Últimas Notícias
0

A Responsabilidade Por Sua Aposentadoria é Sua

Por Terraço Econômico (Caio Augusto)Resumo do Mercado12.03.2019 10:30
br.investing.com/analysis/a-responsabilidade-por-sua-aposentadoria-e-sua-200225288
A Responsabilidade Por Sua Aposentadoria é Sua
Por Terraço Econômico (Caio Augusto)   |  12.03.2019 10:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Em tempos da tão discutida – e até então nunca aprovada – reforma previdenciária, o desespero bate à porta de muitos, que passam então a bradar: se as regras mudarem, como vou me aposentar?

Para começar, se você tem menos de 30 anos, a resposta é dura, mas real: esqueça a sonhada “aposentadoria do governo” que seus pais e avós já te falaram ou recebem. Ela é, literalmente, uma pirâmide de cabeça pra baixo.

Por funcionar em sistema de repartição, no qual em termos práticos quem está trabalhando contribui para quem já está aposentado, observamos uma viabilidade cada vez menor do sistema à medida que a quantidade de pessoas trabalhando se estabiliza e reduz e a quantidade de aposentados aumenta.

Você que já contribuiu uns bons 25-30 anos, fique tranquilo: o máximo que vai acontecer é você ter de trabalhar um pouco a mais do que faltava – esse é o tal “pedágio” que estão comentando em todos os lugares. Como se diz no juridiquês, esse já é um “direito adquirido” seu.

No fim das contas, quem sairá mais prejudicado é quem senta no banquinho dos que estão no meio da carreira, já tendo contribuído uns quinze anos e que vão pegar as maiores mudanças. Quem mais arcará diretamente com essa reforma são esses indivíduos.

Por mais difícil que seja ler isso, já parou para pensar que a responsabilidade por sua aposentadoria é totalmente sua? Não se trata de egoísmo, nem de uma tentativa de eximir o governo de sua responsabilidade social, principalmente com os mais necessitados. Mas apenas de uma reflexão que, quando mais jovem você for, mais deveria ter em sua mente para mudar hábitos a partir de agora.

Como já apresentado acima, você leitor(a) está ou nas proximidades de se aposentar (tendo de cumprir no máximo um pedágio a mais) ou distante de se aposentar (já tendo contribuído em parte ou mesmo tendo começado agora). Quanto mais distante você estiver, melhor será a notícia a seguir: o tempo está sempre a favor de quem poupa.

Duvida?

Vamos dizer que “João” nunca pensou em poupar. Ele curtiu a vida, financiou o seu carro, sofreu alguns perrengues e aos 35 anos, já casado e com o primeiro filho, ele achou que era importante pensar no futuro…então, fazendo as contas, viu que iria conseguir poupar R$ 500,00 por mês.

Considerando uma taxa de juros de 6% a.a.:

Aos 65, teria investido $186,000.00 e você teria agregado a isso $353,403.62 de juros. Ou seja, o seu saldo será $539,403.62.

Considere o seguinte cenário:

João, 20, menino serelepe pipão, cheio de sonhos, começa o seu estágio no banco com uma bolsa de R$ 2000,00.

Vamos dizer que ele comece a poupar 10% da bolsa voltado para o seu futuro a longo prazo.

10% não é um problema para alguém que não tinha renda antes….

Bom…vamos aos cálculos!

Se João poupar esses R$ 200,00 todo mês independente onde for: poupança, previdência, etc, sem falhar – não fazendo igual as suas dietas – teremos o seguinte cenário:

Considerando uma taxa de juros de 6% a.a.:

Aos 65, terá investido $110,400.00 e terá agregado a isso $477,262.59 de juros. Ou seja, o saldo será $587,662.59.

Observe:

  • O João com R$ 200,00/mês, por 45 anos, teve mais juros ganhos do que o João com R$ 500/mês por 30 anos. Ou seja, é a magia dos juros compostos a favor.

Comparação dos cenários
Comparação dos cenários

  • Mesmo investindo 2,5 vezes o valor mensal em um prazo menor e na soma do valor investido sendo 68% maior do que o caso anterior, o saldo final acabou sendo menor.

Evolução dos investimentos
Evolução dos investimentos

Emendando a isso, vamos fazer outra simulação com a primeira situação. Vamos simular agora com uma taxa de juros a 7%:

Aos 65, terá investido $110,400.00 e você terá agregado a isso $623.404,23 de juros. Ou seja, o seu saldo será $733.804,23.

Comparação da Evolução do Saldo com Taxas de Juros Diferentes
Comparação da Evolução do Saldo com Taxas de Juros Diferentes

Observe a diferença com um pequeno aumento na taxa de juros no investimento. Em um mês não traz grandes diferenças, mas no longo prazo o bolo fica maior.

Faça os seus cálculos:

Você não precisa parar de comer e viver de fotossíntese para poder poupar e ter uma vida estável financeiramente. Basta fazer a estratégia correta para o seu futuro: “Não pague juros. Receba juros”.

Não precisa ser muito, mas o importante é ser constante.

Se você não consegue poupar, use a dica do texto anterior: poupe primeiro e depois gaste. Faça um “débito automático” transferindo um valor fixo no mesmo dia que você receber o seu dinheiro para algum investimento. Você nem vai ver e quando se der conta, vai ver que já está com um valor que nunca imaginou estar.

As decisões que são tomadas hoje, quando você ainda possui força de trabalho e disposição para trabalhar definirão como será o seu futuro. Use o tempo a seu favor.

