Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Commodities nesta Semana: Cenário para Petróleo e Ouro Antes do Payroll

Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)Commodities02.08.2021 09:37
br.investing.com/analysis/commodities-nesta-semana-cenario-para-petroleo-e-ouro-antes-do-payroll-200443696
Commodities nesta Semana: Cenário para Petróleo e Ouro Antes do Payroll
Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)   |  02.08.2021 09:37
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Publicado originalmente em inglês em 02/08/2021

Chegou a hora novamente da divulgação do relatório mensal de empregos nos EUA. E a direção do ouro, petróleo e outras commodities importantes pode estar atrelada à saúde do mercado de trabalho na maior economia do mundo.

Pode-se dizer que o relatório de empregos nos EUA mantém os mercados como reféns até sua divulgação.

Mas este relatório de julho pode ter uma importância incomum por três razões: primeiro, mostrará como os EUA estão contratando em meio à suspeita de que o auxílio governamental aos desempregados esteja mantendo muitas pessoas fora do mercado de trabalho. Segundo, será um referendo da economia americana diante do repique de casos de Covid por causa da variante Delta. E terceiro, também demonstrará se a economia do país segue em crescimento, no momento em que a atividade chinesa arrefece.

Os dados industriais da China, divulgados na segunda-feira, mostraram que a atividade teve, em julho, a mais lenta expansão em 17 meses, por causa do maior peso dos custos de matérias-primas, manutenção de equipamentos e clima extremo sobre a atividade comercial. Os dados aumentaram as preocupações com a desaceleração da segunda maior economia do mundo.

Petróleo semanal
Petróleo semanal

Edward Moya, analista sênior da OANDA, afirmou que os preços do petróleo, em especial, tinham influência na desaceleração chinesa:

“A China está liderando a recuperação econômica na Ásia e, se o recuo se acentuar, crescerão as preocupações com a perspectiva global.”

“A perspectiva de demanda de petróleo está abalada e não melhorará até que os níveis mundiais de vacinação melhorem”.

Tanto o barril do West Texas Intermediate, negociado em Nova York, quanto o do Brent, comercializado em Londres, caíam cerca de 1% na janela asiática de negociações desta segunda-feira, após registrar ganhos modestos em julho, quarto mês seguido de valorização do petróleo.

Também pesou sobre a cotação do petróleo uma pesquisa da Reuters mostrando que a produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) atingiu as máximas de 16 meses no mês passado, quando o cartel flexibilizou ainda mais as restrições de produção no âmbito da sua aliança com grandes produtores e a Arábia Saudita, grande exportadora do produto.

Apesar de o número de casos de coronavírus seguir em ascensão ao redor do mundo, analistas disseram que as maiores taxas de vacinação limitariam a necessidade de restrições severas, responsáveis por destruir a demanda durante o pico da pandemia no ano passado. Os Estados Unidos não farão mais bloqueios para conter a Covid-19, mas “as coisas vão piorar” enquanto a variante Delta faz disparar o número de casos, principalmente entre pessoas não vacinadas, segundo Anthony Fauci, um dos principais especialistas em doenças infecciosas nos EUA, no domingo.

Daí a importância do relatório de empregos de julho, que deve sair na sexta-feira.

A expectativa dos economistas é que a economia gere 900.000 postos de trabalho em julho, após as 850.000 vagas criadas em junho superarem as estimativas.

Na semana passada, o presidente do Fed, Jerome Powell, afirmou que o mercado de trabalho ainda “precisava ganhar mais terreno” antes de o banco central americano começar a retirar as medidas de estímulo implementadas no primeiro semestre de 2020, a fim de combater a crise econômica provocada pela pandemia.

Em junho, autoridades do Fed começaram a debater sobre a redução das compras de títulos, mas ainda não há um cronograma claro sobre quando começará a retirada das medidas de suporte do mercado.

Ouro pode enfrentar turbulência se números de emprego surpreenderem

Além do petróleo, o ouro e o cobre também serão bastante influenciados pelo relatório de empregos de julho.

Após duas semanas de ação anêmica, o ouro ganhou vida na semana passada quando Jerome Powell declarou que o banco central americano ainda não estava pronto para elevar as taxas de juros, pois ainda estava focado em comprar ativos para respaldar a recuperação da economia.

Powell também recusou-se a discutir quando o Fed começará a retirar os estímulos de US$120 bilhões gastos todos os meses com títulos hipotecários e do tesouro. Seu mantra: ainda não é o momento para isso.

Ouro semanal
Ouro semanal

O ouro futuro negociado em Nova York caía 0,2% no pregão asiático desta segunda-feira, girando em torno de US$1.815 por onça.

Se o ouro superar US$1850, pode retornar para US$1900, segundo analistas.

O risco, entretanto, é que o mercado de trabalho americano registre um avanço acima do esperado em julho, no relatório previsto para o fim desta semana. Se ficar acima das previsões, pode complicar a manutenção dos estímulos do Fed no curto prazo e dos juros baixos por mais tempo. Por isso, o ouro pode enfrentar turbulência caso o relatório de empregos surpreenda.

Além do relatório de empregos, o calendário econômico também prevê outros dados importantes, como o índice industrial do ISM na segunda-feira e do setor de serviços na quarta. O PMI industrial do ISM deve continuar robusto, mas confirmar novamente as restrições pelo lado da oferta na economia, o que está contribuindo para a inflação mais alta.

Os dados de pedidos para fábricas está previsto para terça-feira e o relatório semanal de pedidos iniciais de seguro-desemprego sairá na quinta. Os pedidos de seguro-desemprego caíram consideravelmente desde o início do ano, em meio à demanda cada vez maior por trabalhadores, mas a variante Delta continua gerando riscos ao país por causa do aumento das infecções.

Diversas autoridades do Fed devem se pronunciar nesta semana, com destaque para o presidente do Fed de Boston, Eric Rosengren, o vice-presidente do Fed, Richard Clarida, e o governador do Fed, Christopher Waller.

Commodities nesta Semana: Cenário para Petróleo e Ouro Antes do Payroll
 

Artigos Relacionados

Commodities nesta Semana: Cenário para Petróleo e Ouro Antes do Payroll

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail