Junte-se a +750 mil investidores que copiaram as ações das carteiras dos bilionáriosAssine grátis

Dólar: E Depois do Feriado?

Publicado 04.06.2021, 00:30
Atualizado 11.10.2023, 23:02
USD/BRL
-
DXY
-

Os juros dos Treasuries dos EUA subiram durante o pregão de quinta-feira (03). A alta do dólar e dos rendimentos dos títulos da dívida pública americana ganhou mais força após a divulgação de indicadores dos Estados Unidos que superaram as expectativas de analistas.

Foi divulgado um índice que confirma a retomada da economia americana: a queda de pedidos de auxilio desemprego, pela primeira vez desde que começou a pandemia e isso demonstra um fortalecimento no mercado de trabalho dos Estados Unidos. A atividade de serviços dos Estados Unidos aumentou para uma alta recorde em maio, enquanto a economia caminha para a reabertura total.

E mais notícias boas no cenário mundial: a China comemorou a retomada de "debates normais" com os Estados Unidos nas frentes comerciais e econômicas, aparentemente dispostas a superar uma guerra comercial ao dizer que os dois lados almejam resolver problemas pragmaticamente. Na Europa, a atividade empresarial disparou em maio com redução de restrições

Após feriado no Brasil, o mercado de câmbio desta sexta-feira pode ter alguma correção em relação a posições de proteção de alguns investidores e dar uma subida, ou seja, o real não se manter tão apreciado. Mas vamos ao que pode influenciar na taxa de câmbio de hoje:

Do calendário econômico, os eventos que podem impactar o câmbio são os seguintes: as vendas do varejo mensal (abril) e anual na zona do euro; às 8hrs da manhã discurso de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve; além de dados do mercado de trabalho do governo dos EUA (payroll) e a taxa de desemprego (maio), varias posições liquidas de commodities tais como petróleo, alumínio, soja, trigo, dentre outras.

Por aqui, bancos devem estar “de cabelo em pé” com a aprovação do texto-base pela câmara da Medida Provisória que aumenta a tributação de instituições financeiras, a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para os bancos passa de 15% a 25% até 31 de dezembro de 2021 e passa para 20% a partir de 2022.

Standard & Poor's mantém nota da dívida do governo brasileiro. A agência recomendou a aprovação de reformas macroeconômicas para ajudar a conter o crescimento dos gastos públicos. No entanto, informou não esperar a aprovação de “complexas reformas fiscais” nos próximos dois anos por causa das eleições de 2022. Mesmo assim, a S&P Global prevê eventuais avanços, caso o Congresso aprove as reformas administrativa e tributária, reduzindo a pressão sobre as finanças públicas e atraindo investimentos privados no médio prazo.

A moeda brasileira está forte, mas não se pode esquecer que a pandemia continua e ruídos políticos podem sempre alterar a taxa de câmbio, aparentemente o país está melhorando economicamente e, se acelerarmos as reformas administrativa e fisca,l daí sim dias melhores virão.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.