A Responsabilidade Por Sua Aposentadoria é Sua
 
A Responsabilidade Por Sua Aposentadoria é Sua

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 15.03.2019 15:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O piso salarial do brasileiro é de 4mil mês, mantendo os preços atuais, portanto o nosso amigo está certo em dizer que falta é esucação financeira.Vivo sempre no mundo da lua...
Responder
1 0
Jhonatan Henrique
Jhonatan Henrique 15.03.2019 15:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Educação financeira, a chave da questão.
Responder
0 1
Bruno Pires
Bruno Pires 14.03.2019 0:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Uma coisa que aprendi, e não foi da forma que eu queria, é nunca esperar e nem depender de ninguém. Então, penso eu, que independente do que venha acontecer, devemos já estar preparados buscando nós mesmos o nosso "seguro futuro" e não esperar que o que está fora da nossa zona de controle venha dar certo. Foque e faça aquilo que está sob seu controle. Sucesso para todos nós e um futuro próspero! Pode ser que falte só mais um passo para você passar da linha de chegada e vencer, então nunca desista, isso pode ser o seu maior arrependimento. Abraços!
Responder
1 0
Odair Pejon
Odair Pejon 13.03.2019 15:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
não é só a questão do tempo. a reforma mexerá com o cálculo do valor da aposentadoria, passando da média dos 80% dos maiores salários desde julho de 1994 para 100% da média deste período. então mesmo para quem já está para se aposentar e precisará cumprir. pequeno pedágio, está diferença no cálculo reduzirá em média 20% do valor da aposentadoria. tem muita gente falando só dá idade mínima e se esquecendo deste importante cálculo. portanto se vc já pode se aposentar pelas regras atuais mesmo utilizando o fator previdenciário talvez seja muito mais vantajoso do que esperar mais dois ou três anos.
Responder
0 0
Odair Pejon
Odair Pejon 13.03.2019 15:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
não é só a questão do tempo. a reforma mexerá com o cálculo do valor da aposentadoria, passando da média dos 80% dos maiores salários desde julho de 1994 para 100% da média deste período. então mesmo para quem já está para se aposentar e precisará cumprir. pequeno pedágio, está diferença no cálculo reduzirá em média 20% do valor da aposentadoria. tem muita gente falando só dá idade mínima e se esquecendo deste importante cálculo. portanto se vc já pode se aposentar pelas regras atuais mesmo utilizando o fator previdenciário talvez seja muito mais vantajoso do que esperar mais dois ou três anos.
Responder
0 1
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 13.03.2019 11:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quero ver fazer essas continhas de chuvas douradas para quem não tem emprego estável e ganha pouco
Responder
5 1
Bruno Pires
Bruno Pires 13.03.2019 11:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Verdade meu amigo!Mas você concorda que, se bem analisado, há despesas dispensáveis, como um cafezinho de 2 reais, que no final do mês pode dar cerca de 50 reais de despesas. Tente encontrar alguma despesa (coisas não essênciais) e veja quanto sobra a mais no mês. E, pense comigo, se todo mês nos sacrificamos para pagar as contas (seja as básicas como água e luz ou seja outras, que talvez sejam dispensáveis), podemos também nos sacrificar um cadinho a mais para conseguir 50 reais que sejam a mais no mês. Eu sei bem que você consegue meu amigo, certeza que você tem um potêncial incrível!Se você aplicar apenas 50 reais por mês com o juros anual de 6%, isso vai te render, por exemplo, daqui a 30 anos quase 50 mil. É pouco? É só esperar mais. Por exemplo, se continuar a fazer isso por mais 10 anos (totalizando 40 anos), você praticamente dobra esses 50 mil, se tornando um pouco mais que 96 mil.Faz assim, vai no google e pesquisa calculadora de juros composto e faz o teste. Sucesso ai!
Responder
1 1
William Assumpção
William Assumpção 13.03.2019 11:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bruno Pires , se considerarmos uma inflação anual de 4% ao ano, esses 96 mil equivaleriam a qto, em valores atuais? Ademais, um investimento de 96 mil em uma previdência privada possibilitariam um rendimento de qto por mês.. . A questão aqui é: p um trabalhador q recebe 998 reais/mês em uma cidade média/grande é impossível fazer poupança. O aluguel de um quarto e sala em uma comunidade como a Maré, no RJ, custa 600 reais/mês. E essa é a realidade de uma parcela significativa da população do país.
Responder
0 1
Valeria Nogueira
Valeria Nogueira 13.03.2019 9:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se o João colocar seu dinheiro na poupança , que hoje rende 0,37 a.m.,  ele terá ao final dos 45 anos de contribuição um pouco mais de  343 mil....  Sabendo-se que a poupança não costuma repor nem a inflação  do período acho que só resta começar a rezar pelo João desde já, pois ele vai estar bem ferrado na sua velhice
Responder
2 2
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 13.03.2019 9:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sério? Sr.João deve ser agente do mercado financeiro, emprego estável e privilegiado
Responder
2 1
Saptarsi Mondal
Saptarsi Mondal 13.03.2019 7:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só que não considerou a inflação durante o período. Tudo vai virar pó. Juros e inflação real nunca foram equiparadas. Sim. A aposentadoria é responsabilidade de quem sonhar para aposentar (não produzir). Quem sonha para aposentar, também não produz quando trabalha. Apenas trocam tempo com tempo. Qual é resposta então? Nenhum com atual paradigma sentado no psique dividido entre direita e esquerda...Qual seria o oposto da palavra POBRE? 99,99% responderia que é RICO. A resposta é NOBRE....Tanto POBRE, quanto RICO estão cheio das necessidades sem fim. Necessidades criadas artificialmente para fomentar consumo e lucro consequente. Estes precisam aposentadoria. O NOBRE tem poucas necessidades. E ele nunca aposenta. Porque produção, criação e participação é habito dele.
Responder
4 0
Lars Ragnarson
Lars Ragnarson 13.03.2019 0:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Neste país onde a maioria da população recebe um salário mínimo, mesmo quando recebe mais, acaba sendo todo dragado por altos impostos e altos custos, poupar R$ 500,oo., é uma realidade muito distante para no mínimo 80% da população!
Responder
3 2
Bruno Henry Pedreira
Bruno Henry Pedreira 12.03.2019 19:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
INSS é uma Bolha financeira! Isso mesmo uma bolha invesamente proporcional á pirâmide demográfica. Daqui a alguns anos teremos mais aposentados do que jovens contribuindo pois a população está envelhecendo e as pessoas não estão mais tendo filhos! É so questão de tempo, de mais algumas gerações para a bolha estourar!A lógica da previdência privada é mais eficiente, eu contribuo para mim mesmo e receberei o que poupei. INSS não tem sustentação lógica!Se engana quem acha que sou banqueiro, quem vôs fala é mais um mero contribuinte compulsório!
Responder
5 4
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 12.03.2019 19:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Velho discursinho pró-mercado.
Responder
8 4
Alex Lumertz Damiani
Alex Lumertz Damiani 12.03.2019 17:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
faz um cálculo aí que mostre isso, pq tem que ter um salário muito bom para teus rendimentos financiar sua aposentadoria, pelo menos não com esse juro de poupança.
Responder
4 4
Danilo Horio
Danilo Horio 12.03.2019 17:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Jura que voce ta falando de "juro de poupança" num artigo no investing? No longo prazo a diferença entre recursos acumulados na poupança vs outros investimentos é gritante em muitos casos! 30 anos investindo proporciona um bom completomento de aposentadoria sim
Responder
0 0
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 12.03.2019 17:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pois bem, vejamos, empregos precários, desemprego, salários baixos, muita gente mal recebe pra necessidades básicas. Vcs estão de Brasil ou num Eldorado?
Responder
11 7
Juliana Mendes
Juliana Mendes 12.03.2019 17:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
INSS é compulsório. Essa conversinha mole de "só quem tem menos de tantos anos" é que irá se ferrar, é conversa (a maioria dos trabalhadores estão na faixa do "vão se ferrar"). E o que foi descontado em folha por 20 anos? Vai virar em nada, é isso mesmo? Essa gente "do mercado" (rentistas) deveriam guardar silêncio com coisas que não afetam suas vidas. Querer tratar por "normal", o ROUBO da tal reforma é cinismo demais, até para "gente do mercado". Pressionem então por indenização a quem contribuiu até agora, já que o que importa pra essa caterva é $.
Responder
9 4
Osmar Junior
Osmar Junior 12.03.2019 17:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O problema é que (infelizmente) nossa contribuição por longos anos não ficam nos aguardando numa conta à nossa espera, na velhice. O governo, com seu dedo podre, gasta(ou) nosso dinheiro para pagar os aposentados da vez e em despesas extras, como obras públicas diversas.
Responder
1 2
Bruno Henry Pedreira
Bruno Henry Pedreira 12.03.2019 17:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sistema não funciona, previdência é uma pirâmide financeira inversamente proporcional à pirâmide demográfica! Quem acha que tem salvação está perdido! É insustentável hoje e será insustentável depois da reforma! A população está envelhecendo e as pessoas não estão tendo mais filhos, quem financiará a aposentadoria de nossos filhos daqui a alguns anos para cada 10 aposentados existem 7 contribuintes? A lógica da previdência privada que deveria ser implantada, doa a quem doer! Tudo que fizerem só estará inchando mais e adiando a explosão de uma bolha!
Responder
1 3
Osmar Junior
Osmar Junior 12.03.2019 17:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns, Caio, pelo excelente artigo. É uma reflexão crucial, que tenho feito e praticado diuturnamente (pois, com 29 anos, estou na faixa etária maleficiada). Pena que a (grande) maioria só darão conta do problema daqui alguns e tardios anos. Abraços.
Responder
1 0
Rômulo Mafra
Rômulo Mafra 12.03.2019 17:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
cada um deveria ter sua previdência, o desconto continuaria sendo compulsório, porém o investimento deveria ser opção do trabalhador. teseuro, previdência privada, fundos de investimentos, CDBs,LCI,LCA e por ai vai...
Responder
1 2
Rômulo Mafra
Rômulo Mafra 12.03.2019 17:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
cada um deveria ter sua previdência, o desconto continuaria sendo compulsório, porém o investimento deveria ser opção do trabalhador. teseuro, previdência privada, fundos de investimentos, CDBs,LCI,LCA e por ai vai...
Responder
0 2
Gabriel Campanha
Gabriel Campanha 12.03.2019 17:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pensamento de gente do mercado é insano
Responder
3 3
Osmar Edgar Spode
Osmar Edgar Spode 12.03.2019 17:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A responsabilidade é minha??????? por que descontar o INSS dos meus vencimentos.... deixa que eu aplico esse valor.... com certeza terei uma aposentadoria muito melhor que esses governos corruptos oferecem e em muito menos tempo.
Responder
5 1
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 12.03.2019 16:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A responsabilidade é minha ??? Então sou contra a reforma da previdência. Não quero sustentar rentistas...
Responder
5 3
João Marco Salvador
João Marco Salvador 12.03.2019 16:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu tenho 20 anos de contribuição e 35 de idade. Pelo que entendi eu sou um daqueles que vai pagar a conta.
Responder
2 0
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 12.03.2019 16:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sim, você vai pagar a conta sozinho, os privilegiados continuarão na boa e mercado financeiro sorrindo no Caribe. Kkkk
Responder
3 3
João Marco Salvador
João Marco Salvador 12.03.2019 16:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu tenho 20 anos de contribuição e 35 de idade. Pelo que entendi eu sou um daqueles que vai pagar a conta.
Responder
1 0
Clóvis José Perinazzo
Clóvis José Perinazzo 12.03.2019 16:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Na verdade a tal aposentadoria é enganação. Qdo vc se aposenta e contínua a trabalhar, o desconto não é devolvido, como ocorre com o FGTS.Quem fez estatística aprendeu q quem contribui durante 35 anos, gera um saldo suficiente para pagar sua aposentadoria e ainda sobra.Além do q já estão a + de 4 anos falando q a reforma dá previdência é a salvação do Brasil, então vamos parar com a enrolação no congresso e resolver isso logo.Congresso q só começou em 01.02.2019. como um País pode ser sério com esta corte de marajas a subir os próprios salários, enquanto os assalariados e aposentados não tem aumento.
Responder
2 1
Alex Lumertz Damiani
Alex Lumertz Damiani 12.03.2019 16:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
faz um cálculo aí que mostre isso, pq tem que ter um salário muito bom para teus rendimentos financiar sua aposentadoria, pelo menos não com esse juro de poupança.
Responder
0 0
Henrique Teles Ribeiro
Henrique Teles Ribeiro 12.03.2019 16:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
1° ponto - O cara que ganha um salário mínimo e sustenta a casa pagando aluguel pode não conseguir fazer isso, porém acredito que o público alvo da matéria, sejam as pessoas que tem a capacidade de poupar e não o fazem por displicência ou falta de educação financeira mesmo.2° - Pesquise um pouco sobre a reforma e vc vai descobrir que os mais afetados com ela são de fato os políticos e funcionários públicos que contribuem ao longo da vida menos do que recebem.
Responder
1 1
Emerson Oliveira
Emerson Oliveira 12.03.2019 16:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu nao poupei 1 real dos 16 aos 25, independente do meu salario, hoje pago aluguel, minhas contas e poupo 30% do que ganho depois da mudança de postura. . mesmo com salario minimo é possivel poupar, nem que seja 50 reais por mes mano.
Responder
1 0
João Roberto
João Roberto 12.03.2019 16:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
a responsabilidade sobre a aposentadoria é do estado, caso contrário n desconte o INSS e deixe está opção facultativa, seria ótimo.
Responder
9 7
Carlos Ramos Carneiro
Carlos Ramos Carneiro 12.03.2019 16:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Então fique dependendo do Estado para vc ver se vai conseguir sobreviver na sua velhice. Kkkkkk cada uma kkk
Responder
1 1
João Roberto
João Roberto 12.03.2019 16:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
a responsabilidade sobre a aposentadoria é do estado, caso contrário n desconte o INSS e deixe está opção facultativa, seria ótimo.
Responder
1 0
Mostrar mais comentários
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail