Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Bolsas da Europa fecham na maioria em alta, com indicadores reforçando pausa no aperto do BCE

Publicado 31.10.2023, 11:27
Atualizado 31.10.2023, 14:40
© Reuters.  Bolsas da Europa fecham na maioria em alta, com indicadores reforçando pausa no aperto do BCE

As bolsas da Europa fecharam na maioria em alta nesta terça-feira, 31, seguindo a divulgação de indicadores importantes da zona do euro, incluindo Produto Interno Bruto (PIB) e inflação, que sugeriram a manutenção dos juros na região. Além disso, investidores observaram a divulgação de balanços de uma série de empresas, o que teve impacto variado nos papéis. As expectativa seguem ainda pela decisão de política monetária da quarta-feira do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,53%, aos 433,41 pontos.

O PIB da zona do euro encolheu 0,1% no terceiro trimestre ante os três meses anteriores, frustrando previsão de estabilidade. Já a taxa anual de inflação ao consumidor (CPI) do bloco desacelerou para 2,9% em outubro, vindo abaixo da previsão de 3%. Os dados da zona euro vieram poucos dias após o Banco Central Europeu (BCE) decidir deixar seus juros inalterados, interrompendo um processo de aperto monetário iniciado em julho do ano passado.

"Embora esta seja, sem dúvida, uma boa notícia, o número central é provavelmente um reflexo mais preciso da situação atual e da tarefa que o BCE ainda tem de controlar a inflação de uma forma sustentável", avalia o analista da Oanda Craig Erlam. "Os preços da energia, em particular, ainda são voláteis e os efeitos de base nos próximos meses serão provavelmente menos favoráveis. As pressões subjacentes sobre os preços, especialmente nos serviços, ainda terão de cair muito antes de o BCE poder sequer considerar a redução das taxas para apoiar uma economia que parece destinada à recessão", projeta.

Destaque entre os balanços europeus do dia, a AB InBev teve lucro e receita abaixo do esperado, mas reiterou suas projeções para o ano. A ação da maior cervejaria do mundo (e controladora da AmBev no Brasil) subiu 5,47% em Bruxelas. Já o Casino, dono do Pão de Açúcar (BVMF:PCAR3), teve queda na receita geral do terceiro trimestre, mas ampliou vendas na América Latina. Em Paris, a ação do grupo varejista francês avançou 3,52%. Na cidade, o CAC 40 teve alta de 0,89%, a 6.885,65 pontos. Por outro lado, a BP decepcionou em lucro, e a ação da petrolífera britânica sofria queda próxima de 4,49% em Londres. Na capital britânica, o FTSE 100 caiu 0,08%, a 7.321,72 pontos.

Em Frankfurt, o DAX teve alta de 0,64%, a 14.810,34 pontos. Em Milão, o FTSE MIB avançou 1,47%, a 27.741,91 pontos. Em Madri, o Ibex 35 caiu 0,02%, aos 9.012,20. Em Lisboa, o PSI 20 ganhou 0,63%, a 6.257,06 pontos.

Últimos comentários

os mercados estão abertos amanhã?
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.