Libere dados premium: até 50% de desconto InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

2 ETF Podem se Beneficiar do Novo Pacote de Infraestrutura nos EUA

Publicado 06.08.2021, 14:48
USD/BRL
-
RIO
-
NUE
-
SLX
-
VALE
-
SLAB
-
VALE3
-
PKX
-
RIO
-
MT
-
AY
-
QRVO
-
ARMT34
-
DCIOU4
-
SIMS
-
CARR
-
N1UE34
-
Q1RV34
-

Publicado originalmente em inglês em 06/08/2021

Um novo acordo bipartidário de infraestrutura nos EUA pode receber sinal verde do Senado em breve. A iniciativa abrange transporte (ou seja, estradas, aeroportos, portos e estações de carregamento de veículos elétricos), banda larga e utilidade pública, como sistemas hídricos e de energia.

De acordo com um relatório recente da McKinsey:

“Em 2015, a secretaria de orçamento congressual estimou que, para cada dólar gasto em infraestrutura, benefício econômico foi de até US$2,20. O Conselho Americano de Assessoria Econômica calculou que US$1 bilhão de investimento em infraestrutura de transportes sustentaria 13.000 empregos por um ano. Além dos números, a infraestrutura é fundamental para a saúde e o bem-estar do país.”

À medida que aumentam os gastos com infraestrutura, diversas ações devem se beneficiar. Por isso, apresentamos hoje dois fundos com cotas negociadas em bolsa (ETFs) que fornecem acesso a uma carteira diversificada de empresas de infraestrutura e energia limpa.

1. VanEck Vectors Steel

  • Preço atual: US$63,40
  • Média de 52 semanas: US$29,47- 68,22
  • Retorno do dividendo (Yield): 1,30%
  • Taxa de administração: 0,56% por ano

O fundo VanEck Vectors Steel (NYSE:SLX) investe em empresas do setor de aço. O fundo começou a ser negociado em outubro de 2006 e possui um patrimônio líquido de US$191 milhões.

SLX semanal

Muitas indústrias ao redor do mundo dependem do aço. A Deloitte ressalta que, entre essas indústrias, estão: “o setor de defesa, transporte e engenharia pesada, energia e construção (incluindo aeronáutica e construção de navios). Além disso, a indústria de ferro e aço está estreitamente ligada à indústria química e leve”.

A China é a maior produtora de aço do mundo, seguida de Índia, Japão e EUA. Pelo lado da demanda, a China é o maior país consumidor da matéria-prima.

O SLX, que possui 26 participações, rastreia os retornos do índice NYSE Arca Steel. Um terço das empresas do ETF vem dos EUA. Em seguida temos Brasil (24,96%), Austrália (14,68%) e Holanda (9,38%). As 10 principais participações do fundo representam cerca de 73% da sua carteira.

Entre seus principais nomes estão: a produtora de minério de ferro Vale (SA:VALE3) (NYSE:VALE), a mineradora Rio Tinto (LON:RIO) (NYSE:RIO), bem como as fabricantes de aço e produtos derivados ArcelorMittal (NYSE:MT) (SA:ARMT34), Nucor (NYSE:NUE) (SA:N1UE34) e POSCO (NYSE:PKX).

No último ano, o ETF acumula alta de cerca de 122% e atingiu sua máxima plurianual em maio. Um grande número de empresas do fundo deve se beneficiar da demanda de aço para infraestrutura e o setor automotivo, não só dos EUA, mas também da China e Índia. Para investidores buy-and-hold, uma possível correção até US$60 melhoraria a margem de segurança.

2. SPDR S&P Kensho Intelligent Structures

  • Preço atual: US$46,26
  • Média de 52 semanas: US$30,96-49,00
  • Retorno do dividendo (Yield): 0,89%
  • Taxa de administração: 0,45% por ano

O fundo SPDR S&P Kensho Intelligent Structures (NYSE:SIMS) investe em empresas inovadoras que estão envolvidas em infraestrutura conectada e de inteligência. Essas empresas geralmente se concentram em edifícios inteligentes, redes de energia inteligentes e infraestrutura hídrica e de transporte inteligente.

SIMS semanal

O SIMS, que possui 54 participações, rastreia o índice S&P Kensho Intelligent Infrastructure. O fundo começou a ser negociado em dezembro de 2017. Sua alocação setorial é: equipamentos e componentes elétricos (13,03%), maquinário industrial (11,66%) e materiais de construção (8,99%). Os 10 principais nomes respondem por 26% do seu patrimônio líquido de quase US$51,7 milhões.

Entre as principais empresas em seu portfólio estão: Carrier Global (NYSE:CARR), fornecedora de soluções para edifício sustentáveis; o grupo de tecnologia Silicon Laboratories (NASDAQ:SLAB); a britânica Atlantica Sustainable Infrastructure (NASDAQ:AY), fornecedora de soluções de energia renovável; e a fornecedora de sistemas de radiofrequência Qorvo (NASDAQ:QRVO) (SA:Q1RV34).

O ETF gerou um retorno de 41% no ano passado e viu sua máxima histórica em junho. Acreditamos que o fundo pode continuar impulsionando a carteira dos investidores no futuro próximo. Um recuo até US$43 melhoraria o perfil de risco-retorno para compradores de longo prazo.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.