Últimas Notícias
0

Bovespa firma-se em alta após dados dos EUA; petróleo ajuda

Ações07.12.2018 13:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Trader trabalha no pregão da Bolsa de Nova York

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista firmou-se em alta nesta sexta-feira e o Ibovespa buscava se aproximar dos 90 mil pontos, após a divulgação de dados do mercado de trabalho dos EUA corroborando expectativas de que o Federal Reserve adote um tom mais moderado no ritmo de alta dos juros norte-americanos.

Às 12:49, o Ibovespa subia 1,18 por cento, a 89.890,75 pontos, próxima da máxima do dia de 89.934 pontos, após mostrar certa fraqueza nos primeiros negócios, quando caiu 0,6 por cento. O giro financeiro somava 4,5 bilhões de reais.

O Departamento do Trabalho dos EUA disse que foram criados 155 mil vagas em novembro, ante previsão de 200 mil postos, enquanto a taxa de desemprego ficou em 3,7 por cento. A renda média por hora de todos os trabalhadores subiu 0,2 por cento, também abaixo do esperado (+0,3 por cento).

No Twitter (NYSE:TWTR), Mohamed A. El-Erian, consultor econômico chefe na Allianz (DE:ALVG), citou que o relatório de emprego dificilmente adiará uma nova alta no juro norte-americano neste mês, mas deve ser outro fator solicitando uma revisão para baixo no ritmo de aumentos à frente, nos chamados 'blue dots'.

O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do banco central norte-americano realiza a última reunião de política monetária do ano em 18 e 19 de dezembro.

"Para os mercados emergentes (Brasil incluído), política monetária menos restritiva é uma força construtiva", citou a equipe da Verde Asset Management, liderada Luiz Stuhlberger, conforme relatório de gestão enviado a clientes.

Porém, a equipe cita na nota que a desaceleração no crescimento global atrapalha, mas que se trata de uma questão em aberto qual dessas variáveis vai dominar.

A melhora no pregão brasileiro também encontrou suporte na aceleração dos ganhos do petróleo no exterior, em meio a notícias sobre um acordo entre os produtores da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para cortar a produção.

Também oferecia algum alívio comentário do presidente dos EUA, Donald Trump, no Twitter, de que as conversas com a China estão indo muito bem, após a prisão de uma importante executiva da chinesa Huawei gerar preocupações nos mercados sobre o efeito nas relações entre Washington e Pequim.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN (SA:PETR4) subia 2,4 por cento, conforme os preços do petróleo avançavam fortemente, com o Brent valorizando-se mais de 4 por cento. PETROBRAS ON (SA:PETR3) subia 2,3 por cento. A companhia divulgou mais cedo que a decisão da empresa de vender 34 campos de petróleo terrestres no Rio Grande do Norte foi suspensa por uma liminar judicial.

- ITAÚ UNIBANCO PN (SA:ITUB4) subia 1 por cento e BRADESCO PN (SA:BBDC4) avançava 0,76 por cento revertendo a fraqueza inicial dos papéis de bancos listados no Ibovespa, com SANTANDER BRASIL UNIT (SA:SANB11) em alta de 1,99 por cento e BANCO DO BRASIL (SA:BBAS3) valorizando-se 0,2 por cento.

- VALE (SA:VALE3) subia 1,38 por cento, ampliando os ganhos, em sessão de alta de papéis de mineradoras na Europa. De pano de fundo, os futuros de minério de ferro na Bolsa de Dalian subiram 0,7 por cento, para 475 iuanes por tonelada. Papéis de siderúrgicas também avançavam, com USIMINAS PNA (SA:USIM5) em alta de 1,8 por cento.

- ELETROBRAS ON (SA:ELET3) e ELETROBRAS PNB (SA:ELET6) avançavam 4,7 e 3 por cento, respectivamente, tendo de pano de fundo reportagens na mídia sobre interesse na distribuidora da companhia no Amazonas, bem como uma eventual privatização da elétrica de controle estatal.

- MARFRIG (SA:MRFG3) recuava 0,32 por cento, reduzindo as perdas, após anunciar aquisição da argentina QuickFood da BRF (SA:BRFS3) por 60 milhões de dólares, além de terreno da mesma companhia no Brasil por 100 milhões de reais, em acordo que prevê ainda fornecimento de produtos processados. BRF recuava 0,39 por cento.

- SUZANO perdia 1,8 por cento, assim como a rival KLABIN UNIT (SA:KLBN11), em baixa de 0,86 por cento.

(Por Paula Arend Laier)

Bovespa firma-se em alta após dados dos EUA; petróleo ajuda
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail