Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Bolsonaro anuncia extensão da desoneração da folha de pagamento por 2 anos

Ações11.11.2021 13:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. 02/09/2021 REUTERS/Adriano Machado

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira que o governo vai manter a desoneração da folha de pagamento de 17 setores por mais dois anos, até o final de 2023.

Em um evento no Palácio do Planalto, Bolsonaro anunciou a prorrogação, depois de um encontro com representantes dos setores que seriam afetados com o fim da desoneração no final deste ano.

"Reunido com a Tereza Cristina, com nosso prezado ministro Paulo Guedes e mais de uma dezena de homens e mulheres representantes do setor produtivo do Brasil, resolvemos prorrogar por mais dois anos a questão que tem a ver com a desoneração da folha, inclusive para minha querida imprensa brasileira. Ninguém ficou de fora, nem vocês", discursou.

A desoneração da folha inclui setores que mais empregam no país, como construção civil, indústria têxtil e de calçados, transporte coletivo e de carga, empresas de comunicação, telemarketing, entre outras, mas a previsão legal, que começou em 2014, acabaria em dezembro deste ano.

A equipe econômica, que calcula uma perda de arrecadação de mais de 8 bilhões de reais por ano com as desonerações, era contrária à extensão da medida.

No entanto, o Congresso já articulava uma extensão ainda maior. Um projeto de autoria do líder do DEM na Câmara, Efraim Filho (PB), já aprovado na Comissão de Finanças da Casa, previa a manutenção da desoneração até 2026. Com relatório favorável na Comissão de Constituição e Justiça, a previsão era de que fosse votado na Câmara já na próxima semana.

A decisão do governo, tomada na reunião desta manhã, pretende desestimular o avanço da medida do Congresso e joga para o próximo governo a decisão de manter mais uma vez ou retirar a desoneração.

"Agora estamos na questão pós-pandemia e devemos ajudar esses setores. Ou seja, quem por ventura se eleger em 2022 vai ter 23 todinho para resolver essa questão da desoneração da folha", disse.

Na cerimônia, Bolsonaro deixou claro que, em troca da desoneração, foi pedido aos empresários que apoiassem a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) dos Precatórios para ter espaço fiscal para bancar a desoneração.

"Mas, com o setor presente, não ficou apenas nisso. Pedimos a eles que colaborassem conosco para aprovar aí a questão dos precatórios", disse Bolsonaro.

Orçamento de 2022 prevê apenas 3,2 bilhões de reais para políticas de desoneração, enquanto a equipe econômica calcula um custo de 9 bilhões com a extensão. Para cumprir a promessa, será necessário encontrar recursos.

A PEC dos precatórios prevê a abertura de um espaço fiscal no teto de gastos de 91 bilhões de reais. De acordo com o relator da proposta do Senado, o líder do governo na Casa, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), já estão comprometidos com políticas sociais e outros ajustes necessários, 11 bilhões.

No entanto, a PEC ainda precisa ser aprovada no Senado e senadores querem ao menos uma redução desse valor, para os 80 bilhões que o governo calcula necessários para o novo Auxílio Brasil e outros ajustes fiscais obrigatórios.

Agora, os empresários prometem entrar na briga pela aprovação da PEC, que incomodava o mercado financeiro por também alterar regra do teto de gastos.

"Nossa missão agora é que a PEC dos Precatórios passe no Senado. Vamos falar com nossas bases, nossos senadores, governadores, para que isso passe, e depois vamos ajudar o governo nas reformas", disse John Anthony von Christian Presidente Associação Brasileira de Telesserviços (ABT), um dos empresários que esteve com Bolsonaro.

Fonte da equipe econômica confirmou que a intenção do governo é associar a desoneração com a aprovação da PEC, o que tiraria a resistência dos empresários à medida.

Bolsonaro anuncia extensão da desoneração da folha de pagamento por 2 anos
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (7)
Ana Paula Rope
Ana Paula Rope 11.11.2021 17:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E quando chegará a desoneração do trabalhador? Nem a tabela de IR é atualizada desde 2015 e pelo que consta a proposta do governo ainda reduz o % de dedução.
João Marcelo
João Marcelo 11.11.2021 17:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sr. Presidente Bozo Miliciano Incompetente da Silva, por que você não desenorou a altíssima carga tributária que incide sobre o assalariado????
João Marcelo
João Marcelo 11.11.2021 17:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só governa para empresários, para o agronegócio e para militares. O resto está jogado às traças... Péssimo governo.
Gerrard Cristiano
Gerrard Cristiano 11.11.2021 16:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente notícia, as empresas precisam respirar e o povo de emprego para a economia voltar a crescer....Vamos Brasil, Fora Bozo.
Mario Jorge
Mario Jorge 11.11.2021 13:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vamos, Brasil!!!
Lineu Barros advogado
Lineu Barros advogado 11.11.2021 13:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
muito boa notícia para nossa economia e empregos.
Andollinni Carleone
Andollinni Carleone 11.11.2021 13:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Daqui a pouco chega um dizendo que ele é um “empregocida”🤣
Diego Francis
Diego Francis 11.11.2021 12:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
agora sim um feito que deve ser comemorado e evidenciado, é tão simples não ficar quieto e fazer não merda, mesmo assim tá com saldo negativo do acumulado total.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail