Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Dólar vai a R$5,85 após corte maior do que o esperado na Selic

Publicado 07.05.2020 09:14 Atualizado 07.05.2020 11:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. (Blank Headline Received)
 
USD/TRY
+0,45%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
BBDC4
-0,36%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar renovava máximas históricas nesta quinta-feira, chegando a superar 5,85 reais no pico da sessão, com os investidores reagindo ao corte da taxa Selic a nova mínima de 3% depois que o Copom adotou postura mais 'dovish' do que as expectativas do mercado.

Às 11:05, o dólar avançava 2,64%, a 5,8541 reais na venda. Na máxima do dia, o dólar bateu a máxima histórica de 5,8550 reais.

Enquanto isso, na B3, o contrato mais líquido de dólar futuro tinha alta de 2,011%, a 5,844 reais.

O Banco Central cortou na quarta-feira a taxa básica de juros à mínima histórica de 3% ao ano -- redução de 0,75 ponto percentual, mais forte do que a prevista pelo consenso de mercado -- e sinalizou uma última diminuição à frente para complementar o estímulo monetário necessário em meio aos impactos da pandemia de coronavírus na economia.

"O dólar opera mais fraco no exterior hoje, mas aqui é diferente, porque, com a decisão do Copom, a tendência do dólar é ficar mais estressado", disse à Reuters Álvaro Bandeira, economista-chefe do banco digital Modalmais, citando surpresa dos mercados após um corte acima das expectativas medianas.

Uma pesquisa feita pela Reuters com 26 economistas mostrou que todos esperavam redução de 0,50 ponto na última reunião do Copom.

Em nota, a XP Investimentos disse que, "no comunicado emitido logo após a reunião, o BC ressaltou a elevada incerteza do momento e afirmou que, no cenário básico para a inflação, permanecem fatores de risco em ambas as direções. No entanto, interpretamos que os argumentos expostos são majoritariamente 'dovish' (ou seja, reforçam o cenário de mais cortes de juros adiante)".

O BC afirmou em comunicado que uma nova redução não deve ser maior que a adotada na quarta-feira, de 0,75 ponto, indicando que a Selic não deve cair aquém do patamar de 2,25% ao ano.

Em nota, o Bradesco (SA:BBDC4) avaliou que o futuro da taxa "dependerá, essencialmente, da combinação de dados econômicos, preços de commodities e da resposta da taxa de câmbio ao ambiente global, doméstico e à própria queda de juros".

De fato, a redução sucessiva da Selic a mínimas históricas tem surtido efeitos consideráveis sobre a moeda brasileira. Quanto menores os juros, menos rentáveis são os investimentos locais atrelados à Selic, o que torna o Brasil menos atraente para o investidor estrangeiro quando comparado a países emergentes de risco parecido.

Esta era a quinta sessão consecutiva de alta do dólar, que tem sido impulsionado pelo ambiente de juros baixos, além do clima político tenso após a saída de Sergio Moro do cargo de ministro da Justiça e à devastação econômica decorrente da pandemia de coronavírus. No ano de 2020, a divisa norte-americana acumula ganhos de mais de 45% contra o real.

Na quarta-feira, o dólar negociado no mercado interbancário fechou em alta de 2,03%, a 5,7035 reais na venda, nova máxima recorde para encerramento.

O Banco Central realizará nesta quinta-feira leilão de até 7,54 mil contratos de swap tradicional com vencimento em setembro de 2020 e janeiro de 2021.

Enquanto isso, no mercado internacional, divisas emergentes ou ligadas a commodities, como peso mexicano, lira turca, rand sul-africano e dólar australiano, avançavam contra a moeda norte-americana. Outros ativos arriscados também ganhavam força após dados chineses melhores do que o esperado impulsionarem o apetite por risco.

Ainda no radar dos mercados estava a notícia de que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos totalizaram 3,169 milhões na última semana.

Dólar vai a R$5,85 após corte maior do que o esperado na Selic
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (58)
Bruno Araujo
Bruno Araujo 07.05.2020 15:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Compom ta de parabenskkk
Marcos Szuecs
Marcos Szuecs 07.05.2020 15:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vai a 6,xx semana que vem.
José Oliveira
José Oliveira 07.05.2020 15:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Governo analfabeto em termos de governar, ministros bitolados seguindo um presidente perdido. Quanto mais bobeiras dão, mais teremos quedas de bolsa e altas do dólar. Mas um dia esse governo vai acertar alguma coisa, e a situação vai melhorar. Se não acertar, esperemos pelo próximo presidente, que não seja de esquerda nem seja burro como esse atual.
Josue Rocha
Josue Rocha 07.05.2020 14:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
maravilha de texto, se a selic baixa demais o dolar sobe, a selic nao baixa o dolar sobe, se a economia vai bem o dolar sobe, se a economia vai mal o dolar sobe, se tem pandemia o dolar sobe, se nao tem epidemia o dolar sobe. nos estamos bem com esse ministro que diz '' o dolar esta barato ''.
Natan Albuquerque
Natan Albuquerque 07.05.2020 14:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só classe média alta vai poder viajar pra fora do pais, pior governo da história.
Julio Nakamura Yamachury
Julio Nakamura Yamachury 07.05.2020 14:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Momento Perigoso para bolsa, principalmente os sardinhas, momento CDB  tenham reservas de emergências.  pode cair bem mais
Carlos Soares
Carlos Soares 07.05.2020 14:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
os daytrade tá loko hoje kkkķkk vira pra alta, vira pra queda
Fabio Fonseca
Fabio Fonseca 07.05.2020 14:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não vejo a hora de passar dos 6
Adolfo Vilela
Adolfo Vilela 07.05.2020 14:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vai passar de 7,00
Thiago Marques
Thiago Marques 07.05.2020 14:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"O dólar só passa de R$5 se o governo fizer muita besteira" Guedes, Paulo.
Richard HC
Richard HC 07.05.2020 13:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
deixa o banco central despejar dolar no mercado que vcs vão ver o que é bom por enquanto ele te quieto
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail