📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Mercados Caem Após Três Semanas Consecutivas de Quedas em Wall Street

Publicado 21.09.2020, 07:51
NDX
-
UK100
-
US500
-
FCHI
-
DJI
-
AXJO
-
DE40
-
ES35
-
IT40
-
HK50
-
MSFT
-
HSBA
-
GOOGL
-
AAPL
-
AMZN
-
RIO
-
AAL
-
ANTO
-
STAN
-
BK
-
NFLX
-
IXIC
-
KS11
-
GOOG
-
CSI300
-

ÁSIA: Os principais mercados asiáticos caíram nesta segunda-feira, depois que Wall Street registrou a terceira semana consecutiva de quedas e a Grã-Bretanha relatou um aumento de infecções por coronavírus.

A dinâmica do mercado mudou depois que o Federal Reserve disse na semana passada que as perspectivas econômicas dos EUA são incertas. O crescimento em alguns setores desacelerou depois que os benefícios adicionais ao desemprego que apoiavam os gastos do consumidor diminuíram. O Congresso ainda não concordou com um novo pacote de apoio.

O índice Hang Seng de Hong Kong liderou as perdas, caindo 2,06% e fechando em 23.950,69 pontos. As ações do Standard Chartered (LON:STAN) despencaram 6,18% e as do HSBC recuaram 5,33%, para mínimas não vistos em mais de 25 anos, de acordo com a FactSet. Os bancos, entre vários credores globais, foram citados como tendo supostamente movimentado quantias suspeitas de lavagem de dinheiro por um período de quase duas décadas, de acordo com a Reuters. Os relatórios citaram documentos confidenciais enviados por bancos ao governo dos Estados Unidos.

Na China Continental, o composto de Xangai caiu 0,63%, enquanto o Shenzhen Component caiu 0,72%. As taxas de empréstimo de referência da China, conhecidas como Loan Prime Rate (LPR) de um e cinco anos, foram mantidas inalteradas em 3,85% e 4,65%, respectivamente nesta segunda-feira.

O Kospi da Coreia do Sul caiu 0,95%, fechando em 2.389,39 pontos.

Na Austrália, o S & P / ASX 200 caiu 0,71% e encerrar seu dia de negociação em 5.822,60 pontos. As mineradoras tiveram um dia de baixas. BHP caiu 1,4%, Fortescue Metals recuou 0,9%, enquanto Rio Tinto (LON:RIO) fechou em baixa de 1,9%. A produtora de petróleo Santos recuou 0,2%.

No geral, o índice MSCI Asia ex-Japão caiu cerca de 1%. Os mercados no Japão ficaram fechados na segunda-feira por conta de um feriado.

EUROPA: As bolsas europeias recuam nesta segunda-feira, com foco em torno de transações bancárias e o aumento das infecções por coronavírus pesando sobre o sentimento do mercado em todo o mundo.

Um vazamento de documentos secretos do governo dos Estados Unidos revela que o JPMorgan Chase, o HSBC, Standard Chartered Bank, Deutsche Bank e Bank of New York Mellon (NYSE:BK) desafiaram as medidas legais contra a lavagem de dinheiro e movimentaram quantias ilícitas vultuosas para redes criminosas e carteis de drogas.

A documentação foi obtida pelo BuzzFeed nos Estados Unidos e compartilhada pelo ICIJ (International Consortium of Investigative Journalists, ou Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos), por meio do projeto chamado FinCen Files, do Departamento do Tesouro dos EUA.

Ainda de acordo com o BuzzFeed News, alguns registros vazados foram obtidos como parte das investigações do Congresso dos EUA sobre a interferência russa nas eleições presidenciais de 2016 nos EUA, enquanto outros foram obtidos após solicitação de órgãos judiciais ao Fincen.

Entre os bancos mencionados no relatório, Deutsche Bank despenca 6,96% e Commerzbank perde 4,64% na Alemanha, Danske Bank recua 3,51% na Dinamarca, enquanto HSBC Holdings (LON:HSBA) e Standard Chartered caem 5,79% e 5,29%, respectivamente no Reino Unido. O Deutsche Bank foi responsável pela maioria das atividades suspeitas do relatório do BuzzFeed.

O Stoxx Europe 600 cai 3,12%. O alemão DAX 30 e o francês CAC 40 caem 3,1% cada, enquanto o IBEX 35 da Espanha e o FTSE MIB da Itália recuam 3,55% e 3,27%, respectivamente.

Em Londres, o FTSE 100 cai 3,47%. Além dos bancos, as empresas de exploração de commodities pesam sobre a LSE. Anglo American (LON:AAL) cai 4,1%, Antofagasta (LON:ANTO) recua 2,9%, enquanto BHP recua 3,3% e Rio Tinto opera em baixa de 3,3%. As gigantes petrolíferas BP e Royal Dutch Shell caem 5,2% e 4%, respectivamente.

As ações de viagens na Europa são pressionadas por temores de novos bloqueio da região em resposta a uma nova onda de casos de coronavírus. Os casos no Reino Unido estão aumentando, com o primeiro-ministro Boris Johnson classificando como uma "segunda onda de contagios" e anunciando neste sábado novas medidas que buscam minimizar o aumento de casos, incluindo a possibilidade de multa de até 10.000 libras esterlinas (R$ 69,6 mil) a quem não cumprir o confinamento em caso de contágio pela Covid-19.

EUA: Os futuros dos índices das ações dos EUA caem acentuadamente na manhã de segunda-feira.

O S&P 500, o Dow Jones Industrial Average e o Nasdaq Composite caíram pela terceira semana consecutiva, marcando a terceira queda semanal, a mais longa desde 2019.

As ações de tecnologia, que levaram os mercados de suas baixas por conta da pandemia de Covid-19 para territórios recordes, pesavam sobre os mercados. Facebook, Amazon (NASDAQ:AMZN), Apple (NASDAQ:AAPL), Netflix (NASDAQ:NFLX), Microsoft (NASDAQ:MSFT) e Alphabet (NASDAQ:GOOGL), empresa controladora do Google, registraram perdas semanais acentuadas. O setor de tecnologia do S&P 500 recuou 1%.

A morte da juíza da Suprema Corte, Ruth Bader Ginsburg, pode ter implicações de mercado, já que se espera uma disputa acirrada pela nomeação de seu substituto pode perturbar Washington, que ainda não chegou a acordo sobre um novo pacote de estímulo ou financiamento além final de setembro. Trump disse que nomearia alguém esta semana para ocupar a cadeira de Ginsburg, atraindo críticas de democratas e alguns senadores republicanos.

Enquanto isso, os legisladores lutam para fazer progressos em um novo pacote de estímulo ao coronavírus. Republicanos e democratas estão em um impasse desde julho, depois que as cláusulas do projeto de estímulo anterior expiraram, mas o presidente Donald Trump deu a entender na semana passada que apoiaria um pacote maior de ajuda. O chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, também disse estar “provavelmente mais otimista sobre o potencial de um acordo”.

No sábado, um juiz federal adiou as restrições ao WeChat, alegando que elas poderiam interferir na liberdade de expressão. No mesmo dia, o presidente Donald Trump endossou um acordo para a TikTok da ByteDance da China, formar uma empresa nos Estados Unidos com a Oracle e Walmart.

Não está prevista a divulgação de dados econômicos relevantes na agenda econômica.

Entre os discursos de autoridades do FED, o presidente do FED, Jerome Powell discursará às 11h00 enquanto a membro do FOMC, Lael Brainard, tem previsão de fala às 13h00.

ÍNDICES FUTUROS - 7h30:

Dow: -1,84%

SP500: -1,47%

NASDAQ: -1,25%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.