Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Wall Street se recupera após fortes quedas por ômicron

Itaú BBA eleva preço-alvo da Vivara e destaca potencial de crescimento da empresa

Ações19.10.2021 11:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Por Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - O Itaú BBA atualizou o seu preço-alvo para a Vivara (SA:VIVA3) para R$ 37 para o fim de 2022, mantendo a indicação de compra. Segundo o banco, a varejista de joias apresenta boa capacidade de execução, ganhos em escala e reforçou suas vantagens competitivas no contexto da Covid-19.

Às 10h57, as ações da Vivara caíam 1,03%, a R$ 29,87.

A empresa foi uma das poucas do setor que manteve uma posição de caixa confortável durante a pandemia, garantindo que os seus estoques ficassem abastecidos. A situação do caixa também leva o Itaú BBA a esperar que a Vivara acelere o seu crescimento por meio de aquisições no médio prazo.

LEIA MAIS: Interesse em turismo e varejo cresce entre os consumidores

Uma vez que a concorrência estava fragilizada no último ano e o mercado de joias no país é bastante fragmentado, o banco aponta que a varejista expandiu a sua participação no mercado, mas ainda há espaço para a sua consolidação.

Além disso, a Vivara impulsionou a sua transformação digital durante a pandemia, com as vendas online alcançando uma participação de 17% no total, se consolidando como uma ferramenta relevante para potencializar os negócios.

O Itaú BBA também destaca o fortalecimento do segmento Life, que corresponde a lojas em shoppings de regiões nobres e que tem como público alvo clientes mais jovens. Como o segmento Life é complementar ao da Vivara e focado em produtos de prata, com menor ticket médio, os analistas acreditam que a aceleração deste segmento deve ampliar os ganhos de participação de mercado da Vivara no longo prazo, impulsionando o crescimento da divisão no mix de vendas.

Itaú BBA eleva preço-alvo da Vivara e destaca potencial de crescimento da empresa
 

Artigos Relacionados

Empresa familiar Astra atinge R$ 1 bilhão de receita
Empresa familiar Astra atinge R$ 1 bilhão de receita Por Estadão Conteúdo - 29.11.2021

Aos 4 anos, Ana Oliva visitou pela primeira vez com o avô, Francisco, as instalações da Astra - empresa de material de construção por ele fundada em 1957 e hoje comandada por ela....

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Leandro Martins
Leandro Martins 19.10.2021 15:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O consumo de bens de luxo aumentaram mesmo! Uma minoria parte esta lucranso muito com essa situação de precos altos!!!
Reinaldo Lindo
Reinaldo Lindo 19.10.2021 13:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Porque minha irmã fez 20 anis de casada
joão batista de souza
joão batista de souza 19.10.2021 12:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Deve tá comprado aí recomendação
ricardo souza
ricardo souza 19.10.2021 12:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
está na top five do Itaú
Hugo Lima
Hugo Lima 19.10.2021 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mundo Inflacionado, perca de poder aquisitivo mundial, desemprego e incertezas políticas, contexto de baixa demanda para joias. Logo momento de venda até o mundo se reorganizar ou até as ações desta estiver com preço justo de mercado.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail