Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Não Subestime a Reversão à Média

Por Larissa QuaresmaResumo do Mercado26.10.2021 13:00
br.investing.com/analysis/nao-subestime-a-reversao-a-media-200445552
Não Subestime a Reversão à Média
Por Larissa Quaresma   |  26.10.2021 13:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

A economia é assim: uma sequência de altos e baixos.

No fim de uma recessão, forma-se um novo ciclo econômico, que começa com a retomada do crescimento dos índices de confiança, numa fase chamada recuperação.

Depois disso, vem a expansão, em que os indicadores de crescimento reais começam a refletir as expectativas dos índices de confiança, em uma fase de expansão.

Então, quando os juros atingem a mínima e a inflação atinge as máximas, chegamos em um pico: daí para a frente, é desaceleração.

O PIB começa a arrefecer e os juros começam a subir para controlar os preços, até que entramos na fase de recessão novamente.

E assim seguimos: em meio a essa bela ode à reversão à média.

Um ciclo econômico leva de cinco a dez anos para se completar, de ponta a ponta. Isso não significa, contudo, que o caminho será suave. Intraciclo, encontramos percalços e variações em torno das próprias médias de curto prazo.

Semana passada, arriscamos ficar sem ministro da Economia, e o Ibovespa derreteu. Agora, o ministro “é mais ministro do que nunca” e até ventila a ideia de privatizar a Petrobras (SA:PETR4). Podemos debater o quanto de demagogia eleitoral versus intenção genuína existe nessa conversa, mas o fato é que, hoje, a ação da estatal deve “rasgar” (para cima). Mais um belo exemplo de reversão à média.

Atualmente, parece que estamos esgotando o ciclo de expansão que se iniciou em 2017.

Observe no gráfico abaixo como os índices de confiança atingiram a mínima em setembro de 2015 para depois começarem a se recuperar, iniciando um ciclo de expansão econômica que durou até 2020.

Indicadores de Confiança (Fonte: Ibre/FGV)
Indicadores de Confiança (Fonte: Ibre/FGV)

Fazendo de conta que não houve a queda abrupta ocasionada pela pandemia, por pura simplificação da análise, conseguimos observar a confiança fazendo uma barriga em setembro, ensaiando uma trajetória de queda.

Isso não é estranho: inflação acelerando, puxada pelos preços de energia elétrica, combustíveis e alimentos. Juros subindo para controlar os preços.

Em uma fase de inflação acelerando e juros subindo, é difícil ser otimista com os indicadores de crescimento da economia. Pense no seu consumo marginal de bens duráveis com um juro apontando para duplo dígito.

O aumento do custo de capital do investidor é diretamente correlacionado com o aumento dos juros. No cenário ascendente dos juros básicos, o valor justo das empresas cujos fluxos de caixa estão muito no futuro só faz despencar.

É um panorama difícil para as empresas de tecnologia. Para as fake techs, então, é mortal.

Vários trimestres consecutivos de juro real negativo produziram bizarrices: fake techs cujos preços de tela embutem uma multiplicação de 25 vezes da sua receita para os próximos cinco anos. IPOs que nunca deveriam ter acontecido, simplesmente porque a empresa não está madura o suficiente para ter uma mínima previsibilidade da sua trajetória de crescimento ou para dialogar com o mercado no idioma que este entende.

Quando sua alternativa é investir a 6% ao ano para o longo prazo, vale a pena pagar para ver o desenrolar desse tipo de história. Agora, quando o DI futuro de dez anos bate 12%, meu amigo, não tem nem o que pensar. Qualquer empresa que corra o risco de render menos de 16% ao ano (embutindo um prêmio de risco para a Bolsa de 4%) está lascada.

Estamos atravessando uma correção para baixo nos preços das empresas de tecnologia, especialmente das fake techs, que não serão perdoadas.

Então aqui vai uma primeira lição: não invista em empresas cujos modelos de negócio não se sustentam e, por se sustentar, estou falando de gerar lucro estrutural, no presente, lucro esse que deve ser factível mesmo em um cenário de juro alto.

Aliás, hoje recomendamos a venda a descoberto de uma fake tech, cujo preço ainda parece embutir as maravilhas de um mundo de juro real negativo.

A segunda lição é que você deve expandir seu horizonte de investimento. Sim, porque, de 2013 até o fechamento de ontem, o Ibovespa subiu 7% ao ano. Mas, no meio do caminho, ele teve quedas anuais de 16%, 3% e 13% — e, em 2021, acumula uma perda de 11%. Mas, em outros anos, subiu 39%, 26%, 32%...

A reversão à média é implacável. Se você está no jogo para o longo prazo, não deveria se assustar com esses percalços.

Os ciclos de mercado são uma eterna ode à reversão à média, e você deve estar confortável em dançar essa sinfonia. Ajeite suas finanças de forma que você consiga fazê-lo.

Mas, por favor, prometa-me uma coisa, que vale para qualquer momento do ciclo: fique longe das fake techs.

