Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Presidente do Grupo Hyundai diz que planeja investir mais de US$ 1,1 bi no Brasil até 2032

Publicado 22.02.2024, 11:57
Atualizado 22.02.2024, 15:10
© Reuters.  Presidente do Grupo Hyundai diz que planeja investir mais de US$ 1,1 bi no Brasil até 2032

O presidente-executivo global do grupo Hyundai, Euisun Chung, anunciou que planeja investir mais de US$ 1,1 bilhão no Brasil até 2032, focados em tecnologia, principalmente em carros híbridos, elétricos e movidos a hidrogênio verde. O anúncio ocorreu em reunião de Chung com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quinta-feira, 22.

A reunião aconteceu no período da manhã no Palácio do Planalto e contou com a presença do vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, e da Casa Civil, Rui Costa, o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e Serviços (MDIC), Márcio Elias, o secretário de Desenvolvimento Industrial, Inovação, Comércio e Serviços do MDIC, Uallace Moreira, presidente e COO Global da Hyundai Motor Company e presidente e CEO da Hyundai e Genesis Motor América do Norte, José Muñoz, presidente e CEO da Hyundai Motor Américas Central e do Sul, Airton Cousseau.

De acordo com nota divulgada pelo Palácio do Planalto, o vice-presidente iniciou o encontro apresentando aos executivos da Hyundai os desenvolvimentos recentes das políticas industrial e energética brasileiras e a prioridade conferida à reindustrialização e à descarbonização.

"O CEO da Hyundai falou sobre a política de investimentos da empresa e destacou que planeja investir mais de US$ 1,1 bilhão no Brasil até 2032, concentrados em tecnologia, em particular a de carros híbridos, elétricos e movidos a hidrogênio verde, em convergência com o programa de Mobilidade Verde MOVER, do governo brasileiro", diz a nota.

De acordo com a publicação, Chung destacou a convergência de prioridades da Hyundai com as do governo brasileiro, em particular nas áreas da transição energética e da educação. "Destacou, nesse sentido, investimentos da empresa em programas de responsabilidade social voltados ao tratamento odontológico e ao reflorestamento nas áreas onde está instalada, além da formação básica e técnica de pessoal e do compartilhamento de tecnologias", acrescenta a nota.

No encontro, Lula manifestou interesse na realização de uma reunião bilateral entre Brasil e Coreia do Sul. "Lula Destacou que interessa ao país o debate multilateral sobre o impacto de novas tecnologias, como a inteligência artificial", declarou.

Em publicação nas redes sociais, o chefe do Executivo brasileiro postou uma foto da agenda. "O país estável e com futuro recebe mais investimentos. Recebi o presidente executivo da Hyundai Motor, Eui-Sun Chung, que anunciou que o grupo planeja investir mais de 1,1 bilhões de dólares até 2032 em tecnologia e em hidrogênio verde. Mais uma grande empresa crescendo em nosso País", escreveu.

Últimos comentários

LLLLLLLLLLLLL
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.