Últimas Notícias
0

Ibovespa fecha acima de 99 mil pontos pela 1º vez

Ações15.03.2019 18:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Operadores trabalham na Bolsa de Valores de São Paulo

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em alta nesta sexta-feira e acima dos 99 mil pontos pela primeira vez na história, favorecido pelo viés benigno em praças acionárias no exterior e perspectivas positivas para a agenda econômica do governo.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,54 por cento, a 99.136,74 pontos, mais uma vez frustrando apostas mais otimistas de que chegaria a 100 mil pontos na sessão. Na máxima, o índice alcançou 99.393,33 pontos. O volume financeiro atingiu 17,9 bilhões de reais.

Na semana, o Ibovespa acumulou acréscimo de 3,96 por cento.

Em Wall Street, os ganhos encontraram suporte com confiança em relação às negociações comerciais entre Estados Unidos e China. A agência de notícias Xinhua noticiou conversa telefônica entre representantes dos dois lados, citando progressos significativos.

O S&P 500 fechou em alta de 0,5 por cento e teve a melhor semana do ano.

No Brasil, repercutiu positivamente o desfecho de leilão de três lotes de aeroportos nesta sexta-feira, no qual o governo federal levantou 2,377 bilhões de reais em valor de outorga mínima após certame acirrado.

Agentes de mercado consideraram o leilão um sucesso, que serve como termômetro do interesse de investidores no país. As atenções agora estão voltadas para o leilão da concessão da ferrovia Norte-Sul no final do mês.

"O Brasil hoje teve um bom dia, cenário externo bom, reforma da Previdência caminhando conforme esperado, mas com riscos ainda a serem monitorados", afirmou o gestor de portfólio Guilherme Foureaux, sócio na Paineiras Investimentos.

Ele ressaltou que as incertezas não vão sumir da noite para o dia e nem o mercado vai esperar 100 por cento de aprovação da reforma da Previdência para seguir sua trajetória positiva, e destacou que há outros fatores indicando retomada da economia.

"Há uma fissura dos 100 mil pontos...mas eu vejo apenas como um número. O que muda?", acrescentou.

A última sessão da semana também foi marcada por ajustes antes do vencimento de opções sobre ações na bolsa paulista na segunda-feira, que tem entre as séries mais líquidas papéis com relevante peso na composição do Ibovespa.

DESTAQUES

- BRF (SA:BRFS3) subiu 7,08 por cento, tendo no radar perspectivas sobre o efeito da gripe suína africana no mercado chinês, com analistas do BTG Pactual (SA:BPAC11) destacando em nota a clientes que o evento traz implicações positivas para companhias brasileiras. JBS (SA:JBSS3) valorizou-se 3,13 por cento.

- PETROBRAS PN (SA:PETR4) fechou com acréscimo de 0,21 por cento e PETROBRAS ON (SA:PETR3) avançou 1,05 por cento, tendo no radar a que a empresa pode vender 10 bilhões de dólares em ativos nos primeiros quatro meses do ano, conforme presidente da petrolífera, Roberto Castello Branco.

- ITAÚ UNIBANCO PN encerrou praticamente estável, mas BRADESCO PN (SA:BBDC4) ganhou 0,42 por cento, ajudando no fechamento positivo do Ibovespa. BANCO DO BRASIL (SA:BBAS3) e SANTANDER BRASIL também encerraram no azul.

- ESTÁCIO cedeu 2,88 por cento, em meio à repercussão do resultado do último trimestre do ano passado, além de comentários de executivos da empresa de ensino de que veem estabilidade nas captações de alunos para cursos presenciais no primeiro semestre de 2019.

- ECORODOVIAS (SA:ECOR3) caiu 2,8 por cento, após queda de 27,2 por cento no lucro do quarto trimestre, com desdobramentos da greve dos caminhoneiros, maiores provisões para gastos com manutenção de vias e despesas para apoiar investigações sobre envolvimento da empresa em corrupção.

- VALE (SA:VALE3) cedeu 0,32 por cento, acompanhando o movimento de mineradoras na Europa e com notícia de que o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) quer obrigar a mineradora a garantir o valor mínimo de 50 bilhões de reais para reparação ambiental devido ao rompimento da barragem da empresa em Brumadinho (SP).

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

Ibovespa fecha acima de 99 mil pontos pela 1º vez
 

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários
Luis Augusto Vazquez
Luis Augusto Vazquez 15.03.2019 19:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Basta colocar nas estatais gestores honestos. Somente isso! O problema é encontrá-los entre brasileiros.
Responder
4 4
Adriano Ligeirow
Adriano Ligeirow 15.03.2019 19:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
se é para privatizar as reguladoras que nao servem para nada alem de cabide de emprego tem que ir junto
Responder
2 0
Geo Go
Geo Go 15.03.2019 19:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sou a favor de privatizar todas estatais, acabar com estabilidade de funcionários públicos e outras regalias, incluir teto do inss para todos. Quem quiser aposentar acima fo teto que faça suas economias. Sou contra acabar com agências reguladoras e de fiscalização. De resto é privatizar.
Responder
16 9
Mostrar respostas anteriores (1)
Edy Tonel
Edy Tonel 15.03.2019 19:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Concordo, a legislação é para todos.
Responder
0 0
Luis Augusto Vazquez
Luis Augusto Vazquez 15.03.2019 19:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Basta colocar nas estatais gestores honestos. Somente isso! O problema é encontrá-los entre brasileiros
Responder
0 0
Airton Maris
Airton Maris 15.03.2019 19:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
manter agência reguladora pode significar pouca competitividade no setor como o da telefonia no Brasil,gerando péssimos serviços e preços.Estado na jogada é ferramenta para formar/manter monopólios e oligopólios.
Responder
0 0
Waldir Olegário
Waldir Olegário 15.03.2019 19:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vamos privatizar todas as estatais para melhorar os serviços como por exemplo, os serviços de telefonia.
Responder
1 0
Danilo Fraga
Danilo Fraga 15.03.2019 19:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Privatizar para estatais estrangeiras é um sintoma de que os liberais brasileiros ou se enganam ou querem enganar a República. Tb sou a favor do teto como teto, tanto via previdência quanto aos salários da ativa dos estatutários.
Responder
1 0
Ivan Couto Jr
Ivan Couto Jr 15.03.2019 18:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A pergunta e: o que nas empresas ou na economia brasileira justifica isto? O agio do leilao mostra a INCOMPETENCIA do governo em mensurar o valor dos ativos. Cade a enxurrada de estrangeiros na infraestrutura? O interesse no Brasil e pontual, em oportunidades como os aeroportos e pre-sal, que vai dar lucros monstruosos aos vencedores e que, ao serem enviados para suas matrizes, vao causar um rombo na balanca comercial....privatizar tudo nao e solucao. Vide Grecia, Portugal, Argentina que agora dependem de IMPOSTOS SOBRE A POPULACAO para pagar a divida dos desmandos dos governos
Responder
13 12
Wilson Luiz
WilsonLuiz 15.03.2019 18:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A maioria das estatais só geram prejuízos, Estatal e um caminho fácil para desvios de recursos para benefício próprio
Responder
11 1
Edy Tonel
Edy Tonel 15.03.2019 18:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se o país não estivesse quebrado, não haveria necessidade de vender nada.
Responder
2 0
Luis Augusto Vazquez
Luis Augusto Vazquez 15.03.2019 18:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Basta colocar nas estatais gestores honestos. Somente isso! O problema é encontrá-los entre brasileiros.
Responder
1 0
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail