Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Abertura de mercado: o que esperar para bolsa e câmbio no Brasil nesta 5ª-feira

Publicado 26.05.2022, 09:21
Atualizado 26.05.2022, 09:23
© Reuters

Por Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - O Conselho de Administração da Petrobras (SA:PETR4) se reuniu nesta quarta-feira, 25, e não deliberou sobre a convocação da Assembleia Geral Extraordinária (AGE) que vai eleger o novo colegiado da companhia. A decisão não foi tomada porque a União, a acionista controladora, não enviou a lista com os novos candidatos ao conselho.

Como o presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, foi eleito por voto múltiplo, a sua destituição também obriga a substituição dos outros membros do conselho que foram eleitos pelo mesmo sistema. Em abril, oito das onze vagas no colegiado foram decididas por voto múltiplo, incluindo Coelho.

A AGE pode demorar até 60 dias para acontecer, uma vez que assim que a Petrobras receber a lista de candidatos enviada pela União, o Comitê de Elegibilidade precisa analisar se os nomes estão aptos para concorrer aos cargos. Até lá, Coelho ficará como CEO da estatal.

Isso eleva as chances de que os atuais conselheiros sejam substituídos por nomes mais alinhados ao governo, na tentativa de frear reajustes no combustível como forma de controlar a inflação e evitar que isso interfira nas eleições. Um nome cogitado é o da presidente do conselho do Banco do Brasil (SA:BBAS3), Iêda Cagni, segundo o Valor Econômico.

Às 09h20, o Ibovespa Futuros subia 0,49% e o dólar ganhava 0,04%, a R$ 4,8296.

Nos EUA, os futuros da Nasdaq 100 subiam 0,20%, enquanto os da S&P 500 e da Dow Jones avançavam 0,50% e 0,54%, respectivamente.

Notícias do dia

ICMS - A Câmara deu aval nesta quarta-feira, 25, ao teto de 17% para o ICMS sobre energia elétrica, combustíveis e gás natural. Para diminuir resistências à medida, os deputados colocaram um gatilho temporário para compensar Estados e municípios quando a queda na arrecadação total do tributo for superior a 5%. Essa compensação será feita, se necessário, por meio do abatimento da dívida desses entes com a União. O texto ainda precisa ser aprovado no Senado.

Setor Público - O Ministério da Economia informou que as contas do setor público consolidado (União, Estados, Municípios e Estatais) registraram um superávit estrutural de 2,37% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021. É a primeira vez em oito anos que o resultado é positivo e o melhor desempenho desde 2008. Em 2020, as contas registraram um déficit estrutural de 0,49%.

Pronampe - O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou o projeto de lei que cria novas regras para o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). A estimativa é que R$ 50 bilhões possam ser emprestados em uma nova fase do programa.

Covid-19 - O Brasil registrou 132 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, o que eleva o total de óbitos pela doença no país a 666.037, conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira. O país também registrou 9.787 novos casos da doença no período, atingindo 30.846.602 infecções confirmadas no total desde o início da pandemia.

Agenda do dia

Jair Bolsonaro - Cerimônia de Entrega do Residencial Buritis; Solenidade de Posse da Nova Diretoria da Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais - FIEMG e Comemoração do Dia da Indústria.

Paulo Guedes - Encontro bilateral com CEO da empresa APMT, Keith Svendsen; Coletiva de imprensa.

Campos Neto - Participa da primeira sessão da reunião do Comitê de Estabilidade Financeira do Banco Central (Comef).

Notícias corporativas

Petrobras - A Petrobras assinou com a Grepar o contrato para a venda da refinaria Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor) e seus ativos logísticos associados, no Ceará. O valor total da venda é de US$ 34 milhões, sendo US$ 3,4 milhões pagos nesta quarta-feira, 25; US$ 9,6 milhões a serem pagos no fechamento da transação; e US$ 21 milhões em pagamentos diferidos.

Além disso, o Cade decidiu ontem abrir uma nova investigação contra a Petrobras para apurar se a empresa vendeu combustíveis por preços mais altos para a refinaria Landulpho Alves (RLAM), operada pela empresa privada Acelen, na Bahia.

Carrefour (SA:CRFB3) - O Carrefour confirmou a aprovação da compra do Grupo Big pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) com remédios “em patamar sensivelmente inferior", com a exigência de que haja um desinvestimento de 3,6% do parque total de lojas e 6,0% da receita de 2021 do Grupo Big.

B3 (SA:B3SA3) - A B3 prepara o lançamento, no próximo dia 30, de produtos de operações estruturadas para negociação de estratégias de curvas de Juros para os contratos de Futuro de Depósito Interfinanceiro (DI).

Banco do Brasil - O presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro, afirmou que a instituição financeira será operador de uma linha de crédito de R$ 6 bilhões com garantia do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe).

Eneva (SA:ENEV3) - A Eneva firmou contrato de fornecimento de gás natural liquefeito (GNL) para unidades industriais da a Suzano (SA:SUZB3) em Imperatriz (MA). O contrato vale por 10 anos a partir do início das vendas, previstas para o primeiro semestre de 2024.

Raízen (SA:RAIZ4) - O Brasil não possui espaço para cortes nos preços da gasolina, que já estão com grande defasagem em relação ao mercado internacional, disse nesta quarta-feira o CEO da Raízen, Ricardo Mussa, ressaltando que discussões sobre mudança de impostos "fazem mais sentido" para aliviar os custos aos consumidores.

Engie (SA:EGIE3) - O Cade homologou um acordo em que as empresas Veolia Environnement (EPA:VIE) e Engie se comprometem a pagar R$ 60 milhões por terem consumado a operação de compra e venda de ações da Suez sem autorização prévia da autarquia, numa prática anticompetitiva conhecida como "gun jumping".

BK Brasil (SA:BKBR3) - O Conselho de Administração da BK Brasil aprovou o início do processo de transição da sua presidência. O atual vice-presidente de Vendas, Marketing e Tecnologia, Ariel Grunkraut, foi escolhido como sucessor do atual CEO, Iuri Miranda.

Banco Pine (SA:PINE4) - A agência classificadora de risco Moody’s Local iniciou a cobertura das ações do Banco Pine. O rating de longo prazo atribuído foi de BBB-.br e de curto prazo de ML A-3.br, ambos com perspectiva estável.

BR Properties (SA:BRPR3) - A Vista Capital atingiu participação acionária de 9,96% na BR Properties, com 47,2 milhões de ações ordinárias, reduzindo posição anterior de 10,06%.

Últimos comentários

Bom dia !! Ruy o loco barbaridade !! 10 anos não né pelo menos uns 2 anos assim enfraquece a amizade kkkk
Formar posicao e esperar longo prazo, vai comprando… fundamentos . Aguardar dez, anos para cima… o resto é conversa fiada…
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.