🔥 Ações selecionadas por IA com InvestingPro Agora com até 50% de descontoGARANTA JÁ SUA OFERTA

O arcabouço fiscal aprovado é bom ou ruim para seus investimentos?

Publicado 24.05.2023, 20:05

Em um clássico movimento de sobe no boato e antecipa no fato, a bolsa cai hoje após a aprovação do arcabouço ontem na calada da noite.

A queda de hoje da bolsa não quer dizer que o arcabouço foi ruim, na verdade está mais relacionada ao temor de colapso nos EUA.

Os EUA tem caixa para cerca de 1 semana apenas e não consegue entrar em um acordo para elevar o teto da dívida, aumentando as chances de calote. (Não é só o Brasil que está endividado).

O arcabouço aprovado ontem, como tudo na vida, tem seus pontos positivos e negativos.

Dentre os principais pontos positivos cito:

  • A regra veio mais rígida com os gastos do que o projeto, em vez de mais branda, com a inclusão de gatilhos em caso de não cumprimento;

  • Algumas penalidades em caso de não cumprimento são poder gastar apenas 50% da arrecadação no ano seguinte, e travas para novos gastos como concursos públicos e aumentos de salários;

  • A inclusão do Fundeb no limite de gastos, tornando a regra mais austera;

Dentre os principais pontos negativos, destaco:

  • De forma simplificada, o arcabouço fala em gastar 70% do que se arrecada, mas os cenários incluem uma arrecadação crescente, cujas origens não estão claras. Seriam mais impostos?

  • Ninguém sabe ao certo de onde vem a receita da qual é tão dependente o novo arcabouço.

  • Poucas iniciativas práticas e pouco foco em corte de gastos e redução do estado. O ideal seria um estado mais eficiente e com menores gastos, e não uma arrecadação maior via mais impostos... mas isso não parece estar no foco do novo arcabouço.

  • O descumprimento do resultado primário não é mais considerado uma infração à LRF e não há mais necessidade de contingenciamento para seu cumprimento.

  • O descumprimento das metas e o abrandamento da punição por isso, é o que alguns estão chamando de um enfraquecimento das Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Em suma: o pior cenário não se concretizou, que era um afrouxamento ainda maior do projeto, e isso é bom, dado que o projeto já era conhecido e seu impacto absorvido.

O fato de se aprovar um arcabouço é positivo, dado que o teto dos gastos nunca foi de fato verdadeiramente respeitado.

Além disso, estávamos operando no modo: um arcabouço aprovado é melhor do que nada e o temor era um maior afrouxamento do projeto apresentado (pior cenário).

Da forma como ele foi aprovado, com maior austeridade em relação ao projeto inicial (como por exemplo a inclusão do Fundeb nos gastos) o pior cenário não aconteceu.

A ideia de se ter uma regra que seja respeitada a longo prazo, parece boa.

A aprovação nos permite avançar para os outros itens da pauta como a importantíssima reforma tributária!

O arcabouço aprovado tem impacto positivo para evolução nas discussões tanto tributárias como de meta de inflação...

Tudo isso leva a principal questão: a queda de juros, tão importante para o mercado e para as ações.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.