Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Entenda como o Fed Afeta o Mercado de Criptomoedas no Curto, Médio e Longo Prazos

Publicado 22.12.2021, 12:06
Atualizado 09.07.2023, 07:32

Nas últimas semanas acompanhamos uma mudança significativa em relação à política monetária das principais economias mundiais, em decorrência da alta da inflação, com a crescente expectativa na alta das taxas de juros. O nível de preços bateu recorde nos Estados Unidos, o maior nos últimos 40 anos; e na Alemanha, nos últimos 35 anos. A redução dos estímulos econômicos, iniciados ao longo da pandemia, também devem contribuir para o aumento da taxa de juros no próximo ano (2022) e no seguinte (2023).

O Banco Central da Inglaterra (BoE) foi o primeiro entre os grandes a aumentar suas taxas de juros, anunciado semana passada. Dessa forma, a taxa de juros saiu de 0,10% ao ano para 0,25%, decisão que surpreendeu parte do mercado. Já o Banco Central Europeu (BCE) encerrou o seu programa de compra de ativos do período de pandemia. O fato demonstra que nos próximos meses há uma tendência de elevação da taxa de juros na zona do euro.

Nos Estados Unidos, o Banco Central Norte Americano (Federal Reserve - Fed) decidiu manter as taxas de juros em níveis baixos, como era esperado pelo mercado, mas irá reduzir ainda mais os incentivos à economia previsto para março de 2022. Além disso, realizou uma projeção de três aumentos de 0,25 pontos-base na taxa de juros para o próximo ano. Em setembro havia a projeção de encerrar o ano com uma taxa de juros em 0,30% ao ano, no entanto, neste momento, estima-se algo no patamar de 0,90%, sendo o primeiro ajuste em maio de 2022 de acordo com o Monitor da Taxa de Juros do Fed do Investing.com.

Em linhas gerais, torna-se evidente que os bancos centrais ao redor do mundo estão sofrendo com a inflação e agora devem parar com a política monetária inflacionária, iniciada em 2020. Nos últimos encontros realizados é um sinal de antecipação e intensificação deste processo. O que tende a afetar de forma profunda tanto o mercado de capitais quanto o mercado de criptomoedas.

Por que isso afeta o mercado de criptomoedas?

Diferentemente da visão de muitos investidores, o setor de criptomoedas é correlacionado com o mercado tradicional, em especial o Bitcoin. Isso ocorre pela entrada significativa de capital institucional nos últimos dois anos. Em julho de 2020, os fundos de criptoativos acumulavam apenas 18,7 bilhões de dólares sob gestão. Atualmente está em torno de US$ 60 bilhões, segundo dados do Cryptofund Research.

Logo, torna-se evidente que se passou por um processo de institucionalização no mercado de criptoativos e que as mudanças macroeconômicas relevantes afetarão o segmento de ativos digitais. Para o investidor institucional, este mercado pode ser visto como uma classe de ativos de alto risco, devido a volatilidade, mas com grande potencial de retorno dado o seu tamanho.

Portanto, ele é mais interessante em um momento de taxa de juros baixa e alto risco de inflação, em que é necessário a diversificação do portfólio e a busca de retornos maiores. No curto e médio prazo, este é o cenário oposto ao que foi projetado pelos bancos centrais nesta última reunião.

O que esperar para o curto e médio prazo?

No curto prazo, pode-se observar uma reação inicial de otimismo por parte do investidor do varejo que estava mais receoso com um aumento repentino da taxa de juros, tanto que foi observado uma melhora do sentimento do mercado e uma valorização dos ativos no momento do anúncio feito pelo Fed. Entretanto, este cenário não deve durar, especialmente em médio prazo, em que os investidores começarão a ajustar seu portfólio de acordo com o cenário atual, o que pode gerar uma certa redução da exposição de BTCs visto que sua tese inicial de momento de mercado foi alterada.

Outro setor que pode sofrer com isso dentro do mercado de criptomoedas são as DeFi, que estavam sendo usadas pelos institucionais como um meio de aumentar a sua rentabilidade através das plataformas de empréstimos em um cenário de baixa taxa de juros e agora tornam-se menos atrativas para eles.

O que esperar para longo prazo?

Para o longo prazo, acredito que este momento não possui tanta relevância para o mercado. Na verdade, se analisarmos o cenário desde 2020, percebe-se que os últimos anos foram excelentes para o mercado de criptoativos. Um dos processos mais nítidos que se acelerou nos últimos dois anos foi a tendência de digitalização do mundo. Atualmente passamos mais de 38% do nosso tempo on-line e, consoante a estimativas da ARK Invest, a tendência é que em 2030 iremos passar mais da metade dos nossos dias on-line.

Neste processo de digitalização acelerada, os criptoativos tendem a possuir um papel essencial dentro desta dinâmica por construir a ideia de escassez digital. Este recurso permite inúmeras aplicações desde a criação de ativos fungíveis para transações de valor. Além da criação de valor e a ideia de posse digital por meio dos tokens não fungíveis (NFTs), que permitem a existência de unicidade digital.

Esse processo de digitalização das interações econômicas e sociais, as quais as gerações mais novas possuem uma maior familiaridade, pode ser visto como uma das melhores teses de investimento para utilidade do mercado de criptoativos para o longo prazo e a aceleração deste processo por conta da Covid ajudou ainda mais este mercado a caminhar rumo ao mainstream. Portanto, para curto e médio prazo deve-se ter cautela com as alterações econômicas atuais, mas no longo prazo deve-se analisar o contexto como um todo que evidencia como o mercado de criptoativos tornou-se mais atrativo nestes últimos anos.

Últimos comentários

Falou muito e não disse nada
👏🏼👏🏼
forma clara gostei .
fala juvenil, expresse se
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.