Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Prata Enfrenta Forte Resistência a US$ 22 e Depende da Queda do Dólar para Subir

Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)Commodities17.06.2022 09:41
br.investing.com/analysis/prata-enfrenta-forte-resistencia-a-us-22-e-depende-da-queda-do-dolar-para-subir-200450189
Prata Enfrenta Forte Resistência a US$ 22 e Depende da Queda do Dólar para Subir
Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)   |  17.06.2022 09:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Depois de dois meses seguidos de desvalorização, a prata parece estar prestes a encerrar junho no azul. Mas, para progredir a partir daí, o metal precisa romper e se firmar acima da resistência de US$ 22 por onça-troy, onde tem enfrentado dificuldades nos últimos tempos.

Desde o pico de março acima de US$ 27, tocado na esteira do rali das commodities gerado pela invasão da Rússia na Ucrânia, a prata derrapou de forma constante em abril e maio, registrando máximas menores (de cerca de US$ 26 e 23) e mínimas mais baixas (de cerca de US$ 22 e 20).

Prata diário
Prata diário

Gráficos: cortesia de skcharting.com

Para quem acompanhou a prata nos últimos anos, o metal foi relegado ao segundo plano no conjunto de metais preciosos. Na maioria dos pregões, a prata raramente gera tanta euforia como o ouro que, apesar do seu desempenho irregular nos últimos dois anos, é considerado o porto-seguro por excelência entre os metais.

Conhecida como “ouro de pobre”, já que é negociada a um valor 84 vezes menor do que o do metal amarelo, a prata vem decepcionando seus investidores, que acreditam  nas suas aplicações como metal precioso e industrial. Por ser maleável, a prata é tão boa quanto o ouro para confecção de joias. E também é uma boa condutora de eletricidade, extensivamente usada na fabricação de componentes eletrônicos, o que explica por que mais de 50% da sua demanda é destinada ao uso industrial.

Além disso, a transição para a energia limpa deve impulsionar a demanda física da prata nos próximos anos, já que ela é usada em conexões de veículos elétricos e componentes de painéis solares.

E a demanda industrial pela prata tem sido um pouco lenta neste ano, já que setores da economia americana e mundial continuam sofrendo com os distúrbios na cadeia de fornecimento provocados por dois anos de crise do coronavírus.

Cabe lembrar ainda que os preços da prata geralmente seguem a tendência do ouro, subindo ou caindo em conjunto com o metal amarelo. No mercado, a prata é oficialmente inserida no grupo dos metais preciosos, ao lado do ouro, paládio e platina, onde seu brilho para aplicações industriais não é tão intenso quanto deveria ser.

Apesar de tudo isso, o movimento da prata para o território positivo em junho é encorajador, sobretudo porque ocorre após a maior alta de juros promovida pelo Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) em 28 anos, o qual elevou suas taxas em 0,75% neste mês.

A prata acumula alta de 1% em junho no mercado futuro de Nova York, após uma queda de 6% em maio e 8% em abril.

O primeiro trimestre do metal foi mais forte, com uma valorização de 3% em março e de quase 9% em fevereiro. No acumulado do ano, a prata continua no vermelho, com uma desvalorização de 6%.

Prata semanal
Prata semanal

Para ficar no positivo, a prata precisa romper a resistência dos US$ 22, em especial US$ 22,50, com vigor, segundo o analista técnico Sunil Kumar Dixit.

“O metal pode continuar registrando pressão baixista no médio prazo, com chances de retornar aos níveis de US$ 19,50 e US$ 18,50, a menos que um fechamento semanal e mensal supere US$ 22,50 e progrida para US$ 23,70", explicou Dixit, que se baseia nos preços à vista da prata em suas análises.

A marca de US$ 22 também foi citada como importante patamar por Christopher Lewis, analista de metais preciosos do portal FX Empire.

“Se nada mudar, é uma marca que continua registrando forte pressão baixista, principalmente após a formação de um grande padrão H”, escreveu Lewis em uma análise emitida na quinta-feira.

Ele disse ainda:

“Se superar a média móvel exponencial de 50 dias, o metal pode continuar subindo e romper o nível de US$ 23, mudando completamente o cenário. No entanto, o mercado deve ser bastante influenciado pelos títulos de renda fixa e, evidentemente, pelo dólar. Preste atenção ao Índice Dólar, que possui uma enorme correlação negativa com a prata na maior parte do tempo”.

O dólar influencia os preços de todas as commodities, principalmente o ouro, considerado seu antônimo.

Mas a prata vem tendo uma correlação bastante inversa com o dólar neste ano, na medida em que vem sendo negociada como um ativo de risco, segundo os analistas da BMO Capital Markets. Isso "não é um bom presságio para os preços se os ventos contrários da economia aumentarem", afirmaram os analistas em um comentário divulgado pelo portal de notícias Kitco.

Prata mensal
Prata mensal

Dixit disse que o atual preço da prata indicava que o nível de US$ 20,88, que acaba de ser superado, tornou-se suporte.

“Ele está bem em cima da média móvel simples de 200 semanas, a US$ 20,38", declarou Dixit.

“Um rali acima desse patamar pode fazer a prata atingir a média de 200 dias a US$ 23,50 e a de 100 dias a US$ 23,70.”

O analista afirmou ainda que as leituras do estocástico semanal e mensal de 24/23 e 17/16, respectivamente, podem fornecer um impulso limitado de alta para a prata, enquanto a leitura do estocástico diário de 60/56 indica um repique de curto prazo até US$ 23,70.

Aviso de isenção: Barani Krishnan utiliza diversas visões além da sua para dar diversidade às suas análises de mercado. A bem da neutralidade, ele por vezes apresenta visões e variáveis de mercado contrárias. O analista não possui posições nos ativos e commodities sobre os quais escreve.

Prata Enfrenta Forte Resistência a US$ 22 e Depende da Queda do Dólar para Subir
 

Artigos Relacionados

Prata Enfrenta Forte Resistência a US$ 22 e Depende da Queda do Dólar para Subir

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail