Últimas Notícias
Investing Pro 0
OFERTA de Ano-Novo: Até -40% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Últimas Notícias

Inflação nos EUA medida pelo PCE tem alta anual de 5% em dezembro

Moedas Globais: dólar opera em baixa, após indicações da ata do Fed

Moedas 24.11.2022 18:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Moedas Globais: dólar opera em baixa, após indicações da ata do Fed
 
DXY
+0,12%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ZAR/USD
-0,82%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/BRL
-0,09%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
JPY/USD
+0,43%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/TRY
+0,03%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
GBP/USD
-0,20%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

O dólar operou em baixa nesta quinta-feira, 24, em sessão que segue repercutindo a publicação da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), divulgada na quarta-feira. O documento apresentou perspectivas pra uma desaceleração na alta de juros pela autoridade. Além disso, o Banco Central Europeu (BCE) também divulgou sua ata, mostrando comprometimento no combate à inflação, mas ponderando os riscos recessivos. O dia contou ainda com decisões de política monetária na Turquia e na África do Sul, que repercutiram nas moedas locais. O dia contou com liquidez reduzida por conta do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos.

Ao final da tarde, o índice DXY descia 0,23%, aos 105,835 pontos. Ao fim da tarde, o dólar recuava a 139,49 ienes, o euro avançava a US$ 1,0399 e a libratinha alta a US$ 1,2064.

Na visão do ING, a ata do Fed surpreendeu do lado dovish, sinalizando um forte apoio para aumentos mais lentos das taxas e um apoio mais fraco para a retórica do presidente Jerome Powell de elevações por mais tempo. "O dólar pode ficar pressionado por um pouco mais de tempo, mas provavelmente está incorporando muitos negativos relacionados ao Fed agora. Embora não excluamos a contração do dólar para levar DXY abaixo de 105,00, não esperamos ver níveis abaixo de 105 se mantendo por muito tempo", avalia.

A ata do BCE pontuou que a instituição considera que a inflação deverá permanecer acima da meta de 2% ao ano por um período prolongado. No entanto, os membros concordaram que o aperto monetário poderá ser pausado caso haja uma recessão "prolongada e profunda", mas, no caso de uma recessão considerada superficial, as altas de juros deverão continuar. Para o ING, os dirigentes "demonstraram nas entrelinhas preocupações crescentes com a recessão", o que poderá levar a uma pausa no ciclo de altas das taxas nos próximos meses. Já o Commerzbank comenta que a ata confirma que são prováveis novas subidas de juros, provavelmente em território restritivo, mas ao mesmo tempo não fornece pistas concretas para o ritmo das altas.

A lira turca intensificou sua desvalorização ante o dólar, após o banco central do país cortar juros em 150 pontos-base, a 9%. No final da tarde, o dólar subia a 18,6242 liras, ante 18,6174 liras no fim da tarde de ontem. O Banco Central da África do Sul decidiu hoje elevar sua taxa básica de juros em 75 pontos-base (pb), de 6,25% a 7%. Na mesma marcação, o dólar se valorizava a 17,0358 rands sul-africanos, avanço ante os 16,9923 do fim da tarde de ontem.

Moedas Globais: dólar opera em baixa, após indicações da ata do Fed
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail