Últimas Notícias
Investing Pro 0
OFERTA de Ano-Novo: Até -40% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Petrobras sofre pressão para segurar preços até o 2º turno

Ações 06.10.2022 08:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Petrobras sofre pressão para segurar preços até o 2º turno
 
LCO
-0,07%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CL
-0,04%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PETR4
-2,21%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Membros da diretoria da Petrobras (BVMF:PETR4) receberam uma sinalização do governo Bolsonaro para que não haja reajuste no preço dos combustíveis até a realização do 2º turno das eleições, em 30 de outubro. Essa pressão sobre a petroleira foi ampliada depois que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep+) anunciou o corte na produção de 2 milhões de barris de petróleo por dia a partir de novembro, o que já provocou alta dos preços no mercado internacional. Esse é o maior corte desde abril de 2020, quando a pandemia de covid começou.

A investida do governo foi revelada pelo portal G1 e confirmada pelo Estadão. Em tese, pela atual política de paridade de preços, a Petrobras deveria repassar o aumento de custos com a compra do petróleo para os valores cobrados no mercado interno. O corte no preço dos combustíveis realizado nos últimos meses, porém, se transformou em bandeira política do presidente Jair Bolsonaro, que tenta a reeleição.

Em parte, a redução dos preços se deve ao corte de impostos nos Estados, já que o governo federal já tinha zerado suas alíquotas. A razão principal, no entanto, que puxou os preços para baixo foi a queda do preço do petróleo, que oscilava até dias atrás em cerca de US$ 87 o barril. Ontem, o do tipo Brent (que serve de referência para o Brasil) subiu 1,71% nos contratos para entrega em novembro, batendo em US$ 93,37. Especialistas no setor veem risco de que, nos próximos dias, o preço suba para a casa dos US$ 100.

Segundo o TD Securities, o corte anunciado pela Opep+ superou as expectativas, o que apoiou os preços negociados ontem. Já a analista Roberta Caselli, da Global X, afirmou que a redução na produção diária de petróleo pode renovar preocupações com a variação da inflação. O corte corresponde a cerca de 1% da oferta global da commodity. (Colaborou Gabriel Bueno da Costa)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Petrobras sofre pressão para segurar preços até o 2º turno
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (62)
Panela De Pressão
Panela De Pressão 08.10.2022 6:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
BOLSONARO É O MELHOR PRESIDENTE DO MUNDO
Panela De Pressão
Panela De Pressão 08.10.2022 6:57
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro é o melhor presidente do mundo
Naldo Rodrigo
Naldo Rodrigo 06.10.2022 16:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se a gasolina aumentar muito, vou trocar meu carro por um de boi, afinal tem tanto boisonaro por aí.
Naldo Rodrigo
Naldo Rodrigo 06.10.2022 16:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quero ver agora!se bem que o corte de produção é em novembro!
Suporte Compas
Suporte Compas 06.10.2022 11:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Que matéria tendenciosa. É aquela questão, quanto pior, melhor para esse tipo de jornal. Opep corta e no outro dia eles já querem que a Petrobras reajuste pra ferrar com os Brasileiros e faz reportagem para ferrar com o nosso Capitão.
Hélio VS
Hélio VS 06.10.2022 11:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Qual será a mentira q o "bovino" quem em questão cita? Interferência eleitoreira na estatal? OPEP já vem falando de redução na produção, aumento do preço e bla bla bla... será q 4anos de aumento seguidos e drástica redução pré-eleitoral na gasosa é mentira tb? Muuuuuuuuu
Naldo Rodrigo
Naldo Rodrigo 06.10.2022 11:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Deixa o boi!
Juan Souza
Juan Souza 06.10.2022 10:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Materia tendenciosa
Kátia Cilene Cilene
Kátia Cilene Cilene 06.10.2022 10:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Para nós brasileiros que conseguimos surpreender as previsões mais pessimistas, e a tática continua ou seja: Vamos publicar mentiras para desestabilizar o governo junto ao eleitor, apenas os eleitores do Luladrão vão acreditar.
Ronaldo Santos
Ronaldo Santos 06.10.2022 10:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
quanto mais os bolsonaristas do ódio ofendem, mais votos o Lula ganha. Eta gado burro.
marcos curelo
marcos curelo 06.10.2022 10:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem pretende ser governado por um bandido tem mesmo que paga R$ 30.00 no litro da gasolina bando de burros
Ueriks Roger
Ueriks Roger 06.10.2022 10:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
PL e PP estavam representandos na PETRO
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail