Garanta 40% de desconto
🚨 Os mercados estão em baixa. Descubra ações subvalorizadasDescubra ações agora mesmo

Análise fundamentalistas de ações: Caso Bradesco

Publicado 09.02.2024, 10:00
Atualizado 09.07.2023, 07:32

Nesse texto, analiso, de forma acadêmica, a ação BBDC3 (BVMF:BBDC3). Que os dois grandes bancos privados do Brasil vêm enfrentando dificuldades desde a pandemia não é uma informação nova para ninguém. O Itaú (BVMF:ITUB4) não bateu a máxima histórica de cerca de R$ 32 por ação obtida em 2019, embora tenha se recuperado. O Bradesco (BVMF:BBDC4) pior ainda, com o papel amargando uma queda de mais de 50% comparado com o pré-pandemia. Esse artigo visa analisar o Bradesco e verificar se ele ainda é boa compra ao preço atual.

Primeiramente, a ação do Bradesco teve uma alta devida ao fechamento de capital (OPA) da Cielo (BVMF:CIEL3), fechamento esse que será executado juntamente com o Banco do Brasil (BVMF:BBAS3). Porém, esse movimento de alta foi muito curto, com as ações despencando devido a um resultado bastante ruim do banco. O lucro líquido do quarto trimestre de 2023 foi 38% abaixo do resultado do trimestre anterior, com o resultado acumulado de 2023 sendo 21% menor do que 2022.

O comunicado do Bradesco, que é enviado justamente com as demonstrações financeiras, divulga que o banco vem reduzindo o risco da sua carteira de crédito, o que deve diminuir a sinistralidade dos recebíveis, porém ao mesmo tempo também diminui a margem do banco, tendo em vista que esses créditos possuem taxas de juros menores.

A grande questão que envolve o Bradesco é, já que o lucro de 2023 foi cerca de 21% menor que o de 2022, como será o lucro de 2024, cujas receitas serão impactadas pela limitação dos juros do rotativo? Embora essa seja uma questão sistêmica a todos os bancos, o Bradesco tende a sofrer mais com essa limitação devido a uma estrutura de custos menos eficiente do que Itaú ou até mesmo do que o Banco do Brasil.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Tendo em vista o preço da ação ordinária de R$ 12,52 e levando em conta um guidance de dividendos (JCP líquidos de IR com alíquota de 15%) da ordem de R$ 1,79 por ação ordinária, o preço médio descontado daqui a 12 meses é de R$ 10,73, o que dá uma margem de segurança de cerca de 15% para a ação em um horizonte de um ano. 

Além disso, tendo em vista que o P/VPA da ação está em 0,8, e, portanto, uma ação ordinária possui valor patrimonial acima do valor de mercado (R$ 15,62 de valor patrimonial versus R$ 12,52 de valor de mercado), a ação é uma compra a valores atuais a fim de se executar um trade de valor.

Já que a ação possui margem de segurança até R$ 10,73 para 12 meses, um stop loss é possível na casa de R$ 9,50 por ação e um preço alvo de realização de lucro seria de R$ 15,00 (20% de retorno sobre o valor atual mais os dividendos recebidos durante o período de investimento, porém com um P/VPA na casa de 0,95).

Um grande ponto que demonstra uma certa irracionalidade do mercado com o Bradesco é que o P/VPA do Banco do Brasil é também exatamente de 0,8. O Banco do Brasil possui características de riscos sistemáticos muito mais evidentes do que o Bradesco, devido à natureza estatal da empresa. Se analisarmos o P/VPA do Santander (BVMF:SANB11), esse é um valor de 0,94, muito mais em linha com o esperado para o Bradesco do que os atuais 0,80. O preço alvo de R$ 15,00 está em linha com o P/VPA do Santander.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Como toda análise de um trade de valor, devem existir catalizadores para que o valor intrínseco volte à paridade com o valor de mercado. Existem dois possíveis catalizadores para que o P/VPA da empresa volte a casa dos 0,90. Primeiramente é a redução da SELIC, que aqueceria o mercado de crédito, especialmente o imobiliário, impactando positivamente o lucro do Bradesco. O segundo catalisador é o fechamento de capital da Cielo, o que potencializaria sinergias, especialmente com o fato de que o fechamento de capital da Cielo está sendo realizado em um preço muito interessante para o Bradesco, com um prêmio mínimo para os minoritários.

Como todo texto meu aqui no Investing.com, este é um material didático e acadêmico que explicita como uma análise fundamentalista de uma ação e uma comparação de uma empresa com seus pares pode ser feita, sem esse texto ser uma recomendação de compra ou venda.

Para fins didáticos, me comprometo a escrever um novo texto aqui no Investing.com após a divulgação dos resultados do quarto trimestre de 2024, a fim de demonstrar que pontos dessa análise estavam corretos e em quais pontos me equivoquei.

Últimos comentários

Gostei parabens Leite
Quando eu manso no agora que apareceu aqui, é que é pra você falar
não há que energia elétrica
Medicina fraca e medicina forte, manda vaa.
ví a coluna, sobre leitura de carreira e colunaa abstrata, dando time de forma a esportes equivalesse a premio, subiu mais em alta nos livros da vida,e a foto de que sobre duas caí meu dinheiro. incrível como não sabemos a idéia de sabedoria.
Ví minha foto
Rumo aos 10k ações
sigo aportando
Otimo artigo, Parabéns!!
Está quase na hora de entrar .
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.