Junte-se a +750 mil investidores que copiaram as ações das carteiras dos bilionáriosAssine grátis

Incertezas sobre perspectivas de corte de juros continuam a pesar sobre as bolsas

Publicado 07.02.2024, 08:26
NDX
-
UK100
-
XAU/USD
-
US500
-
FCHI
-
AXJO
-
DE40
-
JP225
-
HK50
-
F
-
DIS
-
FMG
-
RIO
-
ANTO
-
AGLJ
-
GC
-
CL
-
ZS
-
IXIC
-
KS11
-
STOXX
-
CSI300
-
BTC/USD
-
PYPL
-
ETH/USD
-
UBER
-

Bem-vindo à sua leitura matinal de cinco minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: As bolsas da Ásia fecharam sem direção nesta quarta-feira, com os investidores avaliando os balanços corporativos e os esforços da China para reforçar o seu mercado.

A maior fabricante de chips da China, SMIC, disse na quarta-feira que os persistentes ventos macroeconômicos globais e tensões geopolíticas poderiam impactar os negócios em 2024, um dia depois de registrar uma queda de 54,7% no lucro do quarto trimestre. As ações da SMIC caíram quase 5% nas negociações de Hong Kong. As ações de fabricantes de veículos elétricos listadas em Hong Kong subiram depois que o Ministério do Comércio da China divulgou um documento expôs seu plano para o “desenvolvimento saudável de novos veículos energéticos” no país. DBS Group, o maior banco do Sudeste Asiático, relatou um aumento de 2% no lucro líquido do quarto trimestre na base anual, para US$ 2,39 bilhões, ao mesmo tempo em que manteve sua previsão de receita líquida de juros para o ano de 2024. As ações do banco saltaram 2%.

O Kospi da Coreia do Sul saltou 0,95%, liderando os ganhos na Ásia.

O índice Hang Seng de Hong Kong reverteu os ganhos para cair 0,34%, enquanto na China continental, o CSI 300, que agrupa as maiores empresas listadas em Shanghai e Shenzhen, subiu 0,42%.

Nikkei do Japão caiu cerca de 0,08%, em 36.119,92 pontos.

Na Austrália, o S&P/ASX 200 subiu 0,45% e fechou em 7.615,80 pontos, recuperando de sua sequência de dois dias de perdas, um dia depois que o banco central do país ter mantido as taxas em 4,35%. A gigante de petróleo e gás Santos pesou sobre o índice local depois que suas ações caíram 5,8% após negociações com a Woodside sobre uma potencial fusão de US$ 80 bilhões terem sido repentinamente canceladas. As ações da Woodside subiu 0,53%. As mineradoras avançaram. BHP subiu 1,3%, enquanto Rio Tinto (LON:RIO) e Fortescue Metals (ASX:FMG) avançaram 0,8% cada.

EUROPA: Os mercados europeus abriu em ligeira alta, mas inverte a direção na manhã de quarta-feira, apesar da incerteza contínua sobre a perspectiva de corte das taxas.

As dúvidas sobre o calendário para os cortes nas taxas de juro surgiram depois que o presidente da Reserva Federal dos EUA, Jerome Powell, ter sinalizado que os investidores poderão ter de esperar mais tempo do que o esperado por uma mudança do banco central na semana passada.

O pan-europeu Stoxx 600 cai 0,20% no final da sessão matinal.

O alemão DAX 30 cai 0,3% e o francês CAC 40 tomba 0,2%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,5%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American (JO:AGLJ) cai 0,9%, Antofagasta (LON:ANTO) cai 1,1%, enquanto as gigantes BHP e Rio Tinto sobem 0,1% cada. A petrolífera BP cai 0,7%.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA sobem ligeiramente na terça-feira, com os investidores avaliando outra lista de resultados trimestrais no meio da temporada de balanços corporativos.

Os resultados de terça-feira marcaram a metade da temporada de resultados do quarto trimestre. Ações da Snap recuaram mais de 31% depois que as receitas da empresa de mídia social ficaram aquém das estimativas dos analistas. A montadora Ford (NYSE:F) subiu mais de 6% depois de superar as estimativas de Wall Street para o quarto trimestre e divulgar um guidance para o ano inteiro acima do esperado. A Ford também anunciou planos para emitir dividendos especiais.

Uma forte temporada de lucros, aliada às expectativas de uma redução das taxas de juro por parte do Federal Reserve, tem sido uma fonte de força em Wall Street, mas surgiram dúvidas depois que o presidente da Fed, Jerome Powell, sinalizou na semana passada que os investidores poderão ter de esperar mais tempo do que o esperado. Depois disso, numa entrevista ao “60 Minutes” no domingo, Powell reiterou que eram necessários mais dados positivos sobre a inflação antes que as taxas pudessem recuar. Os seus comentários também levaram muitos a acreditar que poderá haver menos cortes este ano do que alguns esperavam. As bolsas recuaram de suas recentes máximas recordes no início da semana, mas fecharam em alta na terça-feira.

No pregão regular de terça-feira, o Dow subiu 0,37%, em 38.521,36 pontos, o S&P 500 subiu 0,23%, em 4.954,23 pontos. O Nasdaq subiu 0,07%, em 15.609,00 pontos.

Os investidores agora voltarão sua atenção para um novo lote de resultados trimestrais da empresa de mídia Disney (NYSE:DIS), assim como o Uber (NYSE:UBER) e PayPal (NASDAQ:PYPL) na quarta-feira, entre outras.

Na agenda econômica, os últimos números de importação e exportação serão divulgados às 10h30.

Várias autoridades do Fed deverão fazer comentários na quarta-feira. Adriana Kugler, membro do FOMC deve pronunciar às 13h00, Thomas Barkin discursará às 14h30 e Michelle Bowman, membro do Conselho de Governadores do Federal Reserve está programado para falar às 16h00.

CRIPTOMOEDAS:
Bitcoin: +0,57% em US $ 43.015,50
Ethereum: +1,41% em US $ 2.367,86

ÍNDICES FUTUROS - 7h50:
Dow: -0,08%
S&P 500: -0,04%
NASDAQ: +0,04%

COMMODITIES:
MinFe: +1,12%
Bent: +0,55%
WTI: +0,60%
Soja: -0,92%
Ouro: -0,11%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.