Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
👀 Invista igual ao Warren Buffett e lucre +174.3% acima do badalado S&P 500 Aproveite desconto de 40%

Saraiva quer 'ressuscitar' a marca Siciliano

Publicado 05.12.2022 05:26 Atualizado 05.12.2022 08:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters Saraiva quer 'ressuscitar' a marca Siciliano
 
SLED4
0,00%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
SLED3
0,00%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Na reta final para concluir sua recuperação judicial, que se arrasta desde 2018, a rede de livrarias Saraiva (BVMF:SLED4) vai tirar uma carta há muito tempo guardada na manga com o objetivo de retomar confiança do mercado. Em um projeto que vem sendo gestado nos últimos meses, a companhia está na reta final para relançar a marca Siciliano, que já foi uma das maiores livrarias do Brasil, adquirida pela Saraiva em 2008.

A decisão de reviver a Siciliano tem a ideia de mostrar que a companhia segue no jogo, sendo capaz de se reinventar e de ter uma subsidiária saudável sob o seu guarda-chuva.

Para levar o plano a cabo, no entanto, será necessário buscar um investidor para a empreitada, uma vez que a Saraiva hoje não tem fôlego financeiro. "A ideia é preservar a independência da nova empresa, já que a Saraiva possui passivos da recuperação judicial. Ou seja: não haverá contaminação", explica o presidente da Saraiva, Marcos Guedes.

A nova Siciliano deverá funcionar no sistema de franquias. E o plano de negócios está sendo desenhado pelo especialista em franchising Marcelo Cherto. "Serão 8 lojas no primeiro ano, 18 no segundo e 30 no terceiro. A meta é alcançar 80 lojas em cinco anos", afirma Guedes, que está aguardando a conclusão do plano de viabilidade para apresentar a ideia a investidores.

Das lojas previstas, a projeção é que 50% sejam novas e a outra parte venha de livrarias independentes que vão migrar para o nome Siciliano. A marca, incluindo seu design, não será a mesma da antiga rede de livrarias. Vai ganhar cara nova e terá semelhanças com o logo da Saraiva.

E a empresa não tem a ambição de entrar na briga por regiões mais concorridas, como a cidade de São Paulo, mas sim de atuar nas chamadas áreas secundárias, como o interior. Em seu auge a Saraiva teve mais de cem livrarias, sendo presença certa nos principais shoppings de São Paulo.

Visão

A rede de franquias da Siciliano será, na prática, uma subsidiária não integral da Saraiva. "O crescimento da Saraiva é mais lento, tem um carrego muito grande. Ela será beneficiada com dividendos dessa nova companhia, com diluição de custos administrativos", afirma o executivo.

Além desses ganhos, Guedes diz que, mesmo não ajudando a "empresa-mãe" diretamente, a Siciliano coloca novamente a Saraiva no ponto de atenção do mercado. Isso significa ter mais escala na compra de livros e poder de barganha com fornecedores.

Além dessa nova estratégia, a Saraiva voltou, após cinco anos de enxugamento, a abrir uma nova unidade no Shopping Aricanduva, em São Paulo. Guedes afirmou que as lojas da Saraiva tendem a ser menores e com mais presença de itens de papelaria.

Especialista no setor editorial, Eduardo Villela diz que a estratégia da Saraiva permitirá crescimento em número de lojas, mas com desembolso a cargo do franqueado. O especialista lembra que o sistema de franquias já é usado pela Nobel - o que prova a possível viabilidade dos planos da Saraiva para a Siciliano. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Saraiva quer 'ressuscitar' a marca Siciliano
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail