Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Elon Musk processa OpenAI e presidente por abandono de missão

Publicado 01.03.2024, 09:20
Atualizado 01.03.2024, 21:40
© Reuters.

Por Jahnavi Nidumolu

(Reuters) - O bilionário Elon Musk processou a OpenAI, criadora do ChatGPT, e seu presidente-executivo, Sam Altman, entre outros, dizendo que eles abandonaram a missão original da empresa de desenvolver inteligência artificial para o benefício da humanidade, não para lucros.

A ação judicial apresentada na quinta-feira alega violação de contrato, na qual afirma que Altman e o cofundador da OpenAI, Greg Brockman, originalmente abordaram Musk para a criação de uma empresa de código aberto sem fins lucrativos, mas a startup estabelecida em 2015 agora está focada em obter lucro.

Musk disse que os três fundadores da OpenAI concordaram inicialmente em trabalhar em uma inteligência artificial geral (AGI), conceito no qual as máquinas poderiam lidar com tarefas como um humano, mas em "benefício da humanidade", de acordo com o processo aberto em São Francisco.

Em vez disso, a OpenAI "queimou o acordo fundador" em 2023 quando lançou seu modelo de IA mais avançado, o GPT-4, como um produto essencialmente da Microsoft (NASDAQ:MSFT), alega a ação judicial.

OpenAI, Microsoft e Musk não comentaram o assunto.

Musk, que comanda a montadora Tesla (NASDAQ:TSLA), a empresa de foguetes SpaceX e comprou o Twitter por 44 bilhões de dólares em outubro de 2022, quis tentar assumir o controle da OpenAI de Altman e dos outros fundadores no final de 2017, com o objetivo de convertê-la em uma entidade comercial em parceria com a Tesla, utilizando os supercomputadores da montadora, disse uma fonte com conhecimento da situação.

Altman e outros resistiram, e Musk renunciou, dizendo que queria se concentrar nos projetos de IA da Tesla. Ele anunciou sua saída para a equipe da OpenAI em fevereiro de 2018 durante uma reunião na qual Musk pediu à OpenAI que aumentasse sua velocidade de desenvolvimento, o que um pesquisador chamou de imprudente, segundo a fonte.

Musk não respondeu ao pedido de comentário sobre sua saída da OpenAI.

© Reuters. CEO da Tesla e proprietário do X, Elon Musk, participa de conferência em Paris
16/06/2023
REUTERS/Gonzalo Fuentes

Desde então, em várias ocasiões, Musk tem solicitado a regulamentação da tecnologia.

No ano passado, Altman foi demitido pelo antigo conselho de administração da OpenAI, que disse estar tentando defender a missão da empresa de desenvolver IA em benefício da humanidade. Poucos dias depois, Altman retornou à empresa após a instalação de um novo colegiado.

A OpenAI está planejando nomear novos membros para o conselho em março, publicou o Washington Post na quinta-feira.

Últimos comentários

Uma disputa jurídica super válida , mostrará quem é quem .
eu nunca mundo minha opinião ser está errado não está si tem contrato pra ser uma coisa e passar ser outra isso também não está certo ok eu simplesmente .falei si estivesse tudo dentro das leis do país estaria correto mas si há algo errado não concordo não ok eu sou pelo o certo nada errado prestar tudo tem quer seguir correto sempre sem dar problema pro país Nei pra empresa e isso quer eu penso
BYD tem carros muito melhores construídos que os da Tesla, só os alucinados presos à bolha de Musk refutam essa afirmação. Não vou falar do design, pois seria covardia, então eu digo: veja um Song Plus ao vivo e tirei suas conclusões . O carro é fantástico, fora da curva de muitos carros de preços parecidos das montadoras tradicionais. O Haval H6 é outro carraço tb, vejo sempre no trânsito de minha cidade. Tesla com seus problemas crônicos de condução autônoma ( sem falar no interior sem graça 😒) ainda não foi punida por uma série de mortes de motoristas por questões que fogem do senso de justiça, lá nos EUA o lobby tb é grande e representa um desafio para uma família lesada por acidente causado por carro Tesla conseguir vitória na Justiça, ainda que os fatos indiquem erro da empresa.
O menino mimado deixou de ser pelo livre comercio e liberdade. Ficou para trás e quer sabotar a BYD e a OpenAI... Choooola e esperneia!!!
bom moço, quem acredita?
Esse cidadão passa longe de ser moralmente decente, mas faz tipo para a bolha de ignorantes dele. O que já fez e refez aqui no Mercado Financeiro e sem qualquer punição. Fala que não é apegado ao dinheiro, mas a verdade é que ele respira isso 24 horas e ama o poder que através de sua bolha de gados lhe proporciona. No fundo, não passa de mais um Bill Gates na nova geração ( este à sua época tb era tratado como Oráculo por parcela que o acompanhava, depois se mostrou ser um homem, como qualquer outro, bastante falho).
Ele não cria mosquitos pra infectar a população mundial como faz Gates. Sabe nada
tá parecendo alguém que conheço no Brasil o LULE
o LuLe e pior que ele
hum.... e que tal fazer carros elétricos para benefício do meio ambiente, em vez de visar lucros ?
o matinhas vai dar mei hora
ou no mínimo fazer carros que não explodam a bateria e o fogo possa ser controlado pelos bombeiros, e não percam o controle de automação também rs
 pois é.... ele quer que outros trabalhem de graça, deve ser para não ser ultrapassado como o mais rico do mundo.
Aplausos à iniciativa, que tenha frutos, a liberdade agradece.
🤣🤣🤣 Palhaço
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.