Não Subestime a Reversão à Média
 

Artigos Relacionados

Wesley Atanasio
Sexta-feira em Alta Por Wesley Atanasio - 03.12.2021

Apesar da abertura do índice futuro do IBOVESPA em baixa o cenário se reverteu com a abertura do mercado de ações tendo grandes destaques em ações que caíram forte durante a semana...

Não Subestime a Reversão à Média

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (9)
Daniel fersan
Daniel fersan 29.10.2021 16:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Boa Larissa, gostei da análise!
Daniel fersan
Daniel fersan 29.10.2021 16:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
só fiquei na dúvida em um detalhe, acho o termo mais adequado seria REGRESSÃO à média.
Omaha Silva
Omaha 27.10.2021 6:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ganhou um seguidor
Ze Ricardo Iocken
Ze Ricardo Iocken 26.10.2021 19:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Boanalise do ciclo economico, Howard Mark nos ensinou isso. No entanto um quanto atrasado no que diz respeito a ciclo de mercado. O pico deve ter vindo antes na minima da taxa de juros. Já estamos no declinio do mercado desde as maximas do inicio de janeiro. É inportante diferenciar ciclo econômico (PIB) de ciclo de mercado (bolsa). O ciclo de mercado está mais relacionado a comportamento dos players de mercado (bolsa) e estes já estão com o nivel de medo aumentado desde janeiro. O ciclo econômico no entanto ainda está em alta com PIB em ascensão.
Marlyson Neves
Marlyson Neves 26.10.2021 17:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fake tech = TC ?
Delei E Janaina Oliveira
Delei E Janaina Oliveira 26.10.2021 17:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
bem isso eu acho...mas TB acho que são empresas com promessas e lucro gigante
Altair Sanches Espanha Junior
Altair Sanches Espanha Junior 26.10.2021 17:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
já veio o Bombeiro falar que TUDO é culpa do Bolsonaro????
Lucas Costa
Lucas Costa 26.10.2021 16:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vamos fingir que não houve pandemia? Daí pra frente nem li mais, pois a análise passa a ser sobre uma situação hipotética, que, ao meu ver, facilitou a exposição de opinião imparcial sem levar em conta a realidade. Coincidência tudo ter desmoronado durante a pandemia e não ter se recuperado ainda né? Um abraço e espero que o infomoney se aprimore em não deixar artigos assim passarem da revisão.
Rodolfo Nascimento
Rodolfo Nascimento 26.10.2021 16:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se não leu até o final está comentando o q, amigo? Acredito até q fez bem em não ler, não teria entendido mesmo 😎
Rodolfo Nascimento
Rodolfo Nascimento 26.10.2021 16:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se não leu até o final está comentando o q amigo?
Lucas Costa
Lucas Costa 26.10.2021 16:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Opa, Investing.com
Daniel fersan
Daniel fersan 26.10.2021 16:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ela fez uma suposição ao ignorar a pandemia para não estender demais a análise. Se ela considerar todas as variáveis envolvidas o assunto perde objetividade.
Thiago von Gilsa
Thiago von Gilsa 26.10.2021 16:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não seria regressão à média com reversão na média?
José Ribamar Penha
José Ribamar Penha 26.10.2021 13:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Escrevi isso abaixo! Agora defenda esse pensamento! Duvido!VAMOS LUTAR PARA QUE PRIVATiZE A PETROBRAS!O brasileiro acha que a Petrobras é dele, não é. Ela é dos acionistas. Se não privatizar pelo menos estatizar, ou seja, o governo deixar de ser o acionista majoritário. Ai o povo diz não: - A Petrobras é nossa! Santa ignorância!Quem regulamenta o preço de commodities é o mercado e, no caso do petróleo, o mercado mundial prisioneiro de um grupo restrito dos produtores de petróleo. Temos que sair sim é do petróleo e partir para as outras alternativas. O petróleo está em depleção e breve não será mais economicamente viável explorar diante do preço de outras alternativas. É muito caro a sua extração! Simples assim.Lembrar que a idade da pedra acabou, porém as pedras não acabaram! Assim será com o petróleo. Já dizia o velho Joelmir Betting!A idade do petróleo está acabando, mas o petróleo não acabará… Ele só não será mais competitivo economicamente… E aí, fim!Att Eng JRPenha
Albuquerque Tomaz
Albuquerque Tomaz 26.10.2021 13:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
realmente vivemos numa sociedade doente
José Ribamar Penha
José Ribamar Penha 26.10.2021 13:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É só no Brasil? E quando o FMI errou o sue falstam? E quando o Guedes e o presud do banco central foram escolhidos is nelhores do mundo foi o que? Puxaram o saco dis dois ou fou por competencia? DEFENDA S PRIVATIZAÇÃO DE PETROBRAS COMO EU FIZ NAS REDES SOCIAIS, ou prefere assim bem volatil para ganhar hora vendido e comprar na minima e fazer levantar com os parças e ficar vendido novamente e ficar surfando na volatilidade!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail