Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Evergrande caminha em direção à reestruturação; governo se precipita para conter o risco

Ações06.12.2021 12:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Sede da Evergrande Group em Shenzhen, China 26/09/2021 REUTERS/Aly Song

Por Clare Jim e Shuyan Wang e Andrew Galbraith

HONG KONG (Reuters) - A chinesa China Evergrande Group (HK:3333) (OTC:EGRNY) criou um comitê de gestão de risco, à medida que a incorporadora imobiliária se aproxima de uma reestruturação de dívida, que paira há meses nos mercados globais e na segunda maior economia do mundo.

O gigante imobiliário, que tem mais de 300 bilhões de dólares em passivos e corre o risco de se tornar o maior calote de todos os tempos da China, disse na segunda-feira que o comitê incluía funcionários de entidades estatais e desempenhará um papel importante na "mitigação e eliminação dos riscos futuros" do grupo.

Na sexta-feira, a Evergrande disse que buscará reestruturar sua dívida externa após reconhecer que pode não ser mais capaz de cumprir suas obrigações financeiras, o que levou o governo da província de Guangdong, onde está a sede da empresa, a intervir para ajudar a administrar as consequências.

"A Evergrande está tentando vender ativos para pagar dívidas, mas o comunicado de sexta-feira basicamente diz que vai 'se render' e precisa de ajuda", disse Conita Hung, diretora de estratégia de investimento da Tiger Faith Asset Management. "Isso é um sinal muito ruim."

As ações da Evergrande caíram para uma mínima recorde na segunda-feira, uma vez que operou, mais uma vez, à beira da inadimplência com o fim de um período de carência de 30 dias pairando sobre dívidas que totalizam 82,5 milhões de dólares.

Ao final do horário comercial asiático, dois detentores de títulos disseram que ainda não haviam recebido os pagamentos.

A Evergrande, que já fez pagamentos de títulos de última hora no passado, não quis comentar.

Se a Evergrande for declarada em inadimplência formal, isso desencadeará uma onda de inadimplências cruzadas que se espalhará além do setor imobiliário, potencialmente abalando a confiança do investidor global, já abalada pelo surgimento da variante Ômicron do coronavírus.

"Até ocorrer um novo anúncio, todos estão esperando para ver se este será o primeiro evento a disparar o gatilho", disse Karl Clowry, um sócio da Addleshaw Goddard, em Londres.

As autoridades chinesas aumentaram os esforços para tranquilizar os mercados de que os problemas da Evergrande podem ser contidos. Na última medida, o banco central da China disse na segunda-feira, que cortaria a quantidade de dinheiro que os bancos devem manter em reserva, sua segunda medida neste ano, liberando 188 bilhões de dólares em liquidez de longo prazo para impulsionar o crescimento econômico lento.

As ações da Evergrande despencaram 20% nesta segunda-feira, fechando com o menor valor histórico de 1,81 dólar de Hong Kong.

A recente queda nos títulos denominados em dólares da Evergrande se intensificou com a emissão de março de 2022 caindo 4,35 centavos de dólar para 27,7 centavos, enquanto outras emissões como os títulos de 2024 e 2025 despencaram para registrar mínimas abaixo de 20 centavos, mostraram dados da MarketAxess.

Evergrande caminha em direção à reestruturação; governo se precipita para conter o risco
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Gustavo Bastos
Gutolino 06.12.2021 14:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
KKkkkkkk.......A vaca foi pro brejo faz tempo lá na China.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail