Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Balanços do 4º tri: quais bancos dos EUA podem surpreender amanhã?

Publicado 11.01.2024, 14:40
Atualizado 02.09.2020, 03:05

A temporada de balanços trimestrais começa amanhã, com a divulgação dos resultados de alguns dos maiores bancos dos EUA, como JPMorgan Chase (NYSE:JPM), Bank of America (NYSE:BAC) e Citigroup (NYSE:C), antes da abertura do pregão.

Para entender melhor o desempenho dessas instituições financeiras, vamos usar nossa nova e exclusiva ferramenta: ProTips.

ProTips, disponível somente para assinantes do InvestingPro, são insights rápidos e fáceis de entender, que simplificam os dados históricos complexos de um ativo, permitindo que você avalie rapidamente os riscos e identifique tendências ocultas.

ProTips foi desenvolvido para investidores e traders de todos os níveis, e poupa tempo e trabalho ao transformar os dados de uma empresa em observações concisas.

Por isso, recomendamos que você consulte os ProTips ao analisar uma empresa, especialmente em época de divulgação de balanços. Neste artigo, vamos mostrar como fazer isso, avaliando o melhor banco para investir na temporada de resultados.

Análise dos Resultados dos Bancos

O setor bancário deve se recuperar este ano, segundo Wall Street, com o aquecimento do mercado de IPO e a maior emissão de títulos. Por isso, os resultados e as análises dessas atividades podem indicar quais papéis são oportunidades ou riscos.

Além do LPA (Lucro por Ação) e das vendas, os investidores devem observar a receita líquida de juros e a margem líquida de juros, que mostram o desempenho dos bancos no segmento de crédito.

Um crédito robusto pode elevar as projeções de lucros para o restante do ano. Outro aspecto relevante é o banco de investimento das instituições financeiras.

Veja a seguir as métricas com ProTips:

JP Morgan (JPM)

Os resultados serão divulgados na sexta-feira e a estimativa dos analistas é de um LPA de US$ 3,61, abaixo dos US$ 4,33 do trimestre anterior, mas levemente superior ao mesmo período do ano passado.JPM - resultados

Fonte: InvestingPro

As receitas devem atingir US$ 39,72 bilhões, um pouco menos que no trimestre anterior, mas 15% mais que no ano passado.

Dados do InvestingPro apontam que o JPM superou as expectativas em LPA e receitas com folga nos últimos 5 trimestres seguidos.

O que os ProTips nos dizem sobre os pontos fortes e fracos do JP Morgan?

Como você pode ver na imagem abaixo, todos os ProTips para o JP Morgan são bastante positivos.ProTips JPM

Fonte: InvestingPro

ProTips nos dizem que a empresa tem alta qualidade de lucros, com fluxo de caixa livre superior ao lucro líquido.

A página detalhada da métrica FCL/Lucro Líquido para as ações do JP Morgan mostra isso:JPM - receita

Fonte: InvestingPro

Outro ponto forte destacado pelos ProTips é o fato de que o crescimento dos lucros da empresa acelerou.

ProTips revelam que o crescimento de receita de 12 meses do JPM foi de 18,1%, entre outros detalhes-chave.JPM - FCL

Fonte: InvestingPro

Bank of America (BAC)

O Bank of America deve registrar uma queda de 27,8% no lucro por ação (LPA) no próximo trimestre, de acordo com a média das estimativas dos analistas consultados pelo InvestingPro. O LPA esperado é de US$ 0,65, ante US$ 0,90 no trimestre anterior e US$ 0,85 no mesmo período do ano passado.BAC - resultados

A receita do banco também deve recuar 5,4%, para US$ 23,81 bilhões, abaixo dos US$ 25,167 bilhões registrados no trimestre anterior e dos US$ 24,532 bilhões no mesmo trimestre de 2023.

ProTips: pontos fortes e fracos do Bank of America

Segundo os ProTips do InvestingPro, o Bank of America apresenta um perfil misto de pontos fortes e fracos:ProTips BAC

Por um lado, o banco teve um crescimento de 5,7% na receita nos últimos 12 meses, superando a média do setor.BAC - receita

Por outro lado, o banco viu sua dívida total aumentar por vários trimestres seguidos, chegando a 20,5% no último trimestre.BAC - Desempenho

Citigroup (C)

O Citigroup deve sofrer uma forte queda de 49,3% no lucro por ação (LPA) no próximo trimestre, segundo a média das estimativas dos analistas consultados pelo InvestingPro. O LPA esperado é de US$ 0,77, ante US$ 1,52 no trimestre anterior e US$ 1,16 no mesmo período do ano passado.Citi - próximos resultados

A receita do banco também deve diminuir 6,8%, para US$ 18,771 bilhões, abaixo dos US$ 20,139 bilhões registrados no trimestre anterior, mas ligeiramente acima dos US$ 18 bilhões no mesmo trimestre de 2023.

Como os ProTips avaliam o desempenho do Citigroup?

Os ProTips do InvestingPro indicam que as ações do Citigroup têm um perfil desfavorável, com poucos indicadores positivos.ProTips C

Fonte: InvestingPro

O único ponto forte é o aumento expressivo do preço da ação nos últimos três meses, acompanhado de uma leve aceleração do crescimento da receita, que foi de 2,3% nos últimos 12 meses:Receita

Fonte: InvestingPro

O ponto fraco mais evidente é a avaliação da empresa, que sugere um retorno de fluxo de caixa negativo, de -61,8% nos últimos 12 meses, conforme os detalhes do ProTip.FCL

Preço-justo, estimativas de analistas e solvência

Para complementar a análise, é interessante verificar os resultados dos modelos de valorização, as estimativas dos analistas e a solvência de JPM, BAC e C.

Criamos uma Lista de Favoritos do InvestingPro, com os dados relevantes para essa comparação:Favoritos - bancos

Fonte: InvestingPro

Bank of America se destaca como a ação mais subvalorizada, com um potencial de valorização de 23,6%.

JP Morgan tem a melhor perspectiva segundo os analistas, que projetam um crescimento de 11,1% para a ação em 12 meses.

Além disso, JP Morgan também tem a melhor nota de solvência, classificada como "muito boa".

Conclusão

Entre os três bancos analisados neste artigo, JP Morgan se sobressai como o mais sólido.

Porém, um aspecto negativo é que o seu preço de mercado está em linha com o valor justo estimado pelo InvestingPro.

Assim, vale a pena acompanhar a revisão do valor justo após a divulgação dos resultados de amanhã, antes de tomar uma decisão de investimento.

***

Aproveite os benefícios dos ProTips do InvestingPro e de muitos outros serviços, como as estratégias de inteligência artificial ProPicks na plataforma InvestingPro com até 50% de desconto, até o fim do mês!

Aviso: Este artigo tem apenas caráter informativo; não representa solicitação, oferta ou recomendação para investir em qualquer tipo de ativo. Lembre-se de que os ativos são avaliados sob diversas perspectivas e apresentam alto risco, e que a decisão de investimento e o risco associado são de responsabilidade do investidor.

Últimos comentários

Artigo muito esclarecedor.
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.