rogerio, vai caca servico rapaz!! Comentarista politico desocupado...
rogerio vanadia
rogerio vanadia 18.01.2022 13:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vendo alguns comentários de gadinho papagaio tenho certeza o brasileiro é muito burro
Rodrigo Condé
Rodrigo Condé 18.01.2022 13:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
opa! eles querem sair? vão pro setor privado? otimo!! dão espaço pra quem quer, ja entrando com novas regras de previdência! Excelente!!
José Artur Medina
José Artur Medina 18.01.2022 11:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Grande oportunidade pra demitir todo mundo, mete na justiça e fica empurrando com a barriga. Não quer trabalhar? Peçam demissão. garanto que não falta gente pra querer esse emprego cheio de mordomias. Ao contratar novas pessoas acabe com esse ranço do fascismo que é a estabilidade e as leis trabalhistas.
Mostrar respostas anteriores (1)
Danilo Ferreira
Danilo Ferreira 18.01.2022 11:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aumenta salário para um grupo e outro não? Culpa do seu Bozonaro. kkk
Arv Forth
Arv Forth 18.01.2022 11:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Qual a marca da cachaça?
Mant Neuman
BombeirAristides 18.01.2022 11:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom mesmo são os cargos comissionados e de confiança. Para atender a roubalheira de seu bandidinho de estimação e do bandidinho de estimação dos Pitistas. A cada troca de governo, ficam revezandos milicos e sindicalistas nas tetas do Estado, sem existir carreira de Estado, tudo vira um bando de vagabundo de Governo..
José Artur Medina
José Artur Medina 18.01.2022 11:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ray Redington  mercenários dão a vida pelo próximo em missões quase suicidas? O que não falta é idealismo e coragem entre os mais simples do nosso povo, apesar de tudo eles morrem por desconhecidos ou por mendigos, por mulheres e crianças ? aí  é até fácil. Não julgue os outros pela sua moeda. Filosofia de vida destas pessoas é Deus acima de tudo Brasil acima de todos. Pasme mas as maiores manifestações do Brasil foram relacionados ao desejo do povo em lutar contra os nazistas, após o afundamento de navios mercantes no qual cadáveres, algumas crianças parcialmente comidos por tubarões chegaram á costa. nem todo mundo vive para ficar rico, alguns só querem uma boa morte, pois creem na vida eterna, uma vez que a morte é inevitável.
Ray Redington
Ray Redington 18.01.2022 11:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
José Artur Medina  nosso exercito? dando a vida em missoes suicidas? morrendo por mendigos? Nosso exercito? Hoje tao mamando e muito no governo, transportando cocaina no aviao do presidente, comendo picanha... sao a nata da mamata publica, estaveis e sem função. Guerra hoje quem enfrenta é o povo!
Mant Neuman
BombeirAristides 18.01.2022 11:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Em um país de 13 milhões de desempregados, o Rei da Rachadinha tem coragem de aumentar o próprio salário, o salário dos milicos com cargo cívil no meio da pandemia. Agora, tentar aumentar as mordomias de uma das únicas classes que teve aumento real de salário nos últimos anos, a PF.
José Artur Medina
José Artur Medina 18.01.2022 11:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
3 milhões de empregos deveriam calar tua boca, mas pra isso você simplesmente não olha. Criação de empregos é o alvo mais importante de uma política econômica (Keynes), em segundo lugar está o controle da inflação (Friedman acha mais importante que a criação de empregos). Este governo é o melhora história do brasil, garantiu o braço vacinado do ingrato aí acima, mais que Rússia e EUA, além de crescermos mais que o Reino Unido, além de nossa inflação crescer menos do que na união europeia e nos EUA. ¿Por qué no te callas?
Mant Neuman
BombeirAristides 18.01.2022 11:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
José Artur Medina  Assumiu com 11,6% de desemprego, entregues pelo Meireles. Hoje, temos 12. Parabéns.
Mant Neuman
BombeirAristides 18.01.2022 11:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom mesmo são os cargos comissionados e de confiança. Para atender a roubalheira de seu bandidinho de estimação e do bandidinho de estimação dos Pitistas. A cada troca de governo, ficam revezandos milicos e sindicalistas nas tetas do Estado, sem existir carreira de Estado, tudo vira um bando de vagabundo de Governo..
Fabio Piloto
Fabio Piloto 18.01.2022 11:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
José Artur Medina nem adianta perder tempo com esse bombeiro incendiário! A demência é crônica e sem cura!
César Ferreira
César Ferreira 18.01.2022 11:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
depois da maior pandemia já vista? Então esse governo conservou milhões de postos de trabalho que maravilha hein bombeirinho os números são seus..
Antonio vila
Antonio vila 18.01.2022 11:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
DEMITAM TODOS
André Luiz
André Luiz 18.01.2022 10:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Funcionalismo publico ganha aumento ou faz greve para curtir o verão, depois do carnaval o funcionário público COVID volta em favor do funcionalismo..
Athanase Patsea
Athanase Patsea 18.01.2022 10:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
VOCES NAO SABEM MAIS O QUE ESCREVER E INVENTAM A JUSTIFICATIVA DO DIA....SAO INCOMPETENTES ATÉ PARA INVENTAR..
César Ferreira
César Ferreira 18.01.2022 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ótimo para o governo, o povo vai ter oportunidade de saber que as pessoas que estão em greve recebem 6mil, 10mil, 15mil e 20mil por mês
Mostrar respostas anteriores (1)
Nailson Santos Brito
Nailson Santos Brito 18.01.2022 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quando vc passar 10hs por dia da sua vida estudando pra passar em um concurso aí vc vai vê que merece ganhar o valor que mencionou...
Nailson Santos Brito
Nailson Santos Brito 18.01.2022 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quando vc passar 10hs por dia da sua vida estudando pra passar em um concurso aí vc vai vê que merece ganhar o valor que mencionou...
José Artur Medina
José Artur Medina 18.01.2022 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cristiane Soares  quem tem estabilidade não é funcionário público. Basicamente são os responsáveis pela ineficiência do Estado. Me diga um serviço público bom, só um.
Raul Silvestre
Raul Silvestre 18.01.2022 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
José Artur Medina meliciano digital... retardado d mais....
César Ferreira
César Ferreira 18.01.2022 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
seu comentário nem conta vc mora na casa dos pais, fez faculdade a conta deles e sempre foi um assalariado que nunca parou em empresa nenhuma.
Wilson Fernandes
Wilson Fernandes 18.01.2022 10:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Uma das melhores formas de tentar se proteger é trabalhar oi ter uma Renda Extra em dólar. Eu faço isso, trabalho como freelancer algumas horas no site da UpWork. Mais tem inúmeros sites parecidos como Workana.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail