Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Após correção em novembro, dólar encontrará suporte antes do ano-novo?

Por Investing.com (Günay Caymaz)Câmbio04.12.2023 11:35
br.investing.com/analysis/apos-correcao-em-novembro-dolar-encontrara-suporte-antes-do-anonovo-200461225
Após correção em novembro, dólar encontrará suporte antes do ano-novo?
Por Investing.com (Günay Caymaz)   |  04.12.2023 11:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
EUR/USD
-0,02%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
XAU/USD
+0,55%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
Gold
+0,74%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DXY
0,01%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
  • Após uma correção em novembro, o Índice Dólar se estabilizou próximo ao patamar de 103 pontos.

  • Já o EUR/USD espera os sinais da fala de Lagarde para definir seu rumo.

  • O ouro, por sua vez, teve uma leve queda depois de uma alta expressiva que o levou a níveis recordes.

  • Deixou passar a Black Friday? Não tem problema, o InvestingPro ainda está com um desconto imbatível de até 60%. Aproveite.

O Índice Dólar passou por uma correção em novembro, após perder força na tendência de alta. A moeda americana rompeu o intervalo entre 105 e 107 pontos que se mantinha desde outubro.

O DXY se estabilizou em torno dos 103 pontos, recuperando-se parcialmente de uma zona de suporte crítica, após cair quase 4% no mês anterior.

No gráfico diário, o DXY rompeu o suporte-chave na média de 105,3 pontos.

A trajetória de baixa se estendeu até o nível de retração de Fibonacci de 61,8% em relação à alta recente, registrando um forte rebote nesse ponto, que coincide com a média de 102,5 pontos.

Ao observar reações em outros níveis de retração de Fibonacci de 104,2 e 103,4 pontos durante a queda de novembro, a resposta mais decisiva ocorreu no nível de 61,8%.

Apesar disso, a tendência geral parece ser de baixa. O índice dólar, que se recuperou de 102,5 pontos, enfrenta resistência em 103,4 pontos, junto com o valor da média móvel exponencial de 8 dias, formando esse nível como uma barreira dinâmica.

DXY diário
DXY diário



Para uma recuperação do dólar, a região de 103 pontos precisa ser superada com firmeza nesta semana. Embora um salto nesse ponto possa levar o índice dólar até a região de 104,5 pontos, o índice pode encontrar uma resistência mais forte nesse nível e mudar sua direção novamente para baixo.

Por outro lado, a tendência atual permanece válida, indicando que o enfraquecimento do dólar pode continuar. Isso significa que será difícil romper a faixa de 103 pontos, enquanto o DXY tem mais chances de testar novamente o suporte de 102,5 pontos. Um possível rompimento acelerará a tendência de baixa e podemos ver o dólar se enfraquecer em direção à região de 101 pontos.

No último dia útil da semana passada, as declarações de Powell foram vistas como cautelosas. Ainda que o presidente do Fed tenha reconhecido que a política monetária gerou um aperto na economia, destacou que as taxas de juros já chegaram à zona restritiva. Com isso, apesar de reafirmar a possibilidade de um aumento se necessário, o mercado está convencido de que o ciclo de alta das taxas de juros terminou.

Os dados econômicos a serem divulgados nesta semana trarão sinais importantes sobre a economia dos EUA. Os dados de geração de empregos urbanos da ADP na quarta-feira serão acompanhados de perto como um indicador antecedente dos dados oficiais do mercado de trabalho a serem divulgados na sexta-feira. Além disso, os dados de PMI e pedidos iniciais de seguro-desemprego a serem anunciados ao longo da semana podem ser decisivos para o rumo do índice dólar.

O relatório de emprego a ser divulgado na sexta-feira será relevante para a decisão de taxa de juros do Fed a ser anunciada em 13 de dezembro.

Discurso de Lagarde é decisivo para o rumo do euro contra o dólar

O euro recuou contra o dólar para a faixa de 1,085 na semana passada, após enfrentar uma forte resistência no nível de 1,1 dólares, interrompendo sua recuperação frente ao dólar.

EUR/USD
EUR/USD



A queda foi motivada pelo recuo de 2,4% na inflação de novembro na zona do euro e pelo sinal do Banco Central Europeu (BCE) de que poderia reduzir as taxas de juros mais cedo do que o esperado. Por isso, o discurso da presidente do BCE, Lagarde, nesta segunda-feira é crucial para definir a direção do euro. Lagarde deve dar pistas sobre a situação das taxas de juros antes dos dados econômicos da zona do euro nesta semana, que podem influenciar o preço do euro.

No gráfico do EUR/USD, observa-se que o par tem um suporte no nível de 1,085 no curto prazo, enquanto uma mensagem firme do BCE pode impulsionar o euro em relação ao dólar. Tecnicamente, o valor médio de 1,096 se destaca como o primeiro ponto de resistência. Se o par superar esse preço, pode se estabilizar na faixa de 1,10 - 1,12 até o final do ano. Na parte inferior, abaixo de 1,085, o nível de 1,076 pode surgir como um suporte mais forte por enquanto.

Ouro precisa manter suporte a US$ 2.070 para buscar US$ 2.200

Na semana passada, os investidores buscaram o ouro como alternativa de rendimento, diante do aumento dos riscos geopolíticos com o fim do cessar-fogo e da baixa demanda pelo dólar.

Ouro diário
Ouro diário


Com a expectativa de que o corte da taxa de juros nos EUA poderia ocorrer mais cedo, os investidores quiseram se posicionar antes do fim do ano, aumentando a demanda pelo metal precioso.

O ouro, que mudou de direção em outubro com o início dos confrontos entre Israel e Hamas, teve uma correção parcial na primeira metade de novembro com a diminuição do risco geopolítico e atingiu um novo recorde ao subir para US$ 2.150 antes do horário de negociação asiático desta segunda-feira, com o suporte da faixa de US$ 1.930. O metal amarelo recuou rapidamente do seu nível máximo no início da semana, mostrando volatilidade, e caiu para US$ 2.060.

Em uma perspectiva mais ampla, o ouro parece ter retomado o seu último pico em maio. Assim, se o suporte de US$ 2.070 for mantido, a lacuna até US$ 2.150 pode ser preenchida durante a semana. Se o fechamento semanal ficar acima de US$ 2.150, o ouro pode avançar para a faixa de US$ 2.180 e depois US$ 2.200 até o final do ano.

Se o suporte de US$ 2.070 não for mantido após o recuo rápido, o ouro pode sofrer uma correção em direção à faixa de US$ 2.010 durante a semana. Para o mercado de ouro, a situação geopolítica e os dados econômicos dos EUA que podem afetar a perspectiva das taxas de juros serão acompanhados de perto durante toda a semana.

***

Você pode saber facilmente se uma empresa atende o seu perfil de risco realizando uma análise detalhada dos seus fundamentos no InvestingPro, plataforma mais completa do mercado para gestão de portfólio e análise fundamentalista.

A boa notícia é que o InvestingPro ainda está com um desconto incrível de até 55%. Aproveite já a chance de assinar a plataforma pelo preço mais baixo do ano.

Aviso: Este artigo tem fins meramente informativos e não constitui qualquer oferta ou recomendação de investimento.

Após correção em novembro, dólar encontrará suporte antes do ano-novo?
 

Artigos Relacionados

Após correção em novembro, dólar encontrará suporte antes do ano-novo?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Rafael De Pereira
Rafael De Pereira 04.12.2023 13:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Faz o L.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail