Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar: Impacto e o Que Olhar no Fechamento da Semana no Câmbio

Por Vanessa Blum CollocaCâmbio16.07.2021 07:49
br.investing.com/analysis/dolar-impacto-e-o-que-olhar-no-fechamento-da-semana-no-cambio-200443343
Dólar: Impacto e o Que Olhar no Fechamento da Semana no Câmbio
Por Vanessa Blum Colloca   |  16.07.2021 07:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

A inflação nos EUA segue preocupando e segundo o presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, a inflação “agora não está moderadamente acima de 2%, está bem acima”, além de mencionar o desafio atual de “reagir à inflação mais alta do que esperávamos”, e isso como já disse anteriormente, impacta muito no câmbio. Já tinha uma parte dos membros do Fed dizendo que deveriam antecipar o tapering. Com isso, o dólar ontem subiu. Índice como emprego por lá é importante para acompanhar, pois assim que houver a retomada de pleno-emprego, ou seja, a taxa de desemprego, hoje em 5,9% recuar próxima a 4,5/5,0%, a taxa de juros por lá realmente subirá.

Dados importantes para nós do cambio são os números relativos à retirada de capital estrangeiro da B3 (SA:B3SA3), por exemplo, o que deve ser observado quanto a estes números é o quanto o Brasil está atrativo para o investidor. Na terça-feira, 13/7, a saída líquida de recursos estrangeiros foi de R$ 1,05 bilhão, enquanto no acumulado de julho a saída foi de R$ 1,16 bilhão. No ano, o saldo é positivo, com entrada líquida em R$ 46,85 bilhões.

Voltando ao assunto do novo Bolsa Família/ Reforma Tributária que, aliás, deverá ficar na pauta por um bom tempo, o que foi apurado é que o ticket médio do Bolsa Família será de 270,00, e o projeto atrela o novo benefício à aprovação da taxação de lucros e dividendos. Enquanto isso, o projeto de lei de diretrizes orçamentárias (LDO) deste ano foi alterado para permitir que as propostas sejam medidas de compensação financeira a novos gastos. A proposta veio com a previsão de um déficit de 170,47 bilhões de reais para os orçamentos fiscal e da seguridade social da união (Governo Central) e um fundo eleitoral inflacionado para 5,7 bilhões de reais. O texto final pode remanejar verbas previstas para Ministérios para projetos indicados por parlamentares, o que amplia o poder da base do governo no Congresso e será enviada pelo governo em agosto.

A pretensão do deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA), relator da reforma tributária, é de que o relatório final seja apresentado ainda hoje, e do jeito que essa reforma está impactando no câmbio, fiquem atentos a qualquer aumento de taxação (dólar para cima) ou diminuição de taxação (dólar para baixo).

O PIB da China no segundo trimestre do ano veio em alta de 7,9%, a produção industrial de junho desacelerou e as vendas no varejo superaram as estimativas.

Por aqui, com a vacinação acelerando e o comércio reabrindo, o que tem no radar é a retomada econômica e precisamos ver a que ritmo, não esquecendo, infelizmente, da variante delta e possíveis retrocessos se novas cepas surgirem.

Além de tudo isso, de positivo para o real temos os IPOs e minha opinião é que a liquidez abundante, os ciclos de alta da taxa Selic e o bom andamento da reforma tributária (se for bom) devem jogar a favor do Brasil, com o incremento de “carry trades”. Se os juros americanos subirem antes do esperado e as decisões políticas comprometerem o cenário fiscal, aí não tem aumento de Selic que segure o dólar.

Dados de ontem: o número de pedidos iniciais por seguro-desemprego nos Estados Unidos teve redução de 26 mil na semana encerrada em 10 de julho, a 360 mil. A produção industrial cresceu 0,4% em junho. O resultado ficou abaixo do esperado por analistas.

Para hoje, IPC mensal/junho e anual e balança comercial de maio na zona do Euro, nos EUA núcleo de vendas no varejo mensal/junho e a leitura da confiança do consumidor já de julho. No Japão, a decisão de taxa de juros. Por aqui, o foco se mantém na política e no Fed, que respondem pela volatilidade do câmbio. Ontem, a máxima ficou em R$ 5,1388 e a mínima em R$ 5,0532.

O rumo do dólar tem opiniões muito divergentes. Alta da Selic e das commodities são pontos positivos para trajetória da divisa brasileira, mas eleições em 2022 e juros nos EUA preocupam.

Dólar: Impacto e o Que Olhar no Fechamento da Semana no Câmbio
 

Artigos Relacionados

Dólar: Impacto e o Que Olhar no Fechamento da Semana no Câmbio

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (6)
Gaspar Magalhães
Gaspar Magalhães 16.07.2021 20:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente texto. Continua a missão!
Cícero RP
Cícero RP 16.07.2021 11:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
FED não aumenta os juros porque há muita demanda pelos títulos americanos ainda. Simples!🤷🏼‍♂️
Tiago Santos Silva
Tiago Santos Silva 16.07.2021 11:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
concordo
Tiago Santos Silva
Tiago Santos Silva 16.07.2021 8:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Só de o Powell já ser realista sobre a inflação está elevada já diz muito sobre a alta de juros por lá ..
Fabio Bicaio
Fabio Bicaio 16.07.2021 8:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito bom,noticia objetiva e sem ruidos !!! Bom dia :)
gabriel gealh de campos
Jordann 16.07.2021 8:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
no curtíssimo prazo o dólar deve cair um pouco devido à alta da selic. porém, eleições e juros nos EUA inexoravelmente causarão a depreciação do real em 2022. portanto esse é o momento ideal para se posicionar em dólar e ativos dolarizados, pois ano q vem é evidente q o real vai perder valor.
Fabricio Negri
Fabricio Negri 16.07.2021 8:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A velocidade das coisas aqui e a velocidade das coisas nos EUA são bem diferentes. Isso sugeriria que o aumento da taxa de juros por lá virá antes da nossa reforma tributária? Esse aumento parece inevitável, já a nossa reforma...Obrigado Vanessa!